Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Entenda o que é um curso híbrido e veja como fazer um

Cursos híbridos são aqueles que mesclam parte dos estudos a distância e parte presencial.

É um formato bacana para quem procura fazer um curso superior estudando de casa, mas sem abrir mão do convívio com professores e outros alunos.

Esse tipo de formação tem chamado cada vez mais a atenção dos brasileiros. Tanto é que hoje temos opções em todas as áreas e em centenas de faculdades por aí.

Se você tem interesse em estudar dessa maneira, entenda o que é um curso híbrido e veja como fazer um a seguir!

O que é um curso híbrido

Cursos híbridos são também chamados de semipresenciais. Eles podem ser encontrados com facilidade nas principais faculdades brasileiras e oferecem formação em diversos campos do conhecimento.

O formato tem sido bastante procurado justamente por sua dinâmica, que equilibra o jeito de estudar a distância como o do presencial.

Podemos dizer que ele reúne o que tem de melhor nos dois formatos.

O híbrido permite que o estudante faça boa parte do curso de casa, com a ajuda de uma plataforma digital de aprendizagem, seguindo seus próprios horários.

Ele acessa conteúdos pela internet, vê as atividades do dia, lê o material necessário para cada disciplina, assiste a aulas em vídeo, baixa livros, apostilas e apresentações.

No EAD o aluno não está sozinho: estuda sempre com a companhia de tutores e professores, sem falar que também pode interagir com outros alunos sempre que quiser.

A cada semana ou a cada quinze dias é necessário ir à faculdade, ou a um polo de apoio, estudar presencialmente.

Nesses momentos os alunos, junto a professores e tutores, acompanham aulas ao vivo, apresentam trabalhos ou desenvolvem atividades em laboratório.

A frequência de encontros varia de acordo com a faculdade e o curso.

O formato híbrido pode adotado por graduações com alta carga prática, como Engenharia ou Biomedicina, ou por aquelas essencialmente teóricas que são muito procuradas no on-line, como a licenciatura em Educação Física ou Administração.

Oferecidos com o aval do Ministério da Educação (MEC), contam com diploma reconhecido no mercado de trabalho – o que significa a possibilidade de atuar na área escolhida, fazer concursos ou entrar em pós-graduações.

Para fazer um curso híbrido é preciso ter concluído o ensino médio e passar pelo vestibular da instituição desejada.

Quer ver a diversidade que temos no Brasil? Então se liga no tópico a seguir.

Cursos híbridos que você pode fazer

Dá para fazer cursos superiores de tecnologia, licenciaturas e bacharelados no formato híbrido.

Repare na variedade que encontramos nas principais faculdades brasileiras:

Tecnólogos

  • Análise e Desenvolvimento de Sistemas
  • Comércio Exterior
  • Estética e Cosmética
  • Eventos
  • Gastronomia
  • Gestão Ambiental
  • Gestão Comercial
  • Gestão de Recursos Humanos
  • Gestão Hospitalar
  • Logística
  • Marketing
  • Podologia
  • Processos Gerenciais
  • Radiologia
  • Redes de Computadores
  • Serviços Jurídicos, Cartorários e Notariais

Licenciaturas

  • Ciências Biológicas
  • Educação Física
  • Geografia
  • Letras
  • Pedagogia
  • Química

Bacharelados

  • Administração
  • Agronomia
  • Arquitetura e Urbanismo
  • Biomedicina
  • Ciências Contábeis
  • Ciências Econômicas
  • Enfermagem
  • Engenharia Ambiental
  • Engenharia Civil
  • Engenharia da Computação
  • Engenharia de Produção
  • Engenharia Elétrica
  • Engenharia Mecânica
  • Farmácia
  • Fisioterapia
  • Nutrição
  • Publicidade e Propaganda
  • Serviço Social

Valor da mensalidade de um curso híbrido

A gente tende a pensar que os cursos híbridos têm um preço mais próximo do presencial, mas não é bem assim.

Na verdade, os preços são similares aos dos cursos EAD, com mensalidades que quase dificilmente ultrapassam a barreira dos R$ 500.

Veja, por exemplo, quanto custa alguns cursos híbridos na Cruzeiro do Sul Virtual:

  • Gestão de Recursos Humanos: R$ 300
  • Administração: R$ 335
  • Ciências Contábeis: R$ 340
  • Biomedicina: R$ 440
  • Engenharia Civil: R$ 490

É possível conseguir bolsas de estudos para fazer cursos híbridos também.

As mais fáceis podem ser encontradas em sites especializados que têm parceria com várias faculdades pelo Brasil afora. Aqui, o aluno pode ganhar um desconto de até 70% em cima do valor das mensalidades.

As próprias instituições também contam com seus programas de bolsas e descontos que podem tornar o curso híbrido ainda mais barato.

E tem também o ProUni, que é hoje o maior programa de bolsas de estudos do Brasil. Só que a participação aqui é exclusiva aos alunos que fizeram o Enem e se encaixam em certos critérios determinados pelo MEC. A seleção é bastante concorrida, mas tem uma grande vantagem: dependendo da renda familiar, o aluno contemplado pode estudar totalmente de graça em uma faculdade particular de qualidade, durante todo o curso. As inscrições abrem duas vezes ao ano.

Onde fazer um curso híbrido

Cursos híbridos estão disponíveis em centenas de faculdades. Certamente você não vai ter dificuldade de encontrá-los em algum polo de apoio perto de sua casa ou de seu trabalho.

Mas é preciso estar atento: a instituição escolhida deve ser reconhecida e bem avaliada pelo MEC – condição numero 1 para ter um diploma bem aceito no mercado de trabalho.

Para ajudar você nessa jornada, a gente separou algumas faculdades bem legais que oferecem cursos semipresenciais em diferentes áreas.

Clique e conheça:

Veja também:

Entenda a diferença entre o ensino presencial e o semipresencial

E aí, está pensando em recorrer a um curso híbrido? Conte o que mais lhe atrai nesse formato!

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário