Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Saiba tudo sobre a faculdade de Educação Especial EAD

Educação Especial está entre aqueles cursos que são perfeitos para quem gosta de ajudar as pessoas.

Nesse caso, ajudar na luta por uma educação mais inclusiva, que respeite as diferenças e ao mesmo tempo promova a equidade no mundo do trabalho.

O melhor de tudo é que dá para buscar essa formação a distância, com muito mais economia e aproveitamento de tempo!

Quer saber como?

Saiba tudo sobre a faculdade de Educação Especial EAD a seguir!

A faculdade de Educação Especial

Educação Especial prepara os profissionais que vão lidar com a educação de pessoas – crianças, jovens e adultos – com deficiências físicas, mentais ou transtornos de aprendizagem.

No formato EAD, tem quatro anos de duração e é oferecido apenas em grau de licenciatura em cerca de 20 faculdades no Brasil.

Não se engane com esse número: muitas dessas faculdades possuem centenas de polos de apoio espalhados pelo país, de forma que o curso pode chegar às cidades mais distantes dos grandes centros!

O que difere o curso de outras licenciaturas são as metodologias de ensino, voltadas especificamente para a educação básica (níveis fundamental e médio) de pessoas com qualquer tipo de deficiência ou transtorno mental.

A grande missão é prover meios para que os alunos com necessidades especiais possam ter uma formação ampla, inclusiva e abrangente.

Estudantes de Educação Especial EAD vão aprofundar os estudos em processos de alfabetização, acessibilidade, tecnologias, políticas públicas e ferramentas pedagógicas voltadas para pessoas com deficiência.

O campo de trabalho para quem investe em Educação Especial é bom, com oportunidades cada vez mais frequentes em escolas, programas educacionais, centros culturais, entidades de apoio à pessoa com deficiência, clínicas e hospitais que contam com programas educativos, institutos e organizações não governamentais.

Como fazer Educação Especial a distância

Estudar Educação Especial a distância é simples, só requer comprometimento e disciplina.

O curso é quase todo online. O aluno pode estudar de casa ou de outros locais com acesso à internet, em qualquer horário, do jeito que preferir.

É preciso, no entanto, se comprometer a fazer as atividades solicitadas, exercícios, trabalhos, leituras, etc.

O processo acontece numa plataforma virtual disponibilizada pela faculdade. Nela há uma série de conteúdos que o aluno deve acessar, como aulas em vídeo, livros digitais, apostilas, apresentações, listas de tarefas, etc.

O curso também conta com momentos presenciais, promovidos no polo de apoio ou na própria faculdade – o que for mais próximo de sua casa ou do seu trabalho.

Esses encontros servem para a realização de atividades em grupo, apresentação de trabalhos e aplicação de provas.

Durante todo os momentos, online e presenciais, os alunos EAD contam com o apoio total de professores e tutores, que estão sempre prontos para tirar dúvidas e prestar orientações.

A maioria dos cursos de Educação Especial EAD tem apenas alguns encontros ocasionais ao longo do semestre. Outras opções oferecem uma frequência maior, para quem gosta de equilibrar aulas online e presenciais.

Ambos os formatos rendem um diploma reconhecido e com validade no mercado de trabalho, com o qual o profissional poderá dar aulas em escolas públicas ou privadas, se inscrever em pós-graduações e participar de concursos públicos.

Grade curricular da faculdade de Educação Especial EAD

Se você está pensando em fazer Educação Especial EAD, prepare-se para mergulhar de cabeça no universo da didática, das metodologias de ensino e das particularidades das principais deficiências físicas e intelectuais.

Abaixo, veja alguns dos principais temas que você vai ver ao longo dos oito semestres de estudos!

  • Dificuldades de Aprendizagem
  • Didática Aplicada a Pessoas com Deficiência
  • Acessibilidade e Técnicas Assistivas
  • Desenvolvimento e Aprendizagem da Pessoa com Deficiência
  • Educação Física Inclusiva
  • Psicopedagogia Aplicada a Pessoas com Deficiência
  • Prática de Leitura e Escrita
  • Deficiências Físicas, Sensoriais e Intelectuais
  • Filosofia da Educação
  • Educação Não-Formal
  • Legislação em Educação Especial
  • Psicimotricidade
  • Fundamentos de Neurofisiologia e Neuropsicologia
  • Prática de Ensino na Educação Especial de Jovens e Adultos
  • Praticas de Ludicidade e Movimentos
  • Metodologia e Pesquisa em Educação Especial
  • Metodologia de Ensino em Educação Especial
  • Deficiências Múltiplas
  • Afetividades e Sexualidades em Educação Especial
  • Superdotação e Altas Habilidades
  • Transtorno do Espectro Autista – TEA
  • Planejamento e Avaliação na Educação Especial

Faculdades onde estudar Educação Especial EAD

Escolher uma boa faculdade par estudar Educação Especial EAD não é uma tarefa tão difícil quanto parece.

Basta apenas se assegurar de que a instituição oferece um ensino de qualidade e é reconhecida no mercado de trabalho.

Para isso a gente recomenda recorrer à avaliação geral do Ministério da Educação (MEC).

Quanto maior a nota de avaliação do curso (de 3 a 5), melhor é o curso e melhor é a receptividade do diploma na profissão.

Tenha sempre em mente essa informação na hora que for estudar Educação Especial EAD!

A licenciatura em Educação Especial pode ser encontrada em boas faculdades privadas, como a Cruzeiro do Sul Virtual (a distância) ou a Universidade Cidade de São Paulo (UNICID).

Alternativamente, muita gente opta por fazer uma graduação em Pedagogia, que tem um enfoque similar, e depois estudar Educação Especial em uma pós-graduação.

A vantagem desse formato é que o curso de Pedagogia EAD pode ser encontrado em praticamente todo o Brasil. Por isso, pode ser uma saída interessante para você!

Além das faculdades que comentamos acima, você encontra Pedagogia EAD também no Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) e na Universidade Norte do Paraná (UNOPAR)

Veja também:

Existe segunda licenciatura em Pedagogia EAD em 1 ano? Veja!

Pensando em fazer Educação Especial EAD ou vai optar por Pedagogia? Conte para a gente nos comentários!

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário