Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Saiba tudo sobre o curso de Engenharia de Software EAD

O mundo hoje é dominado pela tecnologia. Sem ela, a vida moderna seria praticamente impossível.

Por trás de toda engrenagem tecnológica, da mais simples à mais complexa, existe a inteligência de pesquisadores, desenvolvedores, designers e, claro, engenheiros.

Um deles é certamente o engenheiro de software. Esse profissional, treinado para pensar em soluções tecnológicas para todo tipo de problema, tem sido bastante valorizado no mercado de trabalho brasileiro.

E com isso o curso, que já é conhecido no formato presencial, vem aos poucos se popularizando no EAD.

Quer saber como funciona o curso de Engenharia de Software a distância? A gente explica agora mesmo!

O curso de Engenharia de Software EAD

Engenharia de Software é um bacharelado com cinco anos de duração. Isso vale tanto para a modalidade presencial quanto para EAD.

No formato presencial, pode ser encontrado em cerca de 50 instituições de ensino pelo país.

No EAD, o cenário muda radicalmente: até agora, apenas 5 receberam autorização do Ministério da Educação (MEC) para oferecer a graduação, mas nem todas estão com turmas em aberto.

São elas:

  • Instituto Infnet Rio de Janeiro (INFNET)
  • Universidade Paranaense (UNIPAR)
  • Centro Universitário da Grande Dourados (UNIGRAN)
  • Centro Universitário de Maringá (UNICESUMAR)
  • Centro Universitário UNIBTA (UNIBTA)

Na maioria das faculdades autorizadas, o curso tem parte das aulas a distância e parte presencial. Isso acontece porque engenharia é uma área que tem muitas atividades práticas, que não têm como serem feitas 100% no EAD ainda.

Por esse motivo, os alunos precisam ir à faculdade ou ao polo de apoio semanalmente ou quinzenalmente para acompanhar essas práticas, que são realizadas com o acompanhamento de professores.

No restante do tempo, podem aproveitar todos os benefícios do ensino a distância: estudar em seu próprio ritmo, economizar com deslocamentos, adequar o curso à própria rotina, etc.

As aulas EAD acontecem em um ambiente virtual acessado pela internet. Os alunos acompanham as disciplinas por meio de vídeos, gráficos, animações, livros digitais, fóruns, chats e tudo mais que a tecnologia permite.

Eles têm o amparo total de professores e tutores, sempre que precisarem.

É certamente uma forma diferente e inovadora de estudar engenharia.

Os cursos de Engenharia de Software EAD rendem diploma válido formalmente, desde que você se certifique de que a instituição escolhida é reconhecida pelo MEC e tem autorização para oferecer a graduação nesse formato.

Os profissionais formados em Engenharia de Software EAD podem trabalhar como projetistas de sistemas, administradores de redes, analistas de sistemas, gestores de projetos, etc. Para isso, precisam também se credenciar no Conselho Regional de Engenharia e Agronomia (CREA) do estado onde residem.

Disciplinas do curso de Engenharia de Software EAD

Veja algumas disciplinas que você vai encontrar ao longo do curso de Engenharia de Software EAD:

  • Fundamentos e Arquitetura de Computadores
  • Algoritmos e Lógica de Programação
  • Engenharia de Software
  • Estatística
  • Engenharia de Requisitos
  • Análise e Projeto Orientado a Objetos
  • Modelagem de Software
  • Lógica para Computação
  • Estrutura de Dados
  • Projeto, Implementação e Teste de Software
  • Paradigmas de Linguagem de Programação
  • Cálculo Diferencial e Integral
  • Sistemas Operacionais
  • Qualidade de Software
  • Pesquisa Operacional
  • Banco de Dados
  • Gerenciamento de Software
  • Programação de Sistemas
  • Design e Interação
  • Gestão de Projetos
  • Segurança e Auditoria de Sistemas

Fique ligado, pois as matérias podem mudar de faculdade para faculdade. Vale a pena dar uma olhada na grade curricular antes de se matricular para ver se a abordagem corresponde ao que você espera do curso.

Quanto custa estudar Engenharia de Software EAD

Em nossas pesquisas, descobrimos que estudar Engenharia de Software EAD em uma faculdade reconhecida pelo MEC irá custar, aproximadamente, R$ 450 por mês.

A mensalidade de Engenharia na modalidade a distância é bem mais acessível do que a presencial. Mas dá para economizar ainda mais.

Com o ProUni, você pode tentar uma bolsa de estudos integral em uma faculdade particular bem avaliada pelo MEC.

Para tentar o benefício é necessário ter feito o Enem mais recente, tirado uma boa pontuação nas provas e se encaixar nos critérios socioeconômicos estabelecidos pelo governo federal. As bolsas são obtidas por meio de um concorrido processo seletivo, que abre duas vezes ao ano.

Se não rolar o ProUni para você, uma alternativa interesse pode ser o crédito estudantil oferecido pelas próprias faculdades. Quase todas também oferecem bolsas parciais, promoções e descontos por pontualidade. Dê uma olhada nos benefícios que sua faculdade tem à disposição.

Não tem Engenharia de Software EAD na sua cidade? Veja o que fazer

Na falta do curso de Engenharia de Software EAD, a alternativa mais comum é optar por Engenharia de Computação.

São cursos que têm abordagem bastante similar, mas com um diferencial importante: Engenharia de Computação é bem mais fácil de ser encontrada, inclusive no formato a distância.

Veja algumas faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que oferecem Engenharia de Computação EAD:

Juntas, as faculdades acima têm presença em praticamente todo o Brasil. Portanto, não vai ser difícil encontrar o curso de Engenharia da Computação EAD em um polo ou unidade perto de você.

Veja também:

Confira os melhores cursos de Engenharia a distância

E aí, vai de Engenharia de Software ou de Computação? Conte para a gente aqui nos comentários!

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário