Olá! Quer uma ajudinha para descobrir sua faculdade ideal?

Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua vaga

    Compare preços e escolha a vaga que cabe no seu bolso.


  2. Garanta sua vaga

    Pague a adesão para garantir sua vaga.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só fazer o processo seletivo e a matrícula na faculdade.


Carreiras

Pessoas puxa saco no trabalho: como lidar?

2 de dezembro de 2022
pessoas puxa saco no trabalho
Imagem do autor
Escrito porMathias Sallit

Não raro, ao conviver com hierarquias e grupos de pessoas, encontramos as famosas pessoas puxa saco. Elas são pessoas que estão sempre buscando alcançar resultados por meio da bajulação, elogiando os chefes, fazendo trabalhos desnecessários, e, de maneira geral, fingindo quaisquer comportamentos que elas pensem que irá agradar os superiores. 

O problema dos puxa saco é que eles não são verdadeiros. Estão, o tempo todo, sendo falsos e vazios, e podem atrapalhar a dinâmica da empresa. Primeiramente, o método do puxa saco é injusto, já que pode fazê-lo alcançar resultados sem realmente ter mérito por isso. Mas, além disso, intrigas, fofocas, e desconforto costumam acontecer no ambiente em que ele está, atrapalhando toda a dinâmica do grupo.

Tanto no ambiente de trabalho, escolar, familiar, ou qualquer outro local com a presença de hierarquias, conviver com uma pessoa puxa saco é um desafio e um problema recorrente. Por isso, é preciso aprender a identificar essas pessoas e a lidar com elas da maneira mais saudável possível. Para te ajudar com isso, preparamos este artigo. Descubra, abaixo, como se relacionar com uma pessoa puxa saco, sem ser prejudicado por ela. 

O que é uma pessoa puxa saco?

Uma pessoa puxa saco tem características bem marcadas, que valem a pena ser conhecidas, para facilitar identificá-las rapidamente. Em geral, uma pessoa puxa saco não é ela mesma, porque ela está preocupada em agradar. Então, ela não se preocupa realmente em ter um alto rendimento no trabalho, em investir na carreira e a se melhorar pessoalmente. 

Por outro lado, o bajulador é falso o tempo todo. Ele finge gostar muito de seus chefes, finge ter interesse em coisas estratégicas, e finge ser um funcionário perfeito, mas enviezado. Por isso, o comportamento do puxa saco é sempre forçado. É comum, inclusive, que ele mude quando está longe dos superiores, “descansando” do papel que carrega o tempo todo. 

Além disso, a pessoa puxa saco geralmente faz coisas que ninguém gostaria de fazer. Ficar até mais tarde, trabalhar no fim de semana, fazer hora extra, abrir mão de momentos de recreação para ajudar os chefes, fazer tarefas chatas. Isso tudo para conquistar uma boa imagem na empresa. Por outro lado, com os colegas, é comum que os aduladores sejam distanciados, e até mesmo rudes. 

Puxa saco no ambiente de Trabalho

O mercado de trabalho é um dos ambientes mais propícios para a formação e existência de pessoas puxa saco. Isso porque o ambiente corporativo é formado por hierarquias, que precisam sempre ser consultadas antes de ascensões de cargo, promoções, e antes de demissões também. 

Assim, muitas pessoas podem pensar que um caminho mais curto para alcançar seus objetivos profissionais é pegar um atalho pela bajulação. Puxar saco seria uma forma quase de seduzir ou conquistar a preferência das chefias, conquistando para si resultados desproporcionais ao esforço.

É claro, o mercado de trabalho também é um ambiente hostil, que muitas vezes não abre espaço para os funcionários dialogarem diretamente com os chefes. Além de que, por problemas estruturais, pode ser que o mérito não seja suficiente para pessoas conseguirem vagas, promoções e visibilidade o suficiente para alcançar seus objetivos profissionais. Porém, vale lembrar que a existência dos puxa saco só piora essa situação, aumentando ainda mais o espaço entre esforço e resultado. 

Como identificar um puxa saco?

Não é difícil identificar uma pessoa puxa saco. Geralmente, você irá perceber que o ambiente de trabalho está incômodo, com intrigas, fofocas e injustiças. Nesses casos, já pode acender o alerta vermelho: provavelmente você está lidando com uma pessoa puxa saco. Afinal de contas, onde há um bajulador, é comum que os outros funcionários se sintam deslocados, e que sejam até mesmo “atropelados” por essa pessoa. Um puxa saco é um causador de intrigas, e pode manipular situações para que os colegas se dêem mal enquanto eles se dão bem.

No ambiente de trabalho, o puxa saco vai ser sempre quem vive atrás do chefe. Não tem senso crítico próprio, e apoia todas as empreitadas da empresa, todas as vontades dos superiores, servindo de maneira cega. Por outro lado, em suas atividades, não são realmente dedicados, e geralmente eles têm uma relação ruim com os outros colegas. Portanto, é comum ver aduladores sozinhos, ou apenas perto dos chefes.

Para identificar um puxa saco, é necessário, primeiro, analisar o ambiente ao redor dele. Tem havido desmotivação entre os colegas? Climas tensos, coisas não ditas? Tem havido demissões, desistências ou grande insatisfação entre os funcionários? E em relação ao puxa saco: ele é uma pessoa de baixa performance, que, por outro lado, está em ótimos lugares e colocações? Quanto ao chefe, há aqueles que gostam do fato de ter um bajulador, e há aqueles que não apoiam esse tipo de comportamento. 

Como lidar com puxa saco no trabalho?

Se você identificou que está mesmo lidando com um puxa saco no seu local de trabalho, pode ser difícil saber o que fazer. Primeiramente, o mais importante é ter consciência da situação. Tente se ambientar melhor e prestar atenção na dinâmica das coisas. Desde quando o puxa saco está na empresa, ou está puxando saco? Quais colegas se incomodam com isso, e quais ainda não perceberam? E mais: o seu chefe apoia ou não esse tipo de comportamento?

Depois de compreender a situação, é possível tomar algumas providências. Se o chefe, por exemplo, for claramente contra esse tipo de situação, vale a pena registrar uma reclamação e ter uma conversa franca com ele, propondo mudanças na dinâmica do time. Além disso, é possível se aproximar de outros bons colegas de trabalho, para formar uma rede de apoio, mas sempre evitando as fofocas, porque o puxa saco pode se beneficiar disso. 

E, por último, foque no seu trabalho. Mostre resultados bons naquilo que você faz, e busque manter distância do bajulador.

Se você está pretendendo entrar em uma faculdade para alavancar a sua carreira, confira uma lista de universidades reconhecidas pelo Ministério da Educação abaixo:

Texto escrito por Milena Félix

Os mais lidos
Áreas da Tecnologia: veja as habilidades mais promissoras!

Áreas da Tecnologia: veja as habilidades mais promissoras!

Por Lucas Loconte em 27/01/2023
Júnior, pleno e sênior: entenda a diferença entre os cargos

Júnior, pleno e sênior: entenda a diferença entre os cargos

Por Amanda Nonato em 06/01/2023
Vale a pena fazer segunda graduação? Veja as possibilidades

Vale a pena fazer segunda graduação? Veja as possibilidades

Por Amanda Nonato em 26/09/2022
O que não fazer no EaD? 5 dicas para o ensino a distância

O que não fazer no EaD? 5 dicas para o ensino a distância

Por Amanda Nonato em 14/09/2022

Estude nas melhores sem sair de casa

As melhores faculdades com ofertas super especiais para você começar a estudar sem sair de casa.