Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Saiba onde estudar design de interiores no Rio de Janeiro

Por mais que projetar interiores seja uma arte antiga e profissionalizada há anos no Brasil, o termo design de interiores é recente, foi criado pelo Ministério da Educação e Cultura (MEC) apenas na década de 1990. É uma profissão em ascensão nos últimos anos, que tem ganhado visibilidade e popularidade principalmente por ter um campo amplo de atuação. Se você tem interesse em se tornar um profissional da área e quer estudar design de interiores no Rio de Janeiro, separamos aqui tudo o que você precisa saber! 

Além de ser responsável pela decoração de espaços dos ambientes internos, o trabalho do designer de interiores também envolve uma dimensão estratégica que vai muito além da estética. O profissional atua projetando, desenvolvendo e executando a transformação de determinados ambientes arquitetônicos não apenas pensando no conforto e na beleza mas também em sua funcionalidade. Afinal, nada melhor do que viver e trabalhar em ambientes que trazem aconchego e também facilitam nosso dia a dia, não é mesmo?

Se você já está certo que design de interiores é a sua área, entenda mais sobre o curso, quais são as atribuições desse profissional, saiba como funciona o mercado de trabalho e veja onde estudar. Confira até o fim para ter ainda mais certeza de que essa é a carreira para você! Vamos lá?

Como é o curso de design de interiores?

No curso de design de interiores você vai desenvolver seu talento para criar e desenvolver projetos de espaços internos, utilizando conhecimentos de gestão, planejamento, operações, desenho e tecnologia.

Assim, para conseguir certificação na área de design de interiores, existem três caminhos principais que você pode escolher: curso bacharelado, tecnólogo ou pós-graduação (especialização). 

O bacharelado tem duração média de 4 anos, e dá embasamento geral para o profissional da área, abordando desde as partes mais teóricas até a prática. Já o tecnólogo em design de Interiores é o curso mais comum, e é bem focado no que faz um designer de interiores, ou seja, na prática profissional. Ele também tem menor duração, entre dois e três anos. Em ambas opções existem disciplinas voltadas à gestão e ao comércio, que são muito válidas para quem for abrir seu próprio negócio futuramente.

A terceira forma de estudar essa área é na pós-graduação, por meio da especialização. É uma alternativa para quem fez cursos como arquitetura e urbanismo ou engenharia civil. Assim, o aluno que investiu nessas áreas mas se identificou mais com as disciplinas de Design, pode focar sua carreira nisso.

Veja também: Entenda como é fazer um curso de Design de Interiores online

O que se estuda no curso de design de interiores?

O profissional de design de interiores lida com a parte de decoração dos ambientes, portanto, envolvendo a arte e estética de interiores, seja no planejamento dos elementos como tecidos, mobiliário, revestimentos e distribuições de peças, mas também levando em conta o aproveitamento do espaço e da luz, a distribuição de ambientes e o bem-estar de quem ocupa esses locais, pensando em sua funcionalidade. 

Portanto, durante o curso de design de interiores, você vai estudar conteúdos como ergonomia e desenho de móveis, instalações prediais básicas, metodologia de projeto, processo de criatividade, luminotécnica, sempre com foco na qualidade de vida e bem-estar, no convívio humano e na sustentabilidade. 

A seguir, veja exemplos de disciplinas ofertadas em um curso de Design de Interiores:

  •  Conforto Ambiental Acústico E Lumínico
  •  Desenho Auxiliado Por Computador
  •  Design De Interiores Residencial
  •  Ergonomia Aplicada Ao Design De Interiores
  •  História Do Design
  •  Instalações Elétricas De Baixa Tensão
  •  Instalações Prediais Básicas
  •  Maquetes De Interiores
  •  Marketing De Produtos E Serviços
  •  Paisagismo
  •  Patrimônio, Museus E Arquivos
  •  Projeto E Gestão Do Design
  •  Representação Gráfica Digital

Quem deve fazer o curso de design de interiores?

Se você se interessa por tendências de comportamento e estilo, tem sensibilidade estética e gosta de pesquisar sobre cores, texturas, formas e acabamentos, a área de design de interiores pode ser uma boa opção para você seguir.

No entanto, para ser um profissional da área, é importante que você goste de desenhar e tenha habilidades manuais, por isso cursos relacionados à área sempre agregam bastante. Também é muito importante saber que você vai lidar com equipes de diversas áreas e também com o público, na relação com os clientes, portanto é imprescindível ter bom relacionamento interpessoal. 

Quais as áreas de atuação para quem faz design de interiores?

Quando falamos sobre as áreas de atuação, o designer de interiores possui um enorme leque de opções. Concluir a faculdade em Design de Interiores dá ao graduado a capacidade de abrir seu próprio ateliê ou procurar trabalho em empresas de diversos ramos, como construtoras, escritórios de design e arquitetura, indústrias de mobiliário, lojas de decoração, ou também gerenciando uma obra! 

O profissional da área ainda tem a possibilidade de trabalhar com paisagismo e projetar os mais diversos espaços. Um cenário possível que está em ascensão é o da sustentabilidade nos projetos de design de interiores. Nele, por exemplo, a reutilização de móveis e artigos já existentes e a implantação de processos que contribuem para o meio ambiente são o grande diferencial.

Confira abaixo mais alguns dos diversos rumos que essa qualificação profissional oferece:

  • Criação, desenvolvimento e execução de projetos de design de interiores;
  • Acompanhamento e gestão de equipes em obras;
  • Controle de mão de obra e materiais de construcao e decoracao;
  • Cenografia e produção de espaços decorados em eventos;
  • Pesquisa e desenvolvimento de novos produtos, materiais ou técnicas de decoração e construção;
  • Desenho, fabricação e instalação de produtos em marcenaria, iluminação, acabamentos de gesso, entre outros;
  • Pesquisa acadêmica de design;
  • Curadoria de arte e mobiliário;
  • Visual Merchandising;
  • Produção de representação tridimensional (maquete eletrônica).

Como está o mercado de trabalho da área de design de interiores?

O atual cenário para quem trabalha com Design de Interiores está super aquecido, isso porque o crescimento do setor imobiliário dos últimos anos impulsionou e aqueceu o mercado de trabalho para designers de interiores, oferecendo mais vagas e melhores salários para os profissionais, além de novas possibilidades e áreas de atuação..

Seja trabalhando como profissional autônomo, prestando consultoria e desenvolvendo projetos independentes, ou trabalhando em empresas que desenvolvem projetos de móveis planejados ou de design de interiores e arquitetura, as possibilidades são infinitas e portanto, um mercado de trabalho vasto, repleto de oportunidades. 

Afinal, todo mundo quer ter um cantinho personalizado, moderno e funcional. Vai depender de você saber qual a área de atuação que mais se adequa ao seu perfil, ao seu percurso académico e assim, qual te proporciona mais satisfação profissional.

O setor corporativo, por exemplo, está cada vez mais preocupado com o ambiente das empresas. Salas de reuniões, escritórios especializados e até mesmo andares e prédios inteiros fazem parte das demandas e projetos mais procurados. Para completar, seja no setor corporativo ou residencial, a sustentabilidade é outra alternativa que vem crescendo em ascensão. Isso porque as pessoas têm se interessado em adaptar suas casas e empresas a alternativas menos prejudiciais ao meio ambiente. Então esse também é um setor possível para o profissional designer de interiores mostrar suas habilidades.

O importante é se lembrar que as pessoas e empresas buscam sempre por profissionais qualificados e capacitados. Um currículo de qualidade faz toda a diferença na hora de conseguir uma nova oportunidade em empresas ou ser selecionado como um profissional confiável por seus clientes. Suas experiências e conhecimentos sempre serão ótimos diferenciais, portanto, é imprescindível dedicação e estudos.

Além disso, a evolução tecnológica tem proporcionado novos elementos para o trabalho do profissional da área, com novos softwares e técnicas que surgem com frequência. Assim, é importante saber como utilizá-los, para agregar a qualidade do seu trabalho e também se manter sempre atualizado e exercitar a mente criativa para as mais diversas soluções. 

Onde estudar design de interiores no Rio de Janeiro?

Se você chegou até aqui e tem certeza de que esse é o curso para você, agora resta saber onde estudar Design de Interiores no Rio de Janeiro. Confira algumas das principais faculdades que oferecem a graduação na cidade:

  • Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ)
  • Universidade Veiga de Almeida (UVA)
  • Estácio de Sá
  • Universidade Cândido Mendes
  • Faculdade São Francisco de Assis
  • Centro Universitário IBMR

Caso você esteja no Rio de Janeiro e queira saber onde estudar Design de Interiores EaD, também, separamos algumas opções de universidades que contam com polos no estado para você conferir. Todas são referência em ensino de qualidade e têm reconhecimento pelo Ministério da Educação (MEC). Confira!

Veja mais: Conheça tudo sobre o curso de Design de Interiores EAD

E aí, já decidiu que vai se tornar um designer de interiores? Já sabe onde irá estudar? Responda para nós logo abaixo, nos comentários!

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário

Descubra a faculdade certa para você!