Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Descubra quais são os cursos em alta do momento

O atual mercado de trabalho pode até estar estagnado em alguns setores, mas em outros ele exibe um cenário bastante otimista. Esse é o caso de algumas áreas como a de Tecnologia, de Marketing e de Agronegócio.

Através de pesquisas realizadas por empresas de recrutamento, como a Catho, é possível ter uma ampla ideia de quais carreiras e profissões estão em destaque neste ano.

Setores em alta no momento

Levantamentos realizados por empresas de recrutamento como Michael Page, Page Personnel, Robert Half e Catho dão um panorama das profissões com maior possibilidade de demanda neste ano de 2019.

Os cargos considerados nessas pesquisas são de média e alta gerência, e de nível técnico e suporte à gestão. De acordo com as empresas, as carreiras profissionais em alta estão ligadas a áreas como:

  • Tecnologia
  • Saúde
  • Agronegócio
  • Comunicação
  • Marketing
  • Recursos humanos

Profissões em alta no momento

Com base nas pesquisas em questão, dividiremos as profissões que estão em alta no momento em nove categorias. São elas:

  • Saúde e Farmácia
  • Marketing e Digital
  • Negócios/Vendas – Serviços Financeiros
  • Jurídico
  • Financeiro e Tributário
  • Recursos Humanos
  • Tecnologia da Informação
  • Engenharia
  • Agronegócio

Da categoria Saúde e Farmácia, as profissões em alta são:

Bioinformacionista: atua na prevenção de doenças genéticas e nos estudos relacionados à reprodução humana. Os campos de atuação são hospitais, laboratórios de análises clínicas, centros de pesquisas ou indústria farmacêutica.

Técnico em telemedicina: é responsável por dar suporte local ou remoto, com videoconferência, montar equipamentos de vídeo, áudio, internet, além de fornecer treinamento para profissionais da saúde.

 Da categoria Marketing e Digital, as profissões em alta são:

Analista de marketing digital: é o responsável por criar, desenvolver e mensurar resultados de estratégias de marketing digital para a empresa em que trabalha. Ele deve garantir que as melhores estratégias do mundo digital sejam escolhidas para alavancar os números da empresa.

Designer gráfico: desenvolve soluções de design e comunicação visual. Pode atuar em agências de publicidade, design, comunicação e marketing ou de forma autônoma. Utiliza-se do briefing para reter informações do cliente e transformar em uma peça gráfica.

Da categoria Negócios/Vendas – Serviços Financeiros, as profissões em alta são:

Consultor de investimentos: é o responsável por orientar os clientes em suas decisões de investimento. Deve utilizar seus conhecimentos técnicos e práticos para avaliar os objetivos, expectativas e necessidades de cada cliente, visando apresentar uma estratégia adequada ao perfil do cliente em questão.

Gerente de desenvolvimento de negócios: define a política e estratégia de execução com a liderança da companhia para buscar novas frentes de negócio, desenvolver contas estratégias e gerar oportunidades não trabalhadas.

Da categoria Jurídico, as profissões em alta são:

Advogado contencioso legal: profissional sênior que atua no contencioso e cuida de toda a esfera jurídica ou arbitral com o intuito de solucionar um conflito.

Advogado de Compliance: institui normas de governança, define limites lícitos para conduta de profissionais e para procedimentos da empresa, aplica normas instituídas por matriz estrangeira, fiscaliza operações políticas, fiscais ou morais de assuntos relacionados à empresa, além de dar cursos e treinamentos para ensinar e disseminar o tema internamente.

Advogado digital: é responsável por atuar na aplicação da lei em crimes cibernéticos. Neste caso, pós-graduação em Direito Digital e Compliance ou especialização em Direito Digital e Telecomunicações são necessárias.

Da categoria Financeiro e Tributário, as profissões em alta são:

Gerente de planejamento financeiro: é o responsável pela gestão de tributos, formação do preço de venda, auditoria, controle das contas a pagar, das aplicações financeiras, dos saldos bancários, administração do fluxo de caixa e análise das demonstrações financeiras.

Especialista tributário: realiza a apuração de impostos diretos e indiretos, atendimentos à auditoria, planejamento tributário da empresa para recuperação de crédito e disseminação de conhecimento no time.

Da categoria Recursos Humanos, as profissões em alta são:

Especialista em remuneração: analisa (ou cria/atualiza) faixas salariais de diferentes níveis hierárquicos da companhia e valida prática de concorrentes e outros mercados.

Gerente de RH generalista: consegue assumir diversas responsabilidades no seu trabalho de RH, sejam elas estratégicas ou burocráticas. Através de cursos, job rotation ou trajetória diferenciada de carreira, esse profissional pode ter contato com as mais variadas políticas e práticas de gestão de pessoas.

Da categoria Tecnologia da Informação, as profissões em alta são:

Cientista/engenheiro de dados: é o responsável por encontrar tendências nos conjuntos de dados e desenvolver algoritmos para ajudar a transformar os dados brutos em informações úteis para a empresa.

Desenvolvedor back-end: é o responsável por dinamizar os sites utilizando linguagens de programação, além de organizar todas as informações invisíveis aos olhos do usuário.

Desenvolvedor front-end: é o responsável por “dar vida” à interface. Trabalha com a parte da aplicação que interage diretamente com o usuário. Por isso, é importante que esse desenvolvedor também se preocupe com a experiência do usuário.

Desenvolvedor mobile: é responsável pelo desenvolvimento de softwares e recursos para dispositivos móveis, que podem englobar desde sistemas extranet, intranet até aplicativos, de acordo com as necessidades do cliente.

Engenheiro de inteligência artificial: é responsável pelo desenvolvimento e aplicação de bots (softwares destinados a simular ações humanas repetidas) e automatizar procedimentos para auxiliar pessoas.

Da categoria Engenharia, a profissão em alta é:

Engenheiro bioenergético: é o responsável por desenvolver a tecnologia verde e estudar a biomassa para a produção de energia elétrica.

Da categoria Agronegócio, a profissão em alta é:

Agricultor urbano: é responsável por pensar e esquematizar novas formas de incluir a produção alimentícia, no caso do plantio, dentro do contexto de cidades e metrópoles.

Designer de máquinas agrícolas: atua no design de equipamentos para indústria metal-mecânica agrícola, trabalhando a ergonomia e segurança de máquinas agrícolas através de novas tecnologias para o processo de fabricação.

Onde estudar

Como é possível ver, a maior parte das profissões listadas acima exige nível superior para ser exercida. E muitas dessas carreiras ainda pedem pós-graduação como pré-requisito para atuação.

Por isso, se você pretende encarar o mercado de trabalho com uma boa qualificação para ocupar uma das profissões que estão em alta, sem dúvidas precisará investir em uma instituição de ensino de qualidade.

O mesmo vale para a modalidade a distância. Lembre-se sempre de procurar faculdades que possuam polos de apoio próximos a você, bons materiais didáticos digitais, tutores especialistas para apoio ao aluno e o acompanhamento de professores bem capacitados.

Além disso, é de fundamental importância escolher uma instituição autorizada e reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Caso contrário, seu diploma não terá validade.

Para facilitar sua vida, nós fizemos uma pequena lista com algumas faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC.

Confira:

Todas elas oferecem uma série de vantagens financeiras ao aluno, como bolsas de estudos, descontos na mensalidade e financiamentos sem burocracia.

Veja também:

Veja quais os cursos tecnológicos em alta no momento

Você se interessa por alguma das carreiras que estão em alta? Qual delas? Conte para a gente aqui embaixo!

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário