Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Conheça o curso de Design de Interiores a distância

Confira todas as informações sobre a faculdade de Design de Interiores a distância e saiba onde estudar com o reconhecimento do MEC.

Se você tem um perfil organizado, é criativo, gosta de decoração e harmonização de ambientes, talvez o curso de Design de Interiores seja a opção certa para você! 

A boa notícia é que dá pra fazer o curso a distância, o que possibilita obter um diploma de nível superior mais valorizado que de curso técnico, em no máximo três anos e com todas as vantagens de estudar a distância!

Achou interessante? Então, continue a leitura para saber como funciona o curso EAD, o que se estuda em Design de Interiores, quanto custam as mensalidades, onde estudar e como é o mercado de trabalho na área. 

Confira!

Como é a graduação em Design de Interiores EAD

Conheça o curso de Design de Interiores a distânciaA faculdade de Design de Interiores a distância é uma graduação tecnológica que dura de 2 a 3 anos.

No formato EAD, o aluno assiste a parte das disciplinas do currículo pela internet (no computador, celular ou tablet), em uma plataforma disponibilizada pelas instituições de ensino, o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA).

Nessa plataforma digital de aprendizagem também é possível entrar em contato com tutores para esclarecer dúvidas, participar de aulas online ao vivo, obter materiais didáticos e interagir com colegas de curso, por meio de chats e fóruns.

Além de assistir às aulas online, o aluno também precisa comparecer ao polo de apoio da universidade para fazer provas, participar de aulas práticas, assim como elaborar e apresentar projetos em grupo, entre outras atividades.

A frequência dos encontros presenciais varia conforme a instituição de ensino e o período do curso, podendo ser semanal, quinzenal ou mensal.

Diploma

O diploma da faculdade de Design de Interiores EAD tem a mesma validade e reconhecimento no mercado que o de uma graduação presencial, desde que o curso seja reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Por isso, não precisa se preocupar, porque sua graduação terá o mesmo valor.

Mas é claro, se o curso não for reconhecido pelo MEC, o estudante não tem a garantia de receber um diploma válido ao se formar e não vai conseguir exercer a sua profissão.

O que se estuda em Design de Interiores

A graduação em Design de Interiores prepara o estudante para planejar, executar e supervisionar projetos de ambientes internos residenciais, comerciais e institucionais.

Isso inclui saber combinar cores, texturas, mobiliário e objetos decorativos, além de atender a critérios de ergonomia, sustentabilidade, segurança e funcionalidade.

O curso possibilita que os estudantes desenvolvam habilidades para a rotina profissional, além de incentivar os alunos a buscarem soluções criativas como foco no bem-estar e conforto dos clientes.

Grade curricular

Para ter uma noção melhor do que se estuda nessa graduação, apresentamos as principais disciplinas do curso de Design de Interiores EAD da Universidade Cidade de São Paulo (UNICID):

  • Expressão Gráfica
  • Expressão Plástica
  • Desenho Técnico aplicado ao Design de Interiores
  • Representação Gráfica Digital
  • História das Artes
  • Fotografia
  • Modelagem Gráfica Digital
  • Cenografia
  • Projeto de Interiores residencial
  • Patrimônio e Restauro
  • Modelos Tridimensionais aplicados ao Design de Interiores
  • Conforto Ambiental
  • Estilo e História do Mobiliário
  • Paisagismo para Interiores
  • Ergonomia aplicada ao Design de Interiores
  • Materiais e Acabamentos para Design de Interiores
  • Instalações Prediais Elétrica e Hidráulica
  • Projetos Interdisciplinares em Design

Lembrando que o currículo pode variar um pouco de uma instituição para outra, assim como os nomes das matérias.

Mercado de trabalho para o Designer de Interiores

O designer de interiores pode trabalhar como empregado formal ou prestar serviços de forma independente. O profissional pode atuar em diversos ambientes propondo projetos que melhorem a estética ao mesmo tempo em que prioriza aspectos sustentáveis e práticos que ornem com as características do local.

O designer de interiores pode trabalhar projetando móveis, montando instalações como estandes em feiras de eventos e também desenvolvendo projetos de sustentabilidade e acessibilidade.

Confira os principais ambientes em que esses profissionais atuam:

  • Escritórios de arquitetura
  • Empresas de design de interiores
  • Indústrias e estabelecimentos comerciais do setor de móveis e decoração
  • Redes de hotelaria
  • Construtoras

É possível ainda trabalhar diretamente para os clientes finais, pessoas físicas.

Diferença entre Design de Interiores e Arquitetura

A grade curricular desses dois cursos apresenta algumas semelhanças, mas cada graduação tem a sua particularidade. 

Uma das principais diferenças é a atuação profissional. O arquiteto também cuida da parte externa dos projetos. Então é ele quem vai lidar diretamente com a equipe de engenheiros de uma obra, que vai atuar em projetos de urbanismo e ter contato também com materiais de desenvolvimento de uma construção civil, por exemplo.

Já o designer de interiores atua especificamente em ambientes internos. Essa carreira é mais voltada para decoração, harmonização de ambientes, experiência do cliente, conforto e bem-estar.

Então tenha em mente que se você pretende cursar design de interiores, a sua rotina profissional será em locais que precisam de um cuidado especial com a parte estética e decorativa.

Salário de um Designer de Interiores

Segundo a Associação Brasileira de Designer de Interiores (ABD), esse profissional ganha no Brasil em média R$ 3.112,45 em uma jornada de trabalho de 42 horas semanais.

Mas é claro que o salário pode variar de acordo com a jornada de trabalho, a região e também o tempo de experiência do designer. Esse dado é apenas uma média considerando mais de 300 salários dos profissionais dessa área.

Ainda de acordo com a ABD, São Paulo é a cidade que oferta mais vagas de emprego e que mais contrata Designer de Interiores.

Quanto custa estudar Design de Interiores a distância

Além de escolher uma boa faculdade para iniciar a carreira como designer de interiores, saber a média de investimento na sua formação é essencial. Afinal, o curso é oferecido por cerca de 30 estabelecimentos de ensino superior em todo o país, mas todos são da rede privada de ensino.

Para se ter uma ideia, a mensalidade de Design de Interiores EAD custa em torno de R$ 349 a R$ 500, dependendo da faculdade. Mas em algumas universidades é possível abaixar esse valor pela nota obtida no Enem ou no vestibular, além de opções de bolsas de estudo.

Onde estudar Design de Interiores

Como o curso é ofertado somente em instituições de ensino privadas, pesquisamos para você quatro ótimas faculdades que têm o curso de Design de Interiores EAD reconhecido pelo MEC  e apresentam facilidades como bolsas de estudos, descontos especiais e crédito educativo sem burocracia.

Essas instituições contam com polos de ensino em diferentes regiões do Brasil. Conheça cada uma delas e escolha a que melhor atende às suas necessidades.

Confira:

Você também pode se interessar por:

Saiba tudo sobre o curso de Arquitetura e Urbanismo EAD

Depois de saber mais sobre o curso de Design de Interiores a distância, conte para a gente nos comentários: você já decidiu se vai seguir essa profissão?

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário

Descubra a faculdade certa para você!