Olá! Quer uma ajudinha para descobrir sua faculdade ideal?

Fale com a gente

Como funciona
  1. Busque sua vaga

    Compare preços e escolha a vaga que cabe no seu bolso.


  2. Garanta sua vaga

    Pague a adesão para garantir sua vaga.


  3. Estude pagando menos

    Aí é só fazer o processo seletivo e a matrícula na faculdade.


EAD

Como funciona o Enem? Entenda tudo sobre o exame!

3 de novembro de 2016
inscrição enem 2021
Imagem do autor
Escrito poradmin

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) é considerado o maior exame do Brasil. Criado inicialmente para avaliar a qualidade do ensino, foi ganhando importância e hoje é o principal critério para classificar candidatos em programas do Governo Federal de acesso a universidades públicas, bolsas de estudos (inclusive para cursos EaD) e financiamento estudantil.

Além disso, várias faculdades privadas aceitam a nota do Exame como forma de ingresso direto.

Encontre bolsas de estudo de até 80%
+ Quer saber se EaD é para você? Faça nosso Teste de Perfil!

Se você ainda não sabe muito bem como o Enem funciona, está no lugar certo!

Vamos explicar o que é e para que serve o Exame, como está organizado, quem pode se inscrever, como são as provas, qual o calendário básico e, mais importante: como usar a nota do Enem para entrar em uma faculdade a distância!

Veja também:
+ Enem Digital: Entenda o motivo do cancelamento!
+ Estudar de graça? Confira lista com cursos online 100% gratuitos




O que é o Enem?

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é uma avaliação anual que analisa o desempenho dos estudantes ao término da educação básica. Sua importância reside nas diversas oportunidades que oferece, como:

O exame do ENEM é constituído por quatro partes objetivas, cada uma com 45 questões, e uma redação. Os assuntos abordados abrangem Linguagens, Códigos e suas Tecnologias, Ciências Humanas e suas Tecnologias, Ciências da Natureza e suas Tecnologias, além de Matemática e suas Tecnologias.

Considerado uma das principais vias de entrada para o ensino superior no Brasil, o ENEM é realizado anualmente por milhões de estudantes. Antes, era possível obter a certificação do ensino médio com a nota do Enem, mas desde 2017 o Ministério da Educação mudou as regras, tornando isso inviável.

Veja também:
+
Como estudar para o Enem do Zero? O Guia Completo!
+ Nota do Enem: Veja pontuação necessária para estudar EaD

Como usar a nota do Enem?

É possível utilizar a nota do Enem em diversas iniciativas governamentais para acesso ao ensino superior. Confira algumas delas:

Veja também:
+ Como saber se fui bem no Enem? Entenda agora mesmo!


Como usar a nota do Enem no Sisu?

A pontuação do ENEM abre diversas oportunidades, sendo fundamental para o acesso ao ensino superior através do SISU.

No SISU, os candidatos são ordenados conforme suas notas no ENEM até que todas as vagas em cada curso, turno e instituição sejam preenchidas. Os não selecionados na primeira chamada entram na lista de espera.

Para usar a nota do ENEM no SISU, é necessário acessar o portal do programa durante o período de inscrições, escolher o curso e a universidade desejados. O sistema automaticamente obtém as notas do ENEM de cada candidato, sem taxa de inscrição ou limite de renda.

Veja também:
+ Faculdades de 2 anos: Veja lista dos Melhores Cursos!


Como usar a nota do Enem no Prouni?

O PROUNI é uma iniciativa do governo federal que disponibiliza bolsas de estudo integrais e parciais em instituições privadas de ensino superior para estudantes de baixa renda. A pontuação do ENEM é critério de classificação dos estudantes que queiram concorrer às bolsas. 

Para utilizar a nota do ENEM no PROUNI, os candidatos devem cumprir requisitos específicos. Além de terem obtido nota acima de zero na redação, é necessário alcançar uma média mínima de 450 pontos na soma das notas das provas do ENEM, dividida por cinco. 

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer cursos EaD que costumam participar do ProUni e aceitam a nota do Enem como forma de ingresso:



Veja também:
+ Prouni EaD: Conheça os cursos EaD disponíveis no Prouni
+ Lista de espera Prouni: Veja todas as informações!


Como usar a nota do Enem no Fies?

O FIES, um programa do Ministério da Educação, visa financiar a graduação na educação superior para estudantes matriculados em cursos não gratuitos. Importante ferramenta para o financiamento estudantil no Brasil, o FIES utiliza a nota do ENEM como critério de seleção dos beneficiários.

Os candidatos devem ter participado de alguma edição do ENEM a partir de 2010 e alcançado uma média mínima de 450 pontos nas provas, sem zerar a redação, para se candidatarem ao FIES.

Veja também:
+ Fies EaD: Posso usar o Fies para realizar um curso EaD?
+ Faculdades Baratas: Veja cursos EaD mais acessíveis!



Como usar a nota do Enem para conseguir uma Bolsa de Estudos?

A nota do ENEM oferece oportunidades de bolsas de estudos em programas como o PROUNI e descontos em instituições de ensino superior. O PROUNI, do governo federal, concede bolsas integrais e parciais a estudantes de baixa renda com bom desempenho no ENEM.

Algumas faculdades privadas também oferecem descontos, podendo chegar a 100%, com base na pontuação no ENEM, e em algumas, é possível ingressar apenas com essa nota, dispensando vestibular.

Veja também:
+ Bolsa de estudo 100%: Onde conseguir uma?
+ Preciso fazer vestibular para ingressar em uma universidade online?


Como usar a nota do Enem como complemento da nota do Vestibular?

A nota do ENEM pode complementar a pontuação do vestibular tradicional em algumas instituições de ensino superior. Principalmente em universidades públicas, essa prática é comum, onde a nota do ENEM é considerada como parte do processo de seleção para os cursos.

O método de cálculo da pontuação final varia conforme a política de cada instituição, podendo a nota do ENEM complementar ou até mesmo substituir parcial ou integralmente a nota do vestibular.

Veja também:
+ Descubra como entrar na faculdade EAD sem fazer vestibular
+ Conheça as faculdades públicas que oferecem cursos EaD



Como usar a nota do Enem para estudar em Portugal?

A nota do ENEM pode ser usada por estudantes brasileiros interessados em ingressar em universidades em Portugal. Para isso, é preciso seguir alguns passos:

  1. Confirmar se a universidade e o curso desejado aceitam a nota do ENEM como critério de seleção. Cada instituição possui requisitos específicos e atribui pesos diferentes para as áreas avaliadas no exame.

  2. Calcular a nota de acesso ao curso desejado, levando em consideração os pesos estabelecidos pela universidade para as diversas provas do ENEM, como a redação e as ciências humanas.

  3. Converter a nota calculada para a escala de 0 a 200 pontos utilizada no sistema de ensino superior português.

  4. Verificar se a nota final obtida atende ao requisito mínimo estabelecido pela universidade para ingresso no curso desejado, geralmente sendo de 475 pontos ou mais.

Veja também:
+ Como fazer Redação do Enem? Confira o passo a passo!

Enem para Cursos EaD

Aluna segura uma caneta no queixo em sinal de questionamento

O ENEM também é uma ferramenta importante para estudantes que buscam ingressar em cursos de Educação a Distância (EaD) no ensino superior no Brasil. Algumas das principais formas de utilizar a nota do ENEM para cursos EaD incluem:

  • Ingresso no Ensino Superior EaD através do SISU: As notas do ENEM podem ser empregadas na seleção de vagas de cursos de graduação EaD oferecidos por universidades públicas que aderem ao SISU.
  • Acesso a Programas de Financiamento Estudantil para Cursos EaD: O FIES (Fundo de Financiamento Estudantil) requer a realização do ENEM como requisito para obtenção de financiamento estudantil, incluindo para cursos EaD.

Veja também:
+ O que é EaD? Conheça tudo sobre a modalidade de ensino
+
Nota do Enem: Veja pontuação necessária para estudar EaD



Quem pode fazer o Enem?

Qualquer pessoa que atenda aos requisitos de escolaridade pode fazer o ENEM. Entenda:

Treineiros

Os “treineiros” são estudantes do ensino médio que optam por realizar o ENEM para se familiarizarem com o exame e testarem seus conhecimentos. No entanto, suas notas não são consideradas para ingresso no ensino superior.

Veja também:
+ Treineiro Enem: O que é, requisitos e como se inscrever!

Quem já fez ou está na faculdade

Pessoas que já concluíram o ensino médio e estão atualmente cursando o ensino superior também têm a opção de fazer o ENEM. Nesses casos, a pontuação do exame pode ser utilizada como um complemento ao processo seletivo em algumas instituições.

Quem não concluiu o ensino médio em uma escola regular

Os estudantes que não concluíram o ensino médio em uma escola regular, como aqueles que fizeram o Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos (ENCCEJA), podem fazer o ENEM e usar a nota obtida para ingressar no ensino superior.

Veja também:
+ Quem fez Encceja tem direito às cotas? Entenda!
+ Supletivo à distância: saiba diferenças e como funciona



O que é o Enem PPL?

O ENEM PPL (Exame Nacional do Ensino Médio para Pessoas Privadas de Liberdade) é uma vertente do ENEM voltada para avaliar o desempenho de indivíduos que concluíram o ensino médio em unidades prisionais e socioeducativas. 

Equiparado em dificuldade ao ENEM regular, este exame possibilita o acesso ao ensino superior através de programas como Sisu, ProUni e Fies, desempenhando um papel crucial no aumento do nível educacional da população carcerária brasileira. 

O ENEM PPL é realizado anualmente pelo Inep, em colaboração com o Ministério da Justiça e Segurança Pública, dentro das unidades prisionais e socioeducativas designadas pelos respectivos órgãos de administração, oferecendo oportunidades educacionais a um grupo específico e fomentando a inclusão social e a reintegração por meio da educação.

Como funciona a prova do Enem?

A prova do ENEM é realizada em dois domingos consecutivos e é composta por:

  • Uma redação dissertativa-argumentativa
  • 45 questões objetivas de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias
  • 45 questões objetivas de Ciências Humanas e suas Tecnologias
  • 45 questões objetivas de Ciências da Natureza
  • 45 questões objetivas de Matemática e suas Tecnologias

As provas são aplicadas a partir das 13h30, com os portões sendo abertos às 12h e fechados às 13h, sem tolerância para atrasos.

Veja também:
+ Confira quais são as questões que mais caem no Enem


Como é a redação do Enem?

Todo ano o Enem pede uma redação sobre um tema diferente. O participante precisa escrever um texto dissertativo-argumentativo em prosa sobre determinado assunto da atualidade – que só é revelado no segundo dia de provas.

O modelo pedido na redação do Enem nada mais é do que uma dissertação (desenvolvendo sua opinião) que contém argumentos para embasar as ideias expostas. O texto deve ter até 30 linhas e respeitar o seguinte esquema:

  1. Tese: é a sua opinião a respeito do tema proposto.
  2. Argumentação: é o embasamento de sua opinião (fatos, dados, histórico, etc.)
  3. Proposta de intervenção social: solução para o problema, respeitando os direitos humanos.

Vale lembrar que o texto é em prosa (“texto corrido“, não pode ser em forma de poema) e deve seguir as regras da escrita formal da língua portuguesa (esqueça gírias, abreviações, linguagem de internet, etc.)

Veja também:
+ 4 aplicativos de simulados para o Enem para se preparar


Como funciona a TRI no Enem?

A Teoria de Resposta ao Item (TRI) é um método estatístico utilizado no Enem para avaliar o desempenho dos participantes de maneira precisa e justa. Ela considera que a probabilidade de acerto de uma questão não depende apenas do número total de acertos, mas também do grau de dificuldade da questão e da habilidade do participante naquela área específica.

Cada questão do Enem é associada a parâmetros que descrevem sua dificuldade e discriminação, indicando o quão difícil é a questão e sua capacidade de diferenciar entre participantes com diferentes habilidades. 

A TRI torna o exame mais justo ao permitir a comparação equitativa entre participantes de diferentes anos e versões do exame, valorizando a consistência nas respostas e penalizando menos quem erra questões difíceis e acerta questões mais fáceis.

Como é feita a correção da redação do Enem?

A redação do Enem deve ser escrita na Folha de Redação com caneta esferográfica preta para ser corrigida. Após a prova, as folhas são digitalizadas e enviadas a corretores independentes. Cada redação é avaliada por dois corretores, sem conhecimento da nota atribuída pelo outro.

A nota final é a média das notas dos corretores, com base em uma matriz de correção de cinco competências, cada uma valendo até 200 pontos, totalizando 1000 pontos. As cinco competências são: 

  • 1 – Domínio da escrita formal da Língua Portuguesa.
  • 2 – Compreender o tema e não fugir da proposta da redação do Enem.
  • 3 – Organização das ideias.
  • 4 – Coesão e coerência na redação do enem.
  • 5 – Proposta de Intervenção.



Como ver o gabarito oficial do Enem?

Para acessar o gabarito oficial do ENEM (Exame Nacional do Ensino Médio), os candidatos podem seguir os passos abaixo, conforme as instruções das fontes fornecidas:

  1. Acesse a página do ENEM no site do Inep;
  2. Clique na opção “Provas e gabaritos”;
  3. Selecione o ano correspondente;
  4. Identifique a cor do caderno de provas e o dia de aplicação do exame para acessar o gabarito oficial;
  5. O gabarito oficial será exibido em um arquivo no navegador, permitindo que o candidato verifique as respostas corretas de acordo com a cor do caderno de provas e o idioma estrangeiro escolhido;
  6. Se desejar, é possível fazer o download do gabarito completo para consulta posterior.


Como se inscrever no Enem?

Para se inscrever no ENEM, os candidatos devem acessar a Página do Participante no site do Inep (enem.inep.gov.br/participante) e realizar o cadastro utilizando o login da conta gov.br.

Após a conclusão do cadastro, os participantes devem preencher um formulário de inscrição com informações pessoais, escolares e socioeconômicas. O período de inscrições para o ENEM é estabelecido anualmente pelo Inep e é divulgado em seu site oficial. Para confirmar o cadastro é necessário pagar uma taxa que, nas últimas edições, incluindo a de 2024, foi de R$ 85,00.

Veja também:
+ Como se inscrever no Enem: confira todo o passo a passo!


Como conseguir isenção da taxa de inscrição do Enem?

Para obter a isenção da taxa de inscrição, o candidato deve atender a pelo menos uma das seguintes condições:

  1. Estar cursando a última série do ensino médio no ano de aplicação do exame, em qualquer modalidade de ensino, em escola da rede pública declarada ao Censo Escolar
  2. Ter cursado todo o ensino médio em escola da rede pública ou como bolsista integral na rede privada, tendo renda per capita igual ou inferior a um salário mínimo e meio;
  3. Estar em situação de vulnerabilidade socioeconômica, por ser membro de família de baixa renda, inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico), desde que informe o seu Número de Identificação Social (NIS) único e válido.

Os pedidos de isenção são aceitos apenas antes do início das inscrições do Enem; por isso é fundamental observar as datas designadas para solicitar a isenção da taxa de inscrição.

Não é possível solicitar a isenção da taxa durante o período de inscrição do enem. Os estudantes elegíveis podem requerer a isenção seguindo estes passos:

  1. Acesse a página do participante e faça login usando sua conta gov.br.
  2. Na seção de “isenção“, insira seu CPF, data de nascimento, e-mail e um número de telefone válido.
  3. Durante o processo, serão solicitadas informações sobre sua situação de renda ou fase escolar. Preencha todos os dados requisitados para enviar sua solicitação de isenção.
  4. Após enviar a solicitação, aguarde o prazo determinado até a divulgação dos resultados.

Veja também:
+ Saiba como estudar em faculdades online gratuitas


O que fazer no dia da prova do Enem?

Além de estar calmo, tranquilo e descansado, é improtante estar organziado nos dias de prova do Enem e conferir os cronogramas para não se atrasar e chegar emseu local de prova no tempo certo!

Quais os horários das provas do Enem?

Primeiro dia

  • Abertura dos portões: 12h
  • Fechamento dos portões: 13h
  • Início do Exame: 13h30
  • Encerramento do Exame: 19h

Segundo dia

  • Abertura dos portões: 12h
  • Fechamento dos portões: 13h
  • Início do Exame: 13h30
  • Encerramento do Exame: 18h30


O que levar no dia da prova do Enem?

Veja o que você precisa levar para o Enem:

  • Documento de Identificação original com foto;
  • Caneta preta feita de material transparente;
  • Cartão de Inscrição, ajuda a encontrar sua sala de aula (não obrigatório). Você pode imprimi-lo na Página do Participante;
  • Lanche para consumo durante a prova (não obrigatório).

Confira a lista dos documentos aceitos para a realização do Enem:

  • Cédulas de identidade (RG) expedidas pelas Secretarias de Segurança Pública, pelas Forças Armadas, pela Polícia Militar ou pela Polícia Federal;
  • Identidade expedida pelo Ministério da Justiça para estrangeiros, inclusive aqueles reconhecidos como refugiados;
  • Identificação fornecida por ordens ou conselhos de classes que por lei tenham validade como documento de identidade;
  • Carteira de Trabalho e Previdência Social, emitida após 27 de janeiro de 1997;
  • Certificado de Dispensa de Incorporação;
  • Certificado de Reservista;
  • Passaporte;
  • Carteira Nacional de Habilitação com fotografia;
  • Identidade funcional em consonância com o Decreto nº 5.703, de 15 de fevereiro de 2006.


O que não é permitido levar na prova do Enem?

Confira o que não deve ser levado ao exame, segundo o Edital do Enem:

  • Óculos escuros e artigos de chapelaria, como boné, chapéu, viseira, gorro ou similares;
  • Caneta de material não transparente, lápis, lapiseira, borrachas, réguas, corretivos;
  • Livros, manuais, impressos, anotações;
  • Protetor auricular;
  • Relógio de qualquer tipo;
  • Quaisquer dispositivos eletrônicos, como telefones celulares, smartphones, tablets, wearable tech, máquinas calculadoras, agendas eletrônicas e/ou similares, ipods, gravadores, pen drive, mp3 e/ou similar;
  • Alarmes, chaves com alarme ou com qualquer outro componente eletrônico;
  • Fones de ouvido e/ou qualquer transmissor, gravador e/ou receptor de dados, imagens, vídeos e mensagens;
  • Quaisquer outros materiais estranhos à realização da prova.

Veja também:
+ Faculdades a distância reconhecidas pelo MEC

Os mais lidos
Vale a pena fazer segunda graduação? Veja as possibilidades

Vale a pena fazer segunda graduação? Veja as possibilidades

Por Amanda Nonato em 26/09/2022
Licenciatura plena em Pedagogia: entenda de uma vez o que é

Licenciatura plena em Pedagogia: entenda de uma vez o que é

Por Amanda Nonato em 10/08/2022
5 cursos de saúde EaD para você conhecer

5 cursos de saúde EaD para você conhecer

Por Amanda Nonato em 08/08/2022
Faculdade EaD: descubra quais são as 10 melhores do Brasil

Faculdade EaD: descubra quais são as 10 melhores do Brasil

Por admin em 22/02/2022
Conheça cursos online gratuitos reconhecidos pelo MEC em 2022

Conheça cursos online gratuitos reconhecidos pelo MEC em 2022

Por admin em 26/01/2022

Estude nas melhores sem sair de casa

As melhores faculdades com ofertas super especiais para você começar a estudar sem sair de casa.