Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Saiba tudo sobre o tecnólogo em Segurança do Trabalho EAD

É curioso pensar como um curso pouco conhecido como Segurança do Trabalho pode ter tanto impacto no mercado brasileiro.

A área se tornou essencial para empresas que buscam minimizar perdas e prejuízos com problemas que podem ser evitados.

Por isso os tecnólogos formados nesse curso estão fazendo bonito num mercado de cada vez mais competitivo.

Fazer parte dessa área pode ser mais fácil do que você imagina. Com investimento baixo e estudando de casa, você obtém seu diploma e começa a construir sua carreira logo em seguida.

Quer mais detalhes? Então se liga em tudo sobre o tecnólogo em Segurança do Trabalho EAD!

O tecnólogo em Segurança do Trabalho EAD

O tecnólogo em Segurança do Trabalho é um curso superior de curta duração, com três anos de estudos.

A graduação é voltada às necessidades críticas do mercado de trabalho, por isso os profissionais são tão disputados depois que se formam.

A abordagem é essencialmente prática. Ao longo dos estudos, os alunos vão aprender a criar e implementar políticas de prevenção de acidentes no ambiente de trabalho.

Eles vão conhecer a fundo as normas regulamentadoras e os principais processos de segurança laboral.

A ideia geral é promover a qualidade de vida dos trabalhadores e diminuir os prejuízos causados por acidentes laborais.

É uma atividade levada a sério, principalmente em empresas que atuam em ramos mais sensíveis a acidentes, como construção civil, escolas, hospitais, empreiteiras, mineradoras e indústrias em geral.

No EAD, o curso está disponível em dois formatos: o totalmente a distância e o semipresencial.

No totalmente EAD, o aluno estuda quase todo tempo de casa, com ajuda de materiais didáticos interativos e presença constante de professores e tutores online. Ele só precisa ir à faculdade uma ou duas vezes ao longo do semestre para realizar atividades práticas, apresentar trabalhos ou fazer provas finais.

No semipresencial a frequência de encontros é maior. Periodicamente os alunos precisam se reunir no polo de apoio para ter aulas em laboratório e atividades presenciais diversas.

Ambos são reconhecidos pelo Ministério da Educação (MEC) e rendem diploma de nível superior válido no mercado de trabalho. Escolha o que mais se encaixa na sua rotina!

Grade curricular do tecnólogo em Segurança do Trabalho EAD

Embora seja um curso de curta duração, há muito o que se estudar em Segurança do Trabalho EAD.

Será preciso lidar com temas densos como gerenciamento de riscos, laudos e perícias, normas regulamentadoras e primeiros socorros.

Dê uma olhada nessa grade curricular do curso oferecido pelo Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA):

  • Administração Aplicada à Segurança do Trabalho
  • Análise e Gerenciamento de Riscos
  • Desenvolvimento Pessoal e Profissional
  • Direito e Legislação
  • Equipamentos de Proteção Individual e Coletiva
  • Fenômenos de Transporte
  • Física
  • Higiene do Trabalho
  • Informática Básica e Programação
  • Introdução à Segurança do Trabalho
  • Laudos e Perícias de Segurança do Trabalho
  • Matemática
  • Normas Técnicas e Normas Regulamentadoras
  • O Ambiente e as Doenças do Trabalho
  • Pesquisa e Atividades Complementares
  • Primeiros Socorros
  • Programas de Segurança
  • Projeto Multidisciplinar de Autoaprendizagem
  • Proteção contra Incêndios e Explosões
  • Química Tecnológica
  • Responsabilidade Social e Meio Ambiente
  • Toxicologia

As disciplinas variam de acordo com a faculdade. Observe sempre esse detalhe antes de escolher onde vai estudar.

Quanto custa estudar o tecnólogo em Segurança do Trabalho EAD

Geralmente os cursos de tecnólogo são mais em conta que os bacharelados e licenciaturas. No EAD então, esse ponto pode ser ainda mais interessante.

Não é por acaso que estudar Segurança do Trabalho EAD é um bom negócio. Com pouco por mês dá para garantir uma formação de nível superior com alto impacto no mercado de trabalho.

O curso tem um custo mensal médio de R$ 380.

Em faculdades como a Cruzeiro do Sul Virtual a mensalidade é ainda mais em conta: R$ 260!

Mas se você quer estudar pagando menos, dá para recorrer a bolsas parciais e integrais por meio de diferentes programas.

Tem, por exemplo, bolsa que você consegue pela internet, por meio de sites especializados que têm parceria com faculdades de todo o Brasil. Aqui os descontos podem fazer as mensalidades caírem para pouco mais de R$ 120 até o final do curso.

Se você fez o Enem mais recente e atende a todos os requisitos do MEC, pode tentar o ProUni. Aqui a bolsa é um pouco mais difícil de conseguir, por causa da concorrência, mas vale a pena: o benefício pode cobrir o valor integral dos estudos, até o fim da graduação. O programa abre inscrições duas vezes ao ano.

Por último, verifique quais são as facilidades oferecidas pela faculdade onde você quer estudar. Às vezes tem bolsa parcial ou descontos bem interessantes!

Onde estudar o tecnólogo em Segurança do Trabalho EAD

O tecnólogo em Segurança do Trabalho EAD pode ser encontrado em mais de 25 faculdades pelo país, todas na rede particular de ensino.

Para se dar bem nos estudos, nunca abra mão de entrar numa instituição reconhecida e bem avaliada pelo MEC.

A gente separou algumas que oferecem o curso em polos por todo o Brasil. Conheça:

 

Veja também:

Confira quais são os cursos tecnólogos disponíveis em EAD

Gostou do curso de Segurança do Trabalho EAD? Conte para a gente nos comentários!

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário