Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Engenharia Elétrica a distância: Saiba tudo sobre este curso

Deseja cursar Engenharia Elétrica a distância? Confira abaixo as principais informações sobre o curso e a carreira!

Você sabe quais são as atribuições de um engenheiro eletricista? Esse profissional atua com a geração, transmissão e distribuição de energia elétrica sempre considerando os custos, a localização e a segurança. Ele é capacitado para realizar a construção e aplicação dos sistemas de automação e o controle nas linhas de produção industrial.

Além disso, o engenheiro eletricista trabalha desenvolvendo componentes eletroeletrônicos, na operação e manutenção dos equipamentos em hospitais e clínicas e em instalações elétricas.

Por fim, ele colabora com o projeto e construção de usinas nucleares, hidrelétricas e termelétricas; realiza estudos a respeito de eficiência energética, analisando fontes de energia renováveis; e desenvolve sistemas para medição de consumo, aterramento de fios e iluminação de espaços.

Onde esse profissional pode trabalhar

Geralmente quem emprega o engenheiro eletricista são as concessionárias de energia, fábricas de tablets e smartphones, indústrias de equipamentos, empresas de telecomunicações, consultorias e prestadoras de serviços em computação.

Áreas de atuação do profissional de Engenharia Elétrica

Automação: nessa função, o profissional projeta equipamentos eletrônicos designados à automação de linhas de produção industrial.

Eletrônica: elabora circuitos eletrônicos para obtenção de informações e transmite esses dados por radiofrequência.

Eletrotécnica: faz o planejamento e operação de sistemas elétricos. Projeta e constrói usinas, redes de geração de energia, estações e equipamentos dos sistemas de geração, transmissão e distribuição. Também atua na ampliação e reparação das redes de alta tensão.

Engenharia biomédica: projeta e desenvolve equipamentos para hospitais, clínicas ou laboratórios.

Hardware e programação: nessa função, o engenheiro projeta componentes e desenvolve sistemas.

Instrumentação: o engenheiro eletricista idealiza instrumentos para a realização de medidas, registro de informações e atuadores.

Microeletrônica: idealiza, cria e analisa circuitos integrados (chips) designados a sistemas de computação, entretenimento e telecomunicações, entre demais finalidades.

Telecomunicações: elabora serviços para expandir os sistemas de telefonia e transmissão de informações por imagem e som. Projeta e constrói sistemas e ferramentas para telefonia e comunicação e de processamento digital de sinais.

Como é o curso de Engenharia Elétrica a distância

Pode se dizer que a grade curricular de Engenharia Elétrica a distância se divide em dois eixos: fundamentos da engenharia e disciplinas específicas da profissão.

Desde o início do curso serão ministradas aulas de Cálculo, Álgebra, Física, Química e Desenho Técnico. A maioria dos cursos possuem uma grade curricular bastante técnica, mas algumas universidades introduzem também disciplinas da área de Humanas no currículo.

Até o terceiro ano o aluno estuda as disciplinas fundamentais das Engenharias, como Física I e II, Química Geral I e II, Cálculos I e II etc. Após esse período a maioria das aulas vão acontecer em laboratórios especiais. Ao final do curso, o aluno estará pronto para captar e desenvolver novas tecnologias e identificar e resolver problemas, levando em conta questões políticas, econômicas, sociais, culturais e ambientais.

Além do setor de grande porte (o da geração de energia), após o curso o engenheiro eletricista estará apto a desenvolver sistemas comerciais, industriais, residenciais e de processamento de dados na forma de sinais digitais e analógicos. Na graduação, você vai adquirir sólidos conhecimentos e experimentará a profissão na prática em modernos e bem equipados laboratórios.

Disciplinas do curso de Engenharia Elétrica a distância

1º semestre

  • Introdução à computação
  • Cálculo diferencial e integral I
  • Física I
  • Cálculo vetorial e geometria analítica
  • Desenho técnico
  • Sociologia

2º semestre

  • Física II
  • Cálculo diferencial e integral II
  • Álgebra linear
  • Cálculo numérico
  • Química geral I

3º semestre

  • Laboratório de Engenharia Elétrica I
  • Circuitos elétricos I
  • Física III
  • Mecânica do corpo rígido
  • Cálculo diferencial e integral III
  • Termodinâmica
  • Química tecnológica para Engenharia Elétrica

4º semestre

  • Ecologia
  • Laboratório de Engenharia Elétrica II
  • Circuitos elétricos II
  • Conversão de energia I
  • Física moderna para Engenharia
  • Estatística básica
  • Princípio de resistência dos materiais
  • Fenômenos de transportes
  • Materiais elétricos

5º semestre

  • Circuitos elétricos III
  • Conversão de energia II
  • Eletrônica I
  • Instalações elétricas
  • Simulação de circuitos e dispositivos
  • Sistemas digitais I

6º semestre

  • Sociologia industrial
  • Eletromagnetismo I
  • Circuitos elétricos IV
  • Eletrônica II
  • Geração, transmissão e distribuição de energia
  • sistemas digitais II
  • Custos industriais

7º semestre

  • Ondas e linhas
  • Eletrônica III
  • Sistemas digitais III
  • Controle e servomecanismos i
  • Princípios de comunicação i
  • Análise econômica de investimentos

8º semestre

  • Programação avançada I
  • Legislação e noções de direito
  • Arquitetura de computadores I
  • Microcontroladores
  • Controle e servomecanismos II
  • Princípios de comunicação II
  • Organização da produção e serviços

9º semestre

  • Programação avançada II
  • Inteligência artificial
  • Estrutura de dados
  • Engenharia de software
  • Compiladores, linguagens formais e autômatas
  • Telefonia: sistemas de computação
  • Comunicações digitais I
  • Segurança em sistemas elétricos e de automação
  • Controle avançado
  • Sistemas de comunicação I
  • Microeletrônica
  • Eletrônica de potência
  • Engenharia em frequências altas
  • Microprocessadores
  • Antenas e propagação
  • Engenharia biomédica
  • Redes de alta velocidade

10º semestre

  • Sistemas operacionais
  • Banco de dados
  • Comunicações digitais II
  • Sistemas de vídeo e áudio digital
  • Sistemas de telecomunicações
  • Telefonia: sistema de comunicação sem fio
  • Eletrônica industrial
  • Microeletrônica
  • Sistemas de vídeo e áudio
  • Trabalho final de curso II
  • Estágio supervisionado em engenharia elétrica
  • Automação industrial
  • Microondas
  • Rede de computadores e teleprocessamento
  • Redes de computadores
  • Automação industrial e robôs
  • Sistemas de comunicação II

A grade curricular pode sofrer algumas alterações de acordo com a universidade de sua escolha.

Certificado EAD

Existem muitas dúvidas em relação à validade do certificado dos cursos à distância e sua aceitação no mercado de trabalho. Se esse é o seu caso, fique tranquilo! O diploma da graduação online tem a mesma validade que o de um curso presencial, desde que seja feito em uma faculdade reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC).

A aceitação no mercado de trabalho também é igual à do curso presencial, já que o ensino a distância veio para ficar e conquistou credibilidade entre os recrutadores. Até mesmo as universidades públicas aderiram ao modelo.

Onde cursar Engenharia Elétrica a distância

Existem muitas universidades que oferecem o curso de Engenharia Elétrica a distância, porém é muito importante que você opte por uma instituição que seja reconhecida pelo MEC.

Para facilitar a sua busca, selecionamos algumas faculdades que oferecem o curso de Engenharia a distância e são reconhecidas pelo órgão. Confira abaixo!

Você poderá se interessa por:

Melhores cursos de Engenharia Elétrica

ProUni vale para curso EAD?

Agora que você já sabe tudo sobre o curso de Engenharia Elétrica a distância, conte para a gente onde pretende realizar sua graduação!

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário