Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Descubra se existe graduação em Psicologia a distância

Está pensando em se formar como psicólogo(a)? Quer saber se existe esse curso EAD? Saiba tudo neste artigo!

O primeiro curso de Psicologia do Brasil  foi inaugurado na década de 1950. De lá para cá, o curso venceu preconceitos e é uma área com muito potencial de crescimento, principalmente porque os sofrimentos psíquicos, como depressão, ansiedade e outros, estão cada vez mais presentes na nossa sociedade.

Atualmente, mais de 500 universidades no Brasil têm o curso. Se você pretende entrar em uma delas, é importante saber que a faculdade de Psicologia ainda não é oferecida no país na modalidade de ensino a distância (EAD).

Assim, só é possível ser psicólogo(a) se você fizer o curso presencialmente, pois o Ministério da Educação (MEC) não autoriza a abertura dele a distância. Mas isso não deve te desestimular, pois aqui falaremos de alternativas para driblar esse impasse.

Outros caminhos para quem gostaria de estudar Psicologia a distância

A maioria das pessoas que desejam fazer curso EAD pensam no benefício da flexibilidade de horários  (de modo a poder conciliar estudos e outras atividades, como trabalho ou cuidados com filhos e casa) ou na vantagem financeira (por terem mensalidades mais em conta).

Contudo, como já dissemos, infelizmente não existe graduação de Psicologia a distância. Mas, pensando em te ajudar, vamos levantar alguns pontos que poderiam ser empecilhos e apontar possíveis caminhos para que você veja se é possível fazer um curso presencial.

Dificuldade com o tempo

Se você pensou em fazer Psicologia EAD por ter dificuldade para estar em sala de aula todos os dias, saiba que existe o curso noturno. Inclusive, é comum que os professores da noite sejam mais compreensivos e flexíveis devido ao fato de grande parte dos alunos trabalharem durante o dia.

Dificuldades financeiras

Se você desejava fazer EAD por saber que os preços das mensalidades são mais em conta, saiba que existem programas do Ministério da Educação, e em alguns casos da própria faculdade, que podem te dar uma força para bancar os estudos. Conheça as possibilidades:

  • ProUni: O Programa Universidade para Todos oferece bolsas em universidades privadas para estudantes de baixa renda, ou seja, o governo brasileiro “paga” a sua mensalidade para a faculdade escolhida, incluindo o curso de Psicologia. Ela pode ser parcial ou integral (50% ou 100% da mensalidade). Para ser beneficiado pelo ProUni é preciso ter realizado a prova do Enem e concorrer, por meio dessa nota, com outros candidatos através de um sistema do MEC.
  • FIES: É um sistema de financiamento a juros baixos e condições mais favoráveis, bancado pelo Governo Federal. O pagamento desse “dinheiro emprestado” só precisará ser feito depois que você se formar, ou seja, depois que estiver empregado como psicólogo(a). Para se inscrever, é preciso cumprir requisitos de renda familiar e ter feito a prova do Enem. Quanto maior for sua nota do Enem, maior será sua chance de conseguir uma vaga.
  • Bolsa e financiamento oferecidos pelas próprias faculdades: O primeiro passo é pesquisar e encontrar todas as faculdades perto de você que oferecem a graduação em Psicologia. Depois, buscar saber se oferecem descontos, bolsas, parcelamento de mensalidade, etc.

O que se estuda em Psicologia?

Ao entrar em um curso de Psicologia, o foco será estudar o comportamento e as emoções, ideias, sentimentos e valores do ser humano –  a sua psique –, para que se possa diagnosticar, prevenir ou tratar sofrimentos e transtornos psíquicos.

Durante o curso, você entrará em contato com diversas teorias e correntes da psicologia. Além disso, o estudante também terá matérias sobre anatomia, neurologia, estatística, antropologia, entre outros. Em algumas faculdades, há até mesmo a possibilidade de os alunos realizarem atendimentos à comunidade em diversas áreas, como clínica e orientação profissional, já exercendo os seus aprendizados.

Apesar de as disciplinas variarem de uma instituição para outra, existe sempre uma base comum. Veja algumas disciplinas típicas do curso de Psicologia:

  • Análise do Comportamento
  • Avaliação Psicológica
  • Bases Biológicas do Comportamento
  • Código de Ética e Prática Profissional
  • Desenvolvimento Pessoal e Profissional
  • Dinâmica dos Grupos e Relações Humanas
  • Direitos Humanos
  • Ética
  • Filosofia
  • História da Psicologia
  • Neurociência Básica
  • Neuropsicologia
  • Psicanálise
  • Psicologia Behaviorista
  • Psicologia Clínica
  • Psicologia da Saúde e Hospitalar
  • Psicologia do Desenvolvimento
  • Psicologia e Educação
  • Psicologia Escolar e Educacional
  • Psicologia e Trabalho
  • Psicologia Organizacional e do Trabalho
  • Psicologia Sócio-Histórica
  • Psicopatologia
  • Técnicas de Observação e Registro do Comportamento

Faculdades de Psicologia com qualidade e menor preço

Aqui separamos para você uma lista de algumas faculdades que apresentam diversas facilidades como as que citamos acima. Vale a pena entrar em contato para saber sobre o curso de Psicologia presencial e as facilidades financeiras que a instituição pode oferecer.

É importante destacar também que estas são faculdades reconhecidas e credenciadas pelo MEC, que têm tradição no mercado e estão presentes em várias cidades e regiões. Confira:

Veja também:

Descubra que nota você precisa tirar no Enem pra passar em Psicologia

Como é o mercado de trabalho para Psicologia?

Agora que você conheceu mais detalhes sobre a graduação em Psicologia, conte um pouco sobre seus planos e desejos deixando um comentário abaixo!

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário