Pular para o conteúdo Pular para a barra lateral do Vá para o rodapé

Conheça sobre a segunda licenciatura EAD em Educação Especial

Fazer uma segunda licenciatura pode mudar totalmente sua vida.

Com mais opções de atuação no mercado de trabalho, os profissionais podem dobrar suas chances de ganhar mais no final do mês!

Por isso esses programas têm se tornado tão interessantes – especialmente em áreas ainda pouco exploradas como a Educação Especial.

Quer saber como funciona e como fazer isso sem sair de casa?

Conheça agora mesmo tudo o que você precisa saber sobre a segunda licenciatura EAD em Educação Especial!

Segunda licenciatura em Educação Especial

A segunda licenciatura é um tipo de curso de curta duração voltado a quem já trabalha como professor ou gestor escolar. Por isso, o interessado deve, obrigatoriamente, ter formação completa em qualquer curso de licenciatura.

Aqui, os licenciados aproveitam os conteúdos que já dominam (fundamentos da educação, didática geral, práticas de ensino) e estudam apenas as particularidades da nova formação.

A segunda licenciatura pode durar entre um ano e um ano e meio, dependendo da faculdade.

A Educação Especial aborda as práticas pedagógicas voltadas a pessoas com alguma deficiência – física, mental, auditiva, visual – ou transtorno global de desenvolvimento.

Portanto, quem encara a segunda licenciatura em Educação Especial termina o curso com domínio das técnicas e tecnologias de ensino que levam em conta as diferenças, a inclusão e o cuidado pedagógico dentro do espaço de ensino.

É uma atividade importantíssima para garantir igualdade de oportunidades e direitos, tanto hoje como no futuro.

Com a segunda licenciatura em Educação Especial, o profissional pode ampliar suas chances de trabalhar em escolas das redes pública e privada de ensino básico (Educação Infantil, Ensino Fundamental, Ensino Médio), hospitais e clínicas, empresas, educação de jovens e adultos (EJA), entidades de apoio à pessoa com deficiência, consultorias e no ensino superior.

Como fazer Educação Especial no EAD

Para se licenciar em Educação Especial, o aluno precisa se dedicar bastante às leituras e participar de discussões sobre o tema.

Isso pode ser feito a distância tranquilamente.

No curso EAD os alunos acompanham os conteúdos das aulas pela internet, por meio de vídeos, textos e material gráfico disponível num ambiente virtual.

Isso permite estudar no próprio tempo, de casa ou de qualquer outro lugar que tenha uma boa conexão à internet.

O ambiente virtual oferece ferramentas de contato com outros alunos e conexão direta com professores e tutores. Muitas faculdades promovem discussões ao vivo, por meio de videoconferências.

Todo curso EAD tem momentos presenciais – e as segundas licenciaturas não fogem desse esquema. Uma ou duas vezes por semestre os alunos precisam comparecer nos polos de apoio ou unidades da faculdade para fazer as atividades correspondentes (provas, apresentações de trabalho, etc.).

A segunda licenciatura é um tipo de curso reconhecido pelo MEC e, por isso, o diploma pode ser utilizado formalmente no mercado de trabalho – tanto em instituições privadas quanto nas públicas.

Quanto custa fazer uma segunda licenciatura EAD em Educação Especial

A segunda licenciatura EAD em Educação Especial é rápida e econômica.

Na maioria das faculdades que oferecem essa opção, o curso custa entre R$ 220 e R$ 300 mensais.

É um valor interessante frente aos benefícios de ter uma segunda formação de nível superior no currículo.

Os programas específicos de segunda licenciatura não contam com bolsas de estudos do ProUni, por exemplo. Quem quer estudar com desconto deve entrar em contato com a faculdade desejada e conferir as opções disponíveis.

O que se estuda na segunda licenciatura EAD em Educação Especial

Em geral, as segundas licenciaturas são bem objetivas. Veja abaixo alguns dos principais temas abordados na segunda licenciatura em Educação Especial EAD:

  • Distúrbios de Aprendizagem
  • Neurociências Aplicadas a Educação
  • Transtornos Globais do Desenvolvimento
  • Trabalho Pedagógico na Área de Surdo-Cegueira e
  • Deficiência Intelectual
  • Diversidade Linguística e Comunicação Alternativa
  • Letramento e Alfabetização
  • Transtornos Mentais
  • Educação do Deficiente Físico e do Múltiplo Deficiente
  • Aprendizagem e Metodologias em Relação aos Sujeitos com Altas Habilidades

Alternativas para quem não tem licenciatura e quer atuar com Educação Especial

Se você não tem licenciatura e quer fazer carreira na área de Educação Especial, terá de optar por um curso tradicional de graduação.

Essa opção, embora não esteja disponível num número muito grande de faculdades, é fácil de encontrar na modalidade EAD.

A diferença básica é que o curso aborda primeiramente os fundamentos gerais comuns a toda licenciatura: didática, metodologias, práticas pedagógicas, técnicas de ensino para, só então tratar dos temas pertinentes à Educação Especial (como os descritos no tópico acima).

O curso dura entre três e quatro anos, dependendo da faculdade. No EAD, pode ser encontrado em cerca de 20 faculdades.

Onde fazer a segunda licenciatura EAD em Educação Especial e cursos similares

Na verdade, a segunda licenciatura EAD em Educação Especial está disponível em poucas faculdades pelo Brasil. Dá para encontrá-la em instituições como a Unisanta, a Uniasselvi e o Instituto Logos.

Já o curso regular de licenciatura em Educação Especial EAD é bem mais fácil de encontrar.

Você pode estudar inclusive em grandes e reconhecidas faculdades, como é o caso da Cruzeiro do Sul Virtual (a distância) e da Universidade Cidade de São Paulo (UNICID), que têm polos de apoio espalhados por todo o país.

Uma alternativa para quem já cursou alguma licenciatura é tentar validar algumas matérias em comum com Educação Especial e, com isso, encurtar significativamente o tempo de estudos.

A graduação em Educação Especial custa praticamente o mesmo que a segunda licenciatura, com a vantagem de oferecer um número maior de bolsas de estudos.

Veja também:

Existe segunda licenciatura em Pedagogia EAD em 1 ano? Veja!

Vai fazer a segunda licenciatura em Educação Especial ou prefere a graduação completa? Conte para a gente nos comentários!

Mostrar ComentáriosFechar Comentários

Deixe um comentário