Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Ensino a distância pode superar o ensino presencial em 2022

Assim como para diversas outras áreas, a evolução e a inclusão da tecnologia no nosso cotidiano transformou nossa relação com a educação. A modalidade de ensino a distância é resultado dessa mudança, possibilitando o ensino de maneira online, prática e acessível. O EAD tem ganhado popularidade nos últimos anos, e a tendência é que continue expandindo e venha para ficar, já que com ele aumentam-se as oportunidades para os brasileiros obterem um diploma de graduação. 

Com a pandemia do coronavírus, a procura e a consequente oferta de estudo remoto teve considerável alta, visto que todas as instituições de ensino tiveram que se adaptar para continuar operando com as restrições sanitárias da Covid-19. Como consequência, muitos romperam a resistência às aulas remotas durante a pandemia, e a busca por cursos de ensino a distância cresceu 59% entre 2020 e 2021 em comparação com os anos anteriores de acordo com estudo da ABMES (Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior), que aponta que o EAD deve ultrapassar o ensino presencial em 2022. 

Abaixo, explicamos como funciona o EAD e por que ele continua sendo a escolha dos estudantes brasileiros para o ano de 2022. Confira também quais são as maiores vantagens dessa modalidade de ensino e quais as melhores escolhas de faculdades para estudar. Vamos lá?

Como funciona o ensino a distância? 

O ensino a distância, também conhecido como estudo remoto, é uma modalidade educacional ocorrida em ambiente virtual, na qual alunos e professores interagem utilizando de meios e tecnologias de informação e comunicação, fazendo-se desnecessária, assim, a presença física e temporal de ambos para o processo de aprendizagem. As atividades, avaliações e aulas permanecem presentes na grade de ensino, da mesma forma que no formato presencial, porém, acontecem através de uma plataforma tecnológica disponibilizada pela instituição de ensino. 

Isso significa que aquelas pessoas que não conseguem tempo em sua rotina ou condições financeiras suficientes para frequentar fisicamente uma faculdade, por exemplo, passam a ter a possibilidade de cursar uma graduação apenas possuindo acesso à internet e conhecimentos básicos em informática. Muitos brasileiros que desejam conquistar um diploma de ensino superior possuem rotinas intensas de trabalho e cuidados com a casa e com a família, dificultando o deslocamento e o acesso financeiro aos gastos quando se opta por um curso presencial. 

O EAD, assim, existe como uma excelente opção desde muito antes da pandemia do coronavírus, e tem crescido exponencialmente nos últimos dois anos, devido ao contexto do isolamento social e com as restrições sanitárias. Algumas pessoas, que antes tinham certa resistência com o ensino através de plataformas digitais, precisaram se adaptar e romper com o estranhamento. As instituições de ensino, da mesma forma, que antes não disponibilizavam tanto de recursos para a modalidade remota, se viram obrigadas a adequar suas ferramentas para atender à nova demanda. 

Com tantas ofertas, no entanto, é preciso estar atento e escolher com cautela a instituição na qual você vai estudar. Saiba sobre a reputação de uma instituição e a qualidade de um curso desejado conferindo se ela é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). 

Veja mais: Confira quais são os cursos EAD reconhecidos pelo MEC

Achou que o conceito do ensino remoto se adequa ao seu perfil e ao seu estilo de vida? Então confira mais sobre as principais vantagens dessa escolha! 

Quais são as vantagens de escolher o EAD?

Se antes a ideia de realizar um curso superior parecia fora da realidade diante de limitações como a financeira ou mesmo de disponibilidade de tempo na rotina corrida, a modalidade de ensino a distância aproveita as vantagens da tecnologia para proporcionar um novo horizonte de possibilidades que viabilizem as chances de se conquistar qualificação profissional. É fato que essa modalidade exige alguns recursos, como o acesso a internet e conhecimentos básicos de internet, mas traz inúmeras vantagens que tem feito com que cada vez mais o EAD tem sido a opção de muitas pessoas. Confira as principais!

  • Flexibilidade de horários: para quem precisa conciliar trabalho, família e estudos, a flexibilidade do EAD é uma das maiores vantagens. A modalidade permite que o próprio aluno adapte sua rotina para encaixar os horários de estudos, atividades e assistir as aulas conforme for ideal para sua agenda. Importante lembrar que é preciso boas doses de disciplina e organização! 
  • Menor custo: os cursos a distância possuem mensalidades em média até 50% mais em conta do que cursos presenciais, e, além disso, também se economiza com tempo e dinheiro para alimentação e transporte, já que não é preciso sair de casa. 
  • Diploma válido em todo território nacional: cursos a distância ou presenciais têm a mesma validade na hora de buscar um emprego, desde que ambos tenham reconhecimento do Ministério da Educação (MEC). Com seu diploma EAD em mãos, é possível conquistar vagas de emprego qualificadas, prestar concursos públicos ou até entrar em uma pós-graduação ou especialização.

Por que o ensino a distância pode ultrapassar o ensino presencial em 2022?

O EAD é uma modalidade de ensino que vem ganhando força no Brasil e no mundo, e temos assistido ao crescimento acelerado tanto da procura quanto da oferta das instituições. A busca por cursos de ensino a distância cresceu 59% entre 2020 e 2021 em comparação com os anos anteriores, impulsionado tanto pelos avanços tecnológicos que viabilizam a comunicação digital quanto pelo cenário da pandemia de COVID-19.

Consequências da pandemia

A pandemia do coronavírus trouxe muitas consequências para o cenário brasileiro, impactando inclusive o setor da educação. Com a suspensão das aulas presenciais, os estudantes, ou as pessoas que planejavam ingressar no ensino superior, precisaram se adaptar à nova realidade do isolamento social. Somado à queda de renda e do desemprego decorrente dos últimos quase dois anos, as pessoas foram levadas a optar por cursos online, cuja mensalidade além de ser mais barata que a modalidade presencial, também viabiliza o estudo através do ambiente digital. 

Portanto, desde o início da pandemia em março de 2021, devido às circunstâncias e restrições sanitárias, o ensino a distância foi gradualmente se consolidando como uma excelente opção de educação. Até chegar aos dias atuais, em que segundo o ABMES (Associação Brasileira de Mantenedoras de Ensino Superior), o volume de alunos em cursos online vai superar a quantidade de matriculados no modelo presencial ainda em 2022! É fato que a migração para o ambiente digital durante o isolamento social causou transformações que vieram para ficar, inclusive no setor da educação superior. 

Assim, o EAD que já se apresentava como uma opção repleta de vantagens, inclusiva, acessível e prática, com o novo cenário econômico, social e sanitário do Brasil durante a pandemia, essa modalidade de ensino deixa de ser apenas uma opção possível e se torna uma solução que veio pra ficar, podendo, inclusive, ultrapassar a modalidade presencial, que já não se adequa tanto à nova realidade dos estudantes e dos que pretendem ingressar no ensino superior no próximo ano. 

Onde estudar a distância em 2022?

Se você acredita que o estudo remoto é a modalidade de ensino que mais se encaixa com o seu perfil e com seu estilo de vida, o próximo passo é escolher onde estudar. Para te ajudar, separamos algumas universidades de renome, que são credenciadas pelo MEC e que oferecem cursos a distância com todo o aparato tecnológico necessário para se ministrar um curso de qualidade:

Leia mais: Conheça as melhores faculdades EaD em 2021

E aí? Tem planos de fazer uma graduação EAD em 2022? Você também acredita que o ensino a distância vai superar o ensino presencial no próximo ano? Conte para a gente aqui nos comentários!

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário

Descubra a faculdade certa para você!