Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua vaga

    Compare preços e escolha a vaga que cabe no seu bolso.


  2. Garanta sua vaga

    Pague a adesão para garantir sua vaga.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só fazer o processo seletivo e a matrícula na faculdade.


Carreiras

Entenda tudo sobre a diferença entre estagiário e trainee

29 de novembro de 2022
diferença entre estagiário e trainee
Imagem do autor
Escrito porAmanda Nonato

Algumas experiências de trabalho  podem facilitar o seu ingresso ao mercado, principalmente, depois da formação no ensino superior. Entretanto, cada formato tem suas regras. Você sabe a diferença entre estagiário e trainee?

+ Encontre bolsas de estudo de até 80%

A experiência de estágio, geralmente, é exigida durante a graduação, como requisito para a conclusão do curso. Entretanto, o trainee tem um foco um pouco diferente, mas ainda importante para quem está iniciando na área de trabalho escolhida.

Embora os dois tenham algumas semelhanças – um focado em estudantes e outro em recém-formados – as características de cada um definem bem as diferenças e direcionamentos dos programas, durante a experiência.

Quais são os direitos? Qual o período de trabalho? Ambos têm carteira assinada? Muitas dúvidas, então, entenda tudo sobre a diferença entre estagiário e trainee!

A diferença entre estagiário e trainee

Como citado anteriormente, o estagiário e o trainee se diferenciam, principalmente, porque enquanto um é voltado para quem ainda é estudante, o outro tem como público pessoas que estejam no último ano ou que tenham, pelo menos, 3 anos de formado.

Apesar de ser a principal diferença entre estagiário e trainee, esse é o ponto que também traz mais semelhanças entre as duas modalidades de trabalho, já que são direcionadas para pessoas que estão buscando ter mais aprendizagem e experiência no mercado.

Veja abaixo mais detalhes sobre cada tipo de trabalho.

O que é ser um trainee?

A diferença entre estagiário e trainee já começa pelo nome. Trainee, como já é induzido a imaginar, é alguém que está em treinamento, ou seja, a ideia é que a pessoa seja preparada e tenha potencial para assumir cargos futuramente. 

Isso já explica o porquê das vagas de trainee serem correspondentes a um dos cargos da empresa. Embora o trainee seja uma pessoa com pouca experiência no mercado, ele está em busca de oportunidade, principalmente na fase de pós-formação.

Esses fatores fazem com que o trainee possa ter, eventualmente, a depender da empresa, uma remuneração próxima a de um profissional de nível júnior. Para isso, ele é colocado para enfrentar diversos desafios e propor soluções, de acordo com a área de atuação, para que seja treinado para lidar com as adversidades profissionais ao longo da carreira.

Algumas dúvidas gerais que podem ser respondidas para entender a diferença entre estagiário e trainee:

+ Confira o Teste Vocacional Grátis, feito pela Quero Bolsa

Quem pode ser trainee?

Não há uma regulamentação própria para os programas de trainee, então são as próprias empresas que decidem como funcionará e qual será o perfil ideal de contratação. Claro, que alguns limites precisam ser levados em consideração, por isso mesmo que, geralmente, o requisito é estar no último ano de graduação ou ter, pelo menos, 3 anos de formado no ensino superior.

+ 10 melhores sites de emprego para você mandar seu currículo

Como é o contrato de um trainee?

Cada empresa define suas regras para os candidatos. Entretanto, de maneira geral, o programa de trainee oferece oportunidade aos recém-formados e pessoas que queiram ingressar no mercado de trabalho, iniciando uma carreira, dentro de uma empresa.

O objetivo dessa modalidade é capacitar pessoas para assumir posições de gestão e liderança, com foco em universitários e recém-formados, mas pessoas que demonstram talentos na área desejada podem ser selecionadas também.

Durante o programa, o trainee desenvolverá habilidades e diversas competências para a carreira que busca construir. Para isso, participará de etapas e processos de trabalho de muita importância, além de assumir responsabilidades. 

O trainee também pode percorrer os setores da empresa para compreender como funciona a organização como um todo. 

Pode assinar carteira como trainee? Qual a carga horária de um trainee? Tem limite de idade?

Calma! Vamos responder a cada uma dessas dúvidas. A primeira é que SIM, os trainees são empregados contratados e têm carteira assinada, com benefícios previstos pela CLT. Então, conta com uma remuneração que, geralmente, é bem atraente aos candidatos a depender da empresa.

Essa, sem dúvida, é a principal diferença entre estagiário e trainee, mas você verá mais dessa modalidade abaixo.

Por serem pessoas contratadas, os trainees precisam trabalhar 40 horas semanais, o que pode contabilizar 8 horas por dia, de segunda à sexta-feira. O programa também tem um tempo de duração que costuma ser de 6 meses a 3 anos, também dependendo da empresa.

As pessoas que participam de programas de trainee quase sempre são efetivadas após o período de treinamento. 

A idade não interfere na participação. Como já foi explicado, a única regra comum entre empresas para o perfil do candidato se refere à formação, podendo já ter concluído ou estar em conclusão.

O que seria um estagiário?

Para compreender, ainda mais, a diferença entre estagiário e trainee, agora é compreender o que é trabalhar em um estágio. Essa é uma oportunidade para estudantes colocarem em prática o que estão aprendendo em seu curso, podendo ser uma graduação, um técnico ou, até mesmo, um profissionalizante, junto ao ensino médio.

Pessoas de todas as idades podem participar de programas de estágio e, obviamente, não é necessário ter experiência anterior para começar, apenas o desejo de expandir seus conhecimentos no mercado de trabalho e vontade de ter experiência na área desejada, antes de iniciar a carreira depois da formação.

A diferença entre estagiário e trainee dentro das atividades também diz respeito a carga horária, já que não acompanha as regras da CLT. A duração do estágio costuma ser de 20 horas semanais, no caso da graduação, o estudante pode fazer 30 horas semanais.

Outro ponto de divergência é a respeito da remuneração, já que o estagiário pode ou não receber para a atividade, já que o foco é o aprendizado e experiência para começar a carreira. Por isso, não é algo obrigatório. 

No entanto, se houver salário, o valor pode ser de R$ 562,00, podendo chegar até um salário mínimo. De acordo com o site Vagas.com, a média salarial para estagiário no Brasil é de R$ 862,00.

diferença entre estagiário e trainee

Quais são os tipos de estágio?

Existem dois tipos. Durante os cursos técnicos ou de graduação, os estudantes buscam realizar o estágio, muitas vezes, de forma obrigatória. Esse é um dos tipos de estágio, que faz parte da grade curricular, com carga horária definida, como requisito básico para a formação poder ser concluída.

Já no estágio voluntário, a diferença é que o estudante escolheu buscar fazer para complementar a formação acadêmica por vontade própria. O tempo vai depender da disponibilidade da vaga ofertada.

O que o estagiário não deve fazer?

Uma outra diferença entre estagiário e trainee é sobre as atividades que podem ser realizadas por ambas modalidades de emprego. Por isso, é importante que ao começar um estágio, o estudante entenda sobre a lei 11.788/2008.

Essa é uma forma de você compreender quais atividades são funções do estagiário e quais não, para evitar que o empregador explore a mão de obra. Por isso, algumas determinações da lei são:

  • Perceber o estágio como parte de um projeto pedagógico e, por isso, os objetivos são de aprendizado e desenvolvimento de competências para uma profissão específica
  • Estágio não é vínculo empregatício, então, é preciso respeitar as horas determinadas e funções
  • Ter um profissional responsável para acompanhar o processo do estagiário e supervisionar os trabalhos 
  • Reunir em um termo de compromisso entre a instituição, o estudante e a empresa, para que as atividades estejam de acordo com a formação do estagiário
  • Trabalhar, apenas, 30 horas semanais
  • Ter direito a um período de recesso de 30 dias depois de um período de um ano ou mais

+ Veja também
Dia do Estagiário: quais os direitos garantidos por lei?

Quando o estagiário pode ser efetivado?

Não há um período mínimo específico na lei para que um estagiário seja efetivado. Mas eles podem ser contratados, de acordo com o desempenho durante o período em que atuaram na empresa. Algumas organizações esperam a formação para contratar, outras não.

Como começar a planejar minha carreira profissional?

Agora que você já sabe a diferença entre estagiário e trainee, já pode começar a planejar a sua carreira profissional. O primeiro passo é decidir o tipo de formação que você quer ter, podendo ser um curso técnico ou graduação, como bacharelado, licenciatura ou tecnólogo. 

Lembrando que outra decisão importante é definir se os seus estudos serão realizados presencialmente ou na modalidade a distância.

Depois disso, definir a instituição ou universidade, para conseguir estudar e conquistar boas notas em vestibulares e provas como o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), caso você ainda esteja no ensino básico.

Fazer a prova do Enem ajuda no ingresso às faculdades públicas, com o Sistema de Seleção Unificada (Sisu), ou faculdades privadas, com bolsas, como o Programa Universidade para Todos (Prouni). Além disso, o Financiamento Estudantil (Fies), podendo pagar ao final da graduação.

Há algumas instituições de ensino superior que utilizam essa nota como vestibular direto e outras formas de ingresso também, com desconto nas mensalidades de até 80% como essas:

+ Leia mais!
Existe estágio em curso EaD? Entenda como funciona
Como conseguir um estágio? Confira dicas

Realize o sonho da graduação de onde estiver!
Realize o sonho da graduação de onde estiver!
Os mais lidos
Áreas da Tecnologia: veja as habilidades mais promissoras!

Áreas da Tecnologia: veja as habilidades mais promissoras!

Por Lucas Loconte em 27/01/2023
Júnior, pleno e sênior: entenda a diferença entre os cargos

Júnior, pleno e sênior: entenda a diferença entre os cargos

Por Amanda Nonato em 06/01/2023
Vale a pena fazer segunda graduação? Veja as possibilidades

Vale a pena fazer segunda graduação? Veja as possibilidades

Por Amanda Nonato em 26/09/2022
O que não fazer no EaD? 5 dicas para o ensino a distância

O que não fazer no EaD? 5 dicas para o ensino a distância

Por Amanda Nonato em 14/09/2022

Estude nas melhores sem sair de casa

As melhores faculdades com ofertas super especiais para você começar a estudar sem sair de casa.