Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Descubra tudo sobre o curso de Psicologia online

Imagine que interessante seria estudar Psicologia no formato a distância: aulas nos horários que você achar melhor, uma baita economia no valor das mensalidades, fazer tudo de casa ou de qualquer outro lugar conectado à internet e ainda terminar o curso com um diploma reconhecido no mercado de trabalho.

Quem quer estudar Psicologia provavelmente já deve ter sonhado com todas essas possibilidades. Certamente procurou por uma versão online do curso – que, até pouco tempo atrás, não existia por aqui.

Mas no mundo online a tecnologia evolui depressa, portanto vem logo a pergunta: será que já dá para fazer essa graduação no formato online?

Vamos investigar nos tópicos a seguir. Acompanhe!

O curso de Psicologia online

Psicologia está entre as graduações mais queridas dos brasileiros, com cerca de 235 mil matriculados atualmente.

Seria muito bom poder estudar Psicologia a distância, mas a verdade é que esse desejo terá que esperar um pouco mais.

É que até agora o Ministério da Educação (MEC) não autorizou a realização do curso nesse formato.

E se o MEC não autorizou, você já sabe: melhor nem arriscar.

Sem um diploma reconhecido, o formado não pode atuar como psicólogo no mercado de trabalho.

Por enquanto, quem quer estudar Psicologia, terá mesmo de encarar as salas de aulas, em dias e horários fixos, durante pelo menos cinco anos.

O curso presencial pode ser encontrado em 511 faculdades pelo Brasil. Entre algumas das mais legais a gente pode destacar:

Como cerca de 85% de todas as faculdades de Psicologia existentes no Brasil pertencem à rede particular de ensino, é provável que você tenha de encarar o investimento – até porque a concorrências nas públicas é absurdamente alta.

No próximo tópico, a gente explica como aliviar o impacto disso no bolso.

Como pagar menos para fazer o curso de Psicologia

É fato que os cursos online são bem mais econômicos do que os presenciais. Mas como Psicologia ainda não está disponível nesse formato, a gente tem que conhecer todas as alternativas possíveis para estudar pagando menos.

Por sorte, existem várias!

Conheça as mais comuns:

Parcelamento facilitado – Faculdades pertencentes a grandes redes de ensino, como a Universidade de Franca (UNIFRAN) e o Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA), oferecem uma forma econômica e prática de parcelar até 70% do valor do curso com juros baixos. Esses sistemas de financiamento estudantil não fazem muitas exigências burocráticas (não é preciso ter feito o Enem ou comprovar renda, por exemplo).

ProUni – Todo semestre o governo federal distribui milhares de bolsas para que estudantes de baixa renda de todo o país possam fazer uma faculdade particular. Mas para concorrer é preciso atender a algumas exigências. Entre elas, uma boa nota no Enem mais recente (450 pontos na média das provas é a mínima exigida, sem ter zerado a redação), comprovar renda familiar de até três salários mínimos por pessoa e ter feito todo o ensino médio em escola da rede pública. A concorrência é pesada, especialmente em cursos muito procurados, como Psicologia. As bolsas podem ser parciais ou integrais, dependendo do perfil socioeconômico do candidato.

FIES – Com o FIES dá para financiar o curso Psicologia e pagar a dívida só depois da formatura, em vários anos e com juros lá embaixo. O benefício é concedido por meio de um processo seletivo. O interessado em participar precisa ter feito qualquer edição do Enem a partir de 2010 (com média de pelo menos 450 pontos nas provas, sem ter zerado a redação) e atender aos requisitos de renda familiar mensal bruta (até 5 salários mínimos por pessoa). A seleção é concorrida e abre duas vezes por ano.

Descontos e convênios – Muitas faculdades particulares oferecem facilidades aos seus estudantes que, no final do mês, podem fazer uma bela diferença no bolso. Convênios com empresas podem render mensalidades até 40% mais baratas. Bolsas parciais, descontos por pontualidade e promoções podem tornar possível o sonho de estudar Psicologia. Os benefícios variam de instituição para instituição, basta ficar ligado para aproveitar.

Veja também:

Descubra se existe graduação em Direito a distância

E você, vai tentar Psicologia presencial ou optar por outro curso no formato a distância? Conte para a gente aqui nos comentários!

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário