Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Descubra quanto ganha um fisioterapeuta

Curioso(a) para saber quanto ganha um fisioterapeuta no Brasil? Neste artigo, você conhece mais sobre a área da Fisioterapia e seus salários. Confira!

Os fisioterapeutas são os profissionais da saúde capacitados a diagnosticar, prevenir e tratar doenças e lesões nos órgãos, sistemas e funções físicas e funcionais. Eles podem aplicar diversas técnicas e procedimentos fisioterapêuticos para readaptar e recuperar seu pacientes.

O que faz um fisioterapeuta?

Entre as atividades atribuídas aos fisioterapeutas, listadas na Classificação Brasileira de Ocupações (CBO), estão:

  • Aplicar técnicas fisioterapêuticas para prevenção, readaptação e recuperação de pacientes e clientes;
  • Atender e avaliar as condições funcionais de pacientes e clientes utilizando protocolos e procedimentos específicos da fisioterapia e suas especialidades;
  • Atuar na área de educação em saúde através de palestras, distribuição de materiais educativos e orientações para melhor qualidade de vida;
  • Desenvolver e implementar programas de prevenção em saúde geral e do trabalho;
  • Gerenciar serviços de saúde, orientando e supervisionando recursos humanos;
  • Exercer atividades técnico-científicas através da realização de pesquisas, trabalhos específicos, organização e participação em eventos científicos.

Quanto ganha um fisioterapeuta?

De acordo com os últimos dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (CAGED), consultados pelo portal Salario.com.br, a média salarial de um fisioterapeuta no Brasil é de R$ 2.826,35 para uma jornada de trabalho de 30 horas semanais.

A faixa salarial desses profissionais fica entre R$ 2.579,58 (média do piso salarial), R$ 2.827,35 (salário mediana da pesquisa) e R$ 5.193,74 (teto salarial), considerando os fisioterapeutas em regime CLT de todo país.

Dê uma olhada na média salarial de cada especialidade da área:

  • Fisioterapeuta esportivo: R$ 3.101,67;
  • Fisioterapeuta do trabalho: R$ 3.003,42;
  • Fisioterapeuta respiratória: R$ 2.943,23;
  • Fisioterapeuta traumato-ortopédica funcional: R$ 1.859,12;
  • Fisioterapeuta acupunturista: R$ 1.802,67;
  • Fisioterapeuta quiropraxista: R$ 1.454,27.

Quais as áreas de atuação do fisioterapeuta?

Os fisioterapeutas podem atuar nas mais diversas áreas, em consultórios, clínicas, hospitais, escolas, casas, clubes, entre outros. Para atuar profissionalmente, o fisioterapeuta precisa se formar em Fisioterapia e se registrar no Conselho Regional de Fisioterapia e Terapia Ocupacional (Crefito).

O conselho de fisioterapia reconhece 15 áreas de atuação. Veja abaixo:

  • Fisioterapia em Acupuntura: área que utiliza a inserção de agulhas em pontos precisos no corpo para tratar doenças;
  • Fisioterapia Aquática: área que utiliza água em diversos tipos de terapias;
  • Fisioterapia Cardiovascular: área que atende indivíduos com doenças cardíacas e vasculares;
  • Fisioterapia Dermatofuncional: área focada em pacientes com alterações nas funções da pele;
  • Fisioterapia Esportiva: área focada na saúde de atletas e praticantes de atividades físicas;
  • Fisioterapia em Gerontologia: área focada no atendimento a pacientes idosos;
  • Fisioterapia do Trabalho: área que previne e trata doenças relacionados ao trabalho;
  • Fisioterapia Neurofuncional: área focada em pessoas com distúrbios cinéticos funcionais, decorrentes de síndromes neurológicas;
  • Fisioterapia em Oncologia: área focada em pacientes portadores de débitos funcionais, decorrentes de doenças oncológicas;
  • Fisioterapia Respiratória: área focada em pacientes com problemas respiratórios;
  • Fisioterapia Traumato-Ortopédica: área focada em traumas e doenças que afetam ossos, músculos, articulações e ligamentos;
  • Fisioterapia em Osteopatia: área que utiliza técnicas terapêuticas manuais para tratar doenças;
  • Fisioterapia em Quiropraxia: área que trata problemas no sistema músculo-esquelético, principalmente na coluna vertebral;
  • Fisioterapia em Saúde da Mulher: área focada no atendimento a pacientes do sexo feminino;
  • Fisioterapia em Terapia Intensiva: área focando no atendimento a pacientes internados em Unidades de Tratamento Intensivos.

Como é o curso de Fisioterapia?

O curso superior em Fisioterapia é um bacharelado com duração média de 4 anos. Ele pode ser oferecido tanto na modalidade presencial quanto a distância.

Essa graduação habilita profissionais a preservar, desenvolver, restaurar a integridade de órgãos, sistemas e funções físicas e funcionais de pacientes, diagnosticando doenças e lesões e executando os procedimentos fisioterapêuticos necessários.

A grade curricular do curso agrega conteúdos de Ciências Biológicas e da Saúde, Ciências Sociais e Humanas, Conhecimentos Biotecnológicos e Conhecimentos Fisioterapêuticos. Confira abaixo algumas matérias do curso:

  • Anatomia Humana Geral;
  • Biofísica;
  • Bioquímica;
  • Cinesiologia e Biomecânica;
  • Exames Diagnósticos Fisioterapêuticos;
  • Fisiologia do Exercício;
  • Fisiologia Humana;
  • Fisioterapia Aquática;
  • Fisioterapia Cardiofuncional;
  • Fisioterapia Crânio Mandibular;
  • Fisioterapia Dermatofuncional;
  • Fisioterapia Desportiva;
  • Fisioterapia em Clínica de Dor;
  • Fisioterapia em Gerontologia;
  • Fisioterapia Gineco-obstétrica;
  • Fisioterapia Intensivista;
  • Fisioterapia na Saúde da Família;
  • Fisioterapia Neurofuncional;
  • Fisioterapia no Trabalho e Ergonomia;
  • Fisioterapia Ortopédica;
  • Fisioterapia Pediátrica e Neonatológica;
  • Fisioterapia Pneumofuncional;
  • Fisioterapia Traumatológica
  • Fisioterapia Urológica e do Assoalho Pélvico;
  • Prótese e Órtese;
  • Saúde Coletiva.

Além disso, o estudante deve cumprir, ao menos, 800 horas de estágio supervisionado obrigatório. Para se formar, ainda é preciso apresentar o Trabalho de Conclusão de Curso (TCC).

Onde cursar Fisioterapia pagando menos?

O que você achou da carreira e do curso de Fisioterapia? Além de escolher o curso dos sonhos, saiba que também é fundamental que você pesquise mais sobre a instituição de ensino que pretende ingressar e veja suas avaliações no Ministério da Educação (MEC).

Algumas faculdades particulares oferecem bolsas de estudos, descontos nas mensalidades e ingresso sem burocracia, com ou sem a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Se interessou? Então, confira estas instituições bem reconhecidas pelo MEC para você estudar Fisioterapia pagando pouco:

Veja também: Conheça o curso de Fisioterapia e veja onde estudar 

E você? Pensando em cursar Fisioterapia? Compartilha com a gente nos comentários!

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário

Descubra a faculdade certa para você!