Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Podologia EAD, tudo que você precisa saber

Quem já teve seus pés tratados por um podólogo sabe: mais que estética, a podologia traz qualidade de vida! É por isso que essa profissão, assim como outras da área de saúde e bem-estar, tem ocupado um espaço cada vez mais sólido e expressivo no mercado de trabalho.

Como consequência, os cursos na área de podologia têm sido bastante procurados. O legal é que, ainda assim, não faltam opções para os interessados. Hoje em dia, além de serem muitos, os cursos para a formação de podólogos estão disponíveis em diversos formatos. Assim, é possível escolher entre fazer uma graduação ou pós-graduação, na modalidade presencial ou a distância (EAD), de curta ou média duração.

Ficou interessado nessa oportunidade de carreira, mas quer entender melhor o que estuda e o que faz um profissional de podologia? Vamos lá que a gente te explica todos os detalhes!

O que faz um podólogo?

A podologia é a área responsável pelo cuidado dos pés, que são os membros que sustentam os nossos corpos. Já parou para pensar nisso? É por meio dos nossos pés que nos levantamos e nos locomovemos ? e, para isso, eles carregam todo o nosso peso.

Ao fazer esse esforço diversas vezes ao dia ? muitas vezes, em sapatos nada confortáveis ? é comum que, com o tempo, nossos pés comecem a apresentar sintomas de desgaste: calos, rachaduras, unhas encravadas, dores, entre outros.

É aí que se nota a importância do podólogo ? o profissional de podologia, que estuda questões de anatomia, fisiologia, patologia, microbiologia e até imunologia relacionadas aos pés, a fim de promover a saúde e o bem-estar da nossa principal base de sustentação corporal.

Nesse sentido, além de atuar diretamente no tratamento de diversas patologias, o podólogo também realiza trabalhos preventivos e terapêuticos em pés saudáveis, que incluem o corte técnico das unhas, a remoção de excessos de pele, a indicação de calçados apropriados ao paciente, a aplicação de cremes para hidratação profunda e a massagem de reflexologia, por exemplo.

Veja algumas das patologias tratadas por podólogos

  • Micoses de unha
  • Bicho de pé
  • Olho de peixe
  • Unha encravada
  • Calosidades
  • Esporão de calcâneo
  • Joanete
  • Fasciíte plantar
  • Pé cavo

Em quais áreas um podólogo pode se especializar?

Além de ter a possibilidade de trabalhar com atendimentos genéricos ? enfrentando, conforme a demanda, todos os tipos de caso ? o podólogo pode optar por aprofundar seus conhecimentos em determinada área para especializar os seus atendimentos.

Confira algumas das áreas de especialização da Podologia

  • Podopediatria: cuida dos pés das crianças, acompanhando o seu desenvolvimento e intervindo, quando necessário, a fim de contribuir para o crescimento correto e saudável dos pés infantis;
  • Podogeriatria: cuida dos pés dos idosos, tratando patologias e desconfortos associados ao envelhecimento, no intuito de promover o bem-estar deste público;
  • Podologia desportiva: cuida dos pés dos atletas, que tendem a sobrecarregá-los muito mais que pessoas comuns. Nesta área, o podólogo atua na prevenção e no tratamento de lesões associadas ao esporte praticado pelo paciente;
  • Podologia laboral: cuida dos pés dos trabalhadores, considerando o ambiente de trabalho, a postura corporal e o desempenho de movimentos repetitivos e/ou exaustivos durante a jornada de trabalho como possíveis fatores de influência negativa na saúde dos pés;
  • Pé de risco: os podólogos especializados nesta área cuidam de pés que apresentam alterações neurológicas, metabólicas, sistêmicas e/ou vasculares, e que, por isso, precisam ser acompanhados e tratados por um profissional capaz de evitar complicações maiores, cujos agravamentos podem, inclusive, causar a necessidade de amputação dos pés.

Qual é a diferença entre podólogo e pedicure?

Na hora de buscar um tratamento para os pés, é muito comum que as pessoas fiquem em dúvida se devem procurar um podólogo ou pedicure. Embora ambas as profissões estejam relacionadas ao cuidado com os pés e à promoção do bem-estar, existe uma clara diferença entre elas.

Enquanto o pedicure dedica-se à estética dos pés ? prestando, portanto, serviços de embelezamento ?, o podólogo preocupa-se com a saúde desses membros do corpo. Assim, ainda que os tratamentos de podologia costumem melhorar ou manter a boa aparência dos pés, esse é um efeito secundário, pois não é essa a finalidade deles.

Além disso, as duas profissões têm diferenças em termos de formação. Para o pedicure, o mercado não costuma demandar uma formação específica. No caso do podólogo, por outro lado, exige-se que o profissional tenha feito um curso na área de podologia.

Quanto ganha um podólogo?

Como na maioria das profissões, a média salarial de um podólogo varia conforme a localidade. Nos grandes centros do Brasil, um podólogo generalista costuma ganhar, de início, por volta de 2 mil reais. Conforme o profissional vai ganhando experiência e se qualificando, esta média tende a aumentar.

No caso de podólogos autônomos, que trabalham com atendimento domiciliar ou atendem em estabelecimentos próprios, e de podólogos especializados, os ganhos podem ser consideravelmente maiores, a depender da carteira de clientes que o profissional conseguir formar.

Onde estudar Podologia?

Atualmente, diversas instituições de ensino, em todo o Brasil, oferecem cursos na área de Podologia. Além de não faltarem opções, os formatos disponíveis são muitos: é possível escolher entre fazer uma graduação (tecnólogo ou bacharelado) ou, para aqueles que já têm um diploma de ensino superior em área relacionada, uma pós-graduação (especialização); e, ainda, optar entre estudar presencialmente ou a distância (EAD) ? a oferta de cursos a distância, inclusive, é enorme!

A duração varia conforme o tipo de curso escolhido. As graduações do tipo bacharelado são mais completas, sobretudo em termos de teoria, mas também são mais demoradas, tendo duração mínima de 7 semestres para podologia. As do tipo tecnólogo, por outro lado, duram entre 4 e 5 semestres. Por serem mais rápidas, são mais focadas na prática. Quer saber quais faculdades oferecem essas possibilidades? Confira a nossa lista completa:

Já as pós-graduações costumam ser mais curtinhas, podendo ser concluídas em apenas um semestre. Esta última opção, contudo, é restrita àqueles que já possuem diploma de ensino superior relacionado à área. Veja a seguir opções de cursos de pós-graduação na área de Podologia:

E então, ficou animado em seguir carreira na área de Podologia? Conta pra gente aqui nos comentários!

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário

Descubra a faculdade certa para você!