Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua vaga

    Compare preços e escolha a vaga que cabe no seu bolso.


  2. Garanta sua vaga

    Pague a adesão para garantir sua vaga.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só fazer o processo seletivo e a matrícula na faculdade.


Faculdades a Distância

Auxiliar de Enfermagem: saiba o que faz e como se tornar um

4 de julho de 2019
foto de um profissional da saúde segurando um estetoscópio nas mãos. a imagem não mostra o rosto, focando apenas no tronco e braços do profissional.
Imagem do autor
Escrito poradmin

O Auxiliar Enfermagem é um profissional sempre muito requisitado na área da saúde e têm um campo de atuação muito vasto, podendo trabalhar em locais como hospitais, postos de saúde, clínicas de repouso e empresas de home care.

+ Encontre bolsas de estudo de até 80%

Este profissional é responsável pelo atendimento básico do paciente, mas precisa ter uma visão global de todo o processo para prepará-los corretamente para consultas e procedimentos médicos. 

Em parceria com os Enfermeiros e a Equipe Médica, os Auxiliares de Enfermagem formam um time fundamental para uma boa recuperação.

Se você está pensando em se tornar um Auxiliar de Enfermagem, mas ainda não sabe por onde começar, continue lendo este artigo, pois vamos explicar de maneira clara e direta tudo o que precisa fazer para seguir essa profissão, quais as responsabilidades do profissional e quanto ele ganha. Confira!

Leia também:
+ Tecnólogo em Gestão Hospitalar EaD: conheça o curso
+ Conheça os cursos tecnólogos reconhecidos pelo MEC
+ Quem fez curso técnico pode fazer pós-graduação? Entenda



Como se tornar um Auxiliar de Enfermagem?

Para se tornar um Auxiliar de Enfermagem, é preciso primeiro concluir o curso de capacitação profissional de Auxiliar de Enfermagem que tem duração média de 15 meses. 

Ele pode ser encontrado em escolas profissionalizantes ou em centros de formação na área da saúde.

Os requisitos básicos para se matricular no curso de Auxiliar de Enfermagem são os seguintes:

  • Ter idade mínima de 17 anos (de modo que o estudante já tenha completado 18 na data de conclusão do curso);
  • Ter ensino médio completo ou estar cursando a partir do segundo ano.

Depois de terminar o curso, o profissional ainda precisa se registrar no Conselho Regional de Enfermagem (COREN) de seu estado, apresentar a documentação necessária e pagar uma taxa para a obter a carteira profissional de Auxiliar de Enfermagem.

Após se registrar no COREN, a pessoa está apta a exercer a profissão, seja no setor público, privado ou como autônomo.

Qual é a função de um Auxiliar de Enfermagem?

close de 2 mãos dando apoio e suporte para uma mão. a imagem provavelmente remete a um profissional da saúde, como auxiliar de enfermagem, segurando nas mãos do paciente doente.

Antes de falar sobre o que faz um Auxiliar de Enfermagem, é importante entender que existem três formações possíveis na área da Enfermagem:

  • Enfermeiro: este profissional possui formação de nível superior, ou seja, concluiu a graduação de Enfermagem que dura em média cinco anos.
  • Técnico de Enfermagem: já o Técnico de Enfermagem possui formação de nível médio que dura em média dois anos.
  • Auxiliar de Enfermagem: o profissional que tem o curso de Auxiliar de Enfermagem, também possui formação de nível médio. Entretanto, a duração do curso é mais curta que a do Técnico.

Os enfermeiros, técnicos e auxiliares fazem parte de uma mesma equipe, mas respeitando a hierarquia, cada formação possui atribuições e responsabilidades específicas. De modo geral, o trabalho do Auxiliar de Enfermagem inclui atividades como:

  • Cuidar da higiene  e da alimentação dos pacientes;
  • Administrar medicações prescritas pelos médicos;
  • Auxiliar na realização de procedimentos pelos médicos, técnicos e enfermeiros;
  • Realizar e trocar curativos;
  • Esterilizar e efetuar o controle dos materiais;
  • Cumprir as medidas de prevenção e controle de infecção hospitalar.

Onde o Auxiliar de Enfermagem pode trabalhar?

O Auxiliar de Enfermagem pode trabalhar em hospitais e postos de saúde da rede pública e privada. Também pode ingressar no setor público por meio de concursos como servidor de prefeituras e secretarias estaduais de saúde. 

Além de tudo, ainda é possível atuar como autônomo realizando atendimentos domiciliares, também conhecidos como home care. Creches, centros de recuperação e tratamento para usuários de drogas, asilos, laboratórios, universidades e clínicas particulares também são lugares onde o Auxiliar de Enfermagem pode trabalhar.

Qual é o salário de um Auxiliar de Enfermagem?

De acordo com o Banco Nacional de Empregos (BNE), a faixa salarial média para o cargo de Auxiliar de Enfermagem no Brasil é de R$ 2.375 por mês. Ele pode variar ficando entre R$ 1.700 e R$ 3.250, no caso de hospitais particulares e home care, mas pode variar bastante de um Estado para outro.

Por ser a formação de nível mais baixo na hierarquia da Enfermagem, os salários não costumam ser tão elevados. Já outras áreas da Enfermagem possuem salários melhores, podendo chegar ao dobro desses valores.

  • Gerente de enfermagem: R$ 7.653
  • Supervisor de enfermagem: R$ 6.977
  • Enfermeiro: R$ 4.750
  • Técnico de enfermagem: R$ 3.325
  • Auxiliar de enfermagem: R$ 2.375

Se a área da saúde é a sua paixão, considere o salário inicial de Auxiliar de Enfermagem como um degrau para seguir carreira na profissão e continuar se especializando. Com o tempo, a remuneração pode aumentar bastante.

Confira também:
+ Cursos que as pessoas menos se arrependem de fazer
+ Qual faculdade fazer depois dos 40 anos? Veja opções EaD
+ Confira quais são os cursos EAD reconhecidos pelo MEC



Como é o curso profissionalizante de Auxiliar de Enfermagem?

O curso profissionalizante de Auxiliar de Enfermagem possui uma duração menor que a do curso Técnico em Enfermagem, mas também é uma formação de Nível Médio. 

A grade curricular engloba aulas teóricas e práticas de disciplinas gerais da área da saúde, assim como técnicas e procedimentos de Enfermagem que capacitam o estudante a atuar no mercado de trabalho.

O curso habilita o estudante a realizar procedimentos ambulatoriais simples como aplicar injeções e administrar medicações que tenham sido prescritas por médicos. Sua duração é de 15 meses em média, e para concluir a formação é obrigatório fazer estágio supervisionado.

Qual a diferença de Técnico de Enfermagem/Enfermeiro e Auxiliar de Enfermagem?

Auxiliar de enfermagem asiática em uniforme, em pé, com braços cruzados e autoconfiantes.

A principal diferença entre essas profissões está na formação acadêmica. 

O enfermeiro é o único desses três que é formado em curso de nível superior O bacharelado em Enfermagem tem duração média de 5 anos. Com a graduação, ele é habilitado a atuar em diversas áreas.

O enfermeiro tem sua profissão regularizada pelo Conselho Federal de Enfermagem (Cofen). Normalmente ele atua no gerenciamento de equipes, na elaboração de políticas públicas de saúde e no atendimento dos casos de maior nível de complexidade e gravidade clínica.

Além disso, ele é o profissional da saúde, da área da enfermagem, capacitado para tomar decisões imediatas e para supervisionar o trabalho dos técnicos e auxiliares.

Para ser técnico de enfermagem é necessário fazer um curso técnico que costuma durar entre um ano e meio a dois anos. 

O curso é mais voltado para aprender procedimentos práticos, como atuar em clínicas, hospitais e lidar com pacientes de casos de média e alta complexidade.

A atuação do técnico de enfermagem acontece sob supervisão do enfermeiro.

Um curso para auxiliar de enfermagem tem praticamente o mesmo tempo de duração do técnico. O profissional pode atuar em setores ambulatoriais, mas em casos com pacientes de baixa complexidade.

A atuação do auxiliar de enfermagem acontece sob supervisão do técnico de enfermagem.

Em todos esses casos é necessário ter concluído o ensino médio e ter mais de 18 anos no dia de conclusão do curso.

 


Como é o mercado de Enfermagem?

No ano de 2021, o BNE registrou um aumento de 17% em vagas abertas para profissionais da enfermagem. Este aumento ocorreu em decorrência da pandemia e se perpetuou devido ao constante aumento de casos.

Apesar do cenário favorável graças a chegada das vacinas, a expectativa do mercado é que a área continue em expansão nos próximos anos. Portanto, nada melhor que se especializar para conseguir uma boa vaga no mercado.

Confira a quantidade de vagas registradas pelo BNE em 2021 para cada uma das áreas de enfermagem:

  • Técnico de enfermagem: 8.354
  • Enfermeiro: 3.761
  • Auxiliar de enfermagem: 1.244
  • Supervisor de enfermagem: 52
  • Gerente de enfermagem: 36

Como é a graduação em Enfermagem?

A graduação em Enfermagem garante oportunidades muito melhores, em termos de salário e emprego, quando comparada à formação como Auxiliar ou Técnico em Enfermagem.

O curso superior de Enfermagem é uma graduação que confere grau de bacharel aos seus alunos. 

Ela dura de quatro a cinco anos e pode ser encontrada em diversas instituições públicas e privadas de todo o país. Inclusive, algumas faculdades já oferecem a graduação em Enfermagem a distância (EAD), como o Centro Educacional Anhanguera, por exemplo.

Muitas pessoas acabam optando pelo curso de Auxiliar de Enfermagem por falta de condições financeiras para pagar uma faculdade particular (já que as vagas nas universidades públicas são muito concorridas).

 A boa notícia é: existem opções para reduzir o preço da mensalidade da graduação, como processos seletivos governamentais, programas de bolsas de estudo e descontos das próprias instituições.

Saiba mais:
+ Descubra qual é o preço dos cursos em Enfermagem
+ Saiba se o curso tecnólogo é considerado curso superior
+ Diploma EaD é diferente do diploma presencial? Entenda



Onde estudar Enfermagem pagando menos?

A área da saúde é uma escalada onde a profissão de Auxiliar de Enfermagem é só o começo. Para progredir na carreira, você pode ingressar em um curso técnico ou se arriscar, e ir direto para uma graduação de Enfermagem. 

Em ambos os casos, é possível encontrar bolsas de estudo de até 80% na Quero Bolsa. Basta acessar o site e pesquisar por cursos técnicos e graduações em Enfermagem.

Se você decidir por fazer a graduação, no fim deste artigo irá encontrar algumas universidades que são ótimas opções para quem quer cursar Enfermagem, sabe por quê? 

Estas instituições têm o curso de Enfermagem reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e ao mesmo tempo oferecem facilidades para tornar as mensalidades mais acessíveis, como bolsas de estudos, descontos e crédito educativo sem burocracia. Não perca essa chance!

Realize o sonho da graduação de onde estiver!
Realize o sonho da graduação de onde estiver!
Os mais lidos
14 cursos EaD gratuitos oferecidos pelo MEC para entender educação especial

14 cursos EaD gratuitos oferecidos pelo MEC para entender educação especial

Por Amanda Nonato em 10/01/2023
Esses são 7 motivos para você não trancar a faculdade

Esses são 7 motivos para você não trancar a faculdade

Por Amanda Nonato em 03/01/2023
Vale a pena fazer segunda graduação? Veja as possibilidades

Vale a pena fazer segunda graduação? Veja as possibilidades

Por Amanda Nonato em 26/09/2022
Próprio negócio? Veja 6 cursos para quem quer empreender

Próprio negócio? Veja 6 cursos para quem quer empreender

Por Amanda Nonato em 14/09/2022
O que não fazer no EaD? 5 dicas para o ensino a distância

O que não fazer no EaD? 5 dicas para o ensino a distância

Por Amanda Nonato em 14/09/2022

Estude nas melhores sem sair de casa

As melhores faculdades com ofertas super especiais para você começar a estudar sem sair de casa.