Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Descubra quanto ganha um advogado

Pensando em ingressar na carreira jurídica? Neste artigo, você conhece mais sobre a profissão de advogado e descobre quais são os salários dessa área. Acompanhe!

O que faz um advogado?

O advogado é o profissional do Direito que defende os interesses de pessoas e empresas, bem como a manutenção e integridade dos seus bens, seguindo os princípios éticos e questões legais do país e fortalecendo o estado democrático de direito.

A atuação do advogado consiste em ouvir e entender a situação de seus clientes e então buscar a solução mais benéfica dentro dos limites da lei. Para propor ou contestar ações na Justiça, em nome do cliente, o advogado desempenha uma série de atividades, descritas na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO):

  • Solicitar providências junto ao magistrado ou ministério público;
  • Avaliar provas documentais e orais;
  • Realizar audiências trabalhistas, penais comuns e cíveis;
  • Instruir o cliente;
  • Atuar no tribunal de júri.

Extrajudicialmente, o advogado ainda pode mediar questões, contribuir na elaboração de projetos de lei, analisar a legislação para atualização e implementação, assessorar empresas, pessoas e entidades.

Afinal, quanto ganha um advogado?

Segundo os últimos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), consultados pelo portal Salario.com.br, a média salarial de um advogado no Brasil é de R$ 4.467,60, considerando aqueles contratados em regime CLT.

A faixa salarial desses profissionais fica entre R$ 3.250,00 (salário mediana da pesquisa), R$ 4.077,53 (média do piso salarial) e R$ 10.837,46 (teto salarial). Confira abaixo as médias salariais das principais áreas de atuação:

  • Advogado generalista: R$ 4.467,60.
  • Advogado empresarial: R$ 6.302,37.
  • Advogado (direito civil): R$ 4.353,29.
  • Advogado (direito público): R$ 5.574,23.
  • Advogado criminalista: R$ 4.477,09.
  • Advogado (áreas especiais): R$ 6.544,32.
  • Advogado trabalhista: R$ 5.588,10.

Quais as áreas de atuação da advocacia?

Os advogados podem atuar em diversas áreas dentro do Direito, de acordo com o assunto que eles defendem. Confira um pouco mais sobre as principais áreas de atuação da advocacia:

  • Direito civil: defende os interesses, os bens e a propriedade de pessoas civis;
  • Direito administrativo: cuida das leis que regulamentam os órgãos e poderes públicos;
  • Direito ambiental: atua na proteção e na qualidade do meio ambiente;
  • Direito comercial: aplica leis relacionadas à abertura, funcionamento e encerramento de comércios;
  • Direito do consumidor: defende consumidores de bens e serviços;
  • Direito contratual: defende pessoas físicas ou jurídicas no que diz respeito a  contratos de vendas e compras de bens e serviços;
  • Direito de propriedade intelectual: defende os autores sobre suas obras e atua contra a falsificação;
  • Direito digital: defende os direitos de usuário e empresas virtuais e atua na aplicação de leis relacionados ao meio digital;
  • Direito penal ou criminal: defende ou acusa em casos de crimes;
  • Direito trabalhista e previdenciário: representa pessoas ou empresas em questões sindicais ou de aposentadoria;
  • Direito tributário: atua na aplicação de leis no que se refere à arrecadação de impostos e questões tributárias;
  • Arbitragem internacional: representa empresas e governos em disputas comerciais e fiscais entre países diferentes.

Como é o curso de Direito?

Para se tornar um advogado, é preciso se graduar em Direito e ser aprovado na prova da OAB (Ordem dos Advogados do Brasil). A graduação em Direito é um bacharelado com 5 anos de duração, oferecido somente na modalidade presencial, que habilita profissionais a atuar na área jurídica como um todo.

Ao longo do curso, os estudantes aprendem sobre interpretação e aplicação do Direito; leitura, compreensão e elaboração de textos, atos e documentos jurídicos ou normativos,

com a devida utilização das normas técnico-jurídicas; pesquisa e utilização da legislação; utilização de raciocínio jurídico, de argumentação, de persuasão e de reflexão crítica; julgamento e tomada de decisões, entre outras competências e habilidades.

A grade curricular do curso de Direito contempla três eixos de formação: Formação Fundamental, Formação Profissional e Formação Prática. Veja algumas das disciplinas do curso:

  • Antropologia e Direito;
  • Ciência Política e Teoria Geral do Estado;
  • Conciliação, Mediação e Arbitragem;
  • Direito Ambiental;
  • Direito Administrativo;
  • Direito Constitucional;
  • Direito das Sucessões;
  • Direito de Família;
  • Direito do Consumidor;
  • Direito do Trabalho;
  • Direito Empresarial;
  • Direito Financeiro e Tributário;
  • Direito Internacional;
  • Direito Penal;
  • Direito Processual Civil;
  • Direito Processual do Trabalho;
  • Direito Processual Penal;
  • Direito Tributário;
  • Direitos Humanos;
  • Economia e Direito;
  • Filosofia Geral e Jurídica;
  • História do Direito e do Pensamento Jurídico;
  • Introdução ao Estudo de Direito;
  • Sociologia Geral e Jurídica.

Além disso, o estudante também precisa cumprir a carga horária de estágio supervisionado obrigatório e apresentar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Onde cursar Direito pagando menos?

O que você achou da carreira de advogado? Se você deseja ingressar na graduação de Direito, além de escolher o curso ideal, também é importante pesquisar mais sobre a faculdade que pretende ingressar e ver suas avaliações no Ministério da Educação (MEC).

Existem instituições que oferecem bons descontos em suas mensalidades e ingresso sem burocracia, com ou sem a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Confira esta faculdade bem reconhecida pelo MEC para você estudar Direito pagando menos:

Veja também: Existe curso de Direito a distancia? Descubra 

E você, já sabe onde cursar Direito? Conta para a gente nos comentários!

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário

Descubra a faculdade certa para você!