Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Descubra se dá pra fazer uma faculdade EAD pelo Fies

Será que dá para usar o Fies em cursos a EaD? Descubra se você pode usar o programa do governo para faculdades a distância e veja as melhores alternativas!

O Fies se apresenta como uma saída possível para os estudantes que não conseguem arcar com os custos das mensalidades no ensino superior durante o período da graduação. Mas será que dá pra usar o programa de financiamento estudantil em cursos na modalidade de ensino a distância (EaD)? Essa é a dúvida de muitos que desejam adquirir o tão sonhado diploma.

Saiba mais: Encontre bolsas de estudo de até 80%

O curso superior na modalidade EaD está crescendo muito a cada ano. Afinal, com as inúmeras tarefas do dia a dia, a praticidade no acesso ao conteúdo e a flexibilidade de horários de estudo se tornam grandes atrativos, além do baixo custo das mensalidades. 

Mesmo assim, nem sempre é possível arcar com os valores da faculdade durante o percurso da graduação. Se esse é seu caso, não se desespere. Selecionamos algumas opções de bolsas de estudo, financiamento e descontos que poderão te ajudar a alcançar o sonho do ensino superior Ead. Afinal, o brasileiro não desiste nunca, não é mesmo?

Como funciona o Fies?

Uma dessas opções é o Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior (Fies), um programa criado pelo Governo Federal junto ao Ministério da Educação e Cultura, que oferece ao aluno de baixa renda juros baixos ou nulos em financiamento do curso superior em instituição privada, além de um longo prazo para pagar a sua faculdade a partir da conclusão do curso.

Para participar do programa, é preciso seguir os seguintes critérios:

  • Ter participado de uma edição do Enem (a partir de 2010) 
  •  ter obtido nota igual ou superior a 450 pontos na média das provas objetivas e nota igual ou maior que 400 na redação.
  • Ter renda mensal familiar de 1 até 5 salários mínimos por pessoa.

Apesar do crescimento das ofertas e procura por faculdades a distância no Brasil nos últimos anos e do grande número de cursos oferecidos por elas, infelizmente, o Fies só financia cursos presenciais. Mas calma! O Ministério da Educação tem outras opções para você iniciar os seus estudos:

Como funciona o Prouni?

O Programa Universidade para Todos (ProUni), é um programa do MEC que oferece bolsas de até 100% para alunos de baixa renda. E o melhor: essas bolsas são para cursos presenciais ou EAD! Como o programa distribui bolsas de estudos em faculdades particulares, que é onde está a maior oferta de cursos a distância do país, dos três grandes programas de acesso ao ensino superior do governo federal (que incluem o Sisu e o Fies), o Prouni é o que concentra mais vagas em cursos a distância.

Além das bolsas integrais, o programa oferece bolsas parciais de 50%. Mas para conseguir qualquer uma delas, é preciso preencher uma série de requisitos.

Inscrição e requisitos

Para concorrer a uma vaga no ProUni é preciso ficar ligado no site oficial do programa. O processo seletivo ocorre 2 vezes ao ano, 1 vez a cada semestre.

Os alunos interessados devem ter realizado a última edição do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) e ter obtido média acima ou igual a 450 pontos e não ter zerado a redação. O candidato também não pode possuir diploma de ensino superior.

Para bolsas integrais (100%): os estudantes precisam comprovar que a renda bruta familiar é de até um salário mínimo e meio por pessoa.

Para bolsas parciais (50%): a renda bruta familiar precisa ser de até 3 salários mínimos.

Além disso, o candidato deve atender a pelo menos um dos critério abaixo:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede pública;
  • Ter cursado o ensino médio completo em escola da rede privada, na condição de bolsista integral;
  • Ter cursado o ensino médio parcialmente em escola da rede pública e parcialmente em escola da rede privada, na condição de bolsista integral;
  • Ser pessoa com deficiência;
  • Ser professor da rede pública de ensino, no efetivo exercício do magistério da educação básica e integrando o quadro de pessoal permanente da instituição pública. Nesse caso, as bolsas são concedidas apenas para os cursos de licenciatura, e não há requisitos de renda.

Os candidatos contemplados com o Prouni estudam em faculdades da rede particular de ensino que aderem ao programa e a bolsa é válida durante todo o curso. Ao conseguir uma bolsa parcial, o estudante terá que custear a outra metade das mensalidades. Já quem conseguir uma bolsa integral não precisará arcar com nenhum valor referente às mensalidades. Mesmo após concluir o curso, não precisam pagar nada nem ao programa e nem à instituição de ensino.

Prouni possui vagas para cotistas?

O Prouni também reserva as vagas de bolsas para cotas, destinadas a candidatos autodeclarados indígenas, pardos ou pretos. O percentual de bolsas destinadas a cotistas é igual àquele de cidadãos pretos, pardos e indígenas, em cada unidade da Federação, segundo o último censo do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Vale lembrar que o candidato cotista também deve se enquadrar nos demais critérios de seleção do Prouni.

Faculdades que aceitam o Prouni para cursos EAD

Nem todo mundo sabe, mas a cada edição do Prouni, uma parte das bolsas é destinada a cursos superiores a distância. Então se você está interessado em fazer uma faculdade na modalidade EAD mas não tem condições de bancar a mensalidade, o Prouni pode te ajudar.

O benefício pode ser utilizado em faculdades credenciadas de todo o Brasil e conta com cursos em todas as áreas do conhecimento. Atualmente, são ofertadas bolsas de estudo parciais e integrais para mais de 33 mil cursos, em aproximadamente mais de 1.100 instituições educacionais em todo o Brasil.

Importante ressaltar que o Prouni só libera para a participação as faculdades credenciadas e reconhecidas pelo Ministério da Educação (MEC). O que significa que você pode ficar tranquilo na hora de escolher a sua faculdade dentro do Prouni, pois elas já passaram por todos os critérios de competência e qualidade do ensino.

Não pode participar do ProUni?

Caso não tenha como participar de nenhum programa do governo, uma das formas de garantir o seu sucesso e seu diploma é buscando outros tipos de bolsas, oferecidos por sites especializados, ou mesmo pesquisar pelos cursos e faculdades mais baratos.

É possível, por exemplo, financiar uma graduação presencial ou EAD diretamente na faculdade privada, sem burocracia.

Leia também: Veja como conseguir uma bolsa de estudos com a nota do Enem

Além disso, existe a possibilidade de ingressar direto em um curso usando a nota do Enem e recebendo bolsa de estudo que podem reduzir em até 80% as mensalidades.

Veja também: Veja as 10 faculdades online com menores mensalidades

E então, você já escolheu como vai pagar as mensalidades da sua faculdade? Conte-nos nos comentários!

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário

Descubra a faculdade certa para você!