dcsimg

Saiba quanto sai uma faculdade de Medicina Veterinária

(0.0 de 0)

Sonha em fazer Medicina Veterinária? Veja quanto será preciso investir para cursar essa faculdade no Brasil!

Medicina Veterinária

Você sabia que o Brasil é recordista em número de médicos veterinários? Nosso país ocupa o primeiro lugar no ranking mundial, com mais de 105 mil profissionais em atividade!

Todo ano, cerca de 5 mil novos veterinários entram no mercado. Eles podem abrir suas próprias clínicas; trabalhar em fazendas; cuidar de animais exóticos, domésticos, selvagens, de grande porte, etc.; fiscalizar a fabricação, armazenamento e distribuição de produtos de origem animal; atuar no controle de doenças (zoonoses); trabalhar na indústria de medicamentos e muito mais.


De acordo com o Conselho Federal de Medicina Veterinária (CFMV), são 80 atividades reconhecidas, que vão de “alimentação em piscicultura” a “tosa e banho que usa medicamentos veterinários”, passando por “inspeção em laticínios” e “cirurgia em grandes animais”.

O curso de Medicina Veterinária só é oferecido na modalidade presencial e, em muitos casos, o campus fica em cidades do interior. São mais de 205 universidades autorizadas pelo Ministério da Educação (MEC) a oferecer o curso de Medicina Veterinária, um bacharelado que dura cinco anos, geralmente acontece em período integral e não está entre os mais baratos. Mais da metade das faculdades são privadas.

Veja a seguir quanto sai uma faculdade de Medicina Veterinária no Brasil!

 

Qual o valor médio da mensalidade de Medicina Veterinária?

Quem pretende estudar Medicina Veterinária deve preparar o bolso. As mensalidades começam em pouco mais de R$ 850 e podem ultrapassar os R$ 3.000. Na média, custam em torno de R$ 1.500 por mês, sem contar despesas adicionais.

Conheça algumas faculdades de Medicina Veterinária reconhecidas pelo MEC em diferentes faixas de preço:

 

Faculdades de Medicina Veterinária entre R$ 800 e R$ 1.300

Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA) – Dourados (MS), Leme (SP) 

Centro de Estudos Superiores de Maceió (CESMAC) – Maceió (AL)

Centro Universitário de Desenvolvimento do Centro-Oeste (UNIDESC) – Luziânia (GO)

Escola Superior Batista do Amazonas (ESBAM) – Manaus (AM)

Faculdade de Castelo (FACASTELO) – Castelo (ES)

Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde (FACISA) – Viçosa (MG)

Faculdade de Ciências Biológicas e da Saúde de União da Vitória (UNIGUAÇU) – União da Vitória (PR)

Faculdade de Itapiranga (SEI/FAI) – Itapiranga (SC)

Faculdades Integradas do Tapajós (ISES) – Tapajós (PA)

Universidade Iguaçu (UNIG) – Itaperuna (RJ)

 

Faculdades de Medicina Veterinária entre R$ 1.301 e R$ 1.800

Universidade Norte do Paraná (UNOPAR) – Arapongas (PR) 

Centro Universitário de Barra Mansa (UBM) – Barra Mansa (RJ)

Centro Universitário de Itajubá (UNIVERSITAS) – Itajubá (MG)

Centro Universitário Luterano de Ji-Paraná (CEULJI/ULBRA) – Ji-Paraná (RO)

Centro Universitário Monte Serrat (UNIMONTE) – Santos (SP)

Faculdade Católica do Tocantins (FACTO) – Palmas (TO)

Faculdade Maurício de Nassau (FMN) – Recife (PE)

Pontifícia Universidade Católica de Minas Gerais (PUC Minas) – Poços de Caldas (MG)

Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) – Campo Grande (MS)

Universidade de Santo Amaro (UNISA) – São Paulo (SP)

 

Faculdades de Medicina Veterinária entre R$ 1.801 e R$ 2.300

Universidade Cruzeiro do Sul (UNICSUL) – São Paulo (SP) 

Faculdades Integradas Aparício Carvalho (FIMCA) – Porto Velho (RO)

Faculdades Integradas da Upis (UPIS) – Brasília (DF)

Faculdades Unidas do Vale do Araguaia (UNIVAR) – Barra do Garças (MT)

Instituto Superior de Teologia Aplicada (INTA) – Sobral (CE)

Universidade de Passo Fundo (UPF) – Passo Fundo (RS)

Universidade de Uberaba (UNIUBE) – Uberaba (MG)

Universidade Paranaense (UNIPAR) – Umuarama (PR)

Universidade Potiguar (UNP) – Natal (RN)

 

Faculdades de Medicina Veterinária acima de R$ 2.300

Faculdade Assis Gurgacz (FAG) – Cascavel (PR)

Faculdade de Ciências Agrárias e da Saúde (FAS) – Lauro de Freitas (BA)

Faculdade de Estudos Superiores de Minas Gerais (FEAD) – Belo Horizonte (MG)

Faculdades Integradas Unicesp (FACICESP) – Brasília (DF)

Pontifícia Universidade Católica do Paraná (PUCPR) – São José dos Pinhais (PR)

Universidade Anhembi Morumbi (UAM) – São Paulo (SP)

Universidade de Cuiabá (UNIC) – Cuiabá (MT)

Universidade Luterana do Brasil (ULBRA) – Canoas (RS)

Universidade Metodista de São Paulo (UMESP) – São Bernardo do Campo (SP)

 

Custos extras da faculdade de Medicina Veterinária

Você já sabe quanto custa a mensalidade e também está ciente de que são cinco anos de dedicação integral, ou seja, fica complicado trabalhar para aliviar o bolso.

Outro item que você precisa colocar em seu planejamento financeiro para estudar Medicina Veterinária é a moradia. Muitas faculdades ficam em cidades mais afastadas, exigindo que o aluno se mude para morar mais perto do local onde vai frequentar as aulas.

Coloque essa despesa na ponta do lápis: aluguel, IPTU, internet, mudança, condomínio, etc.

Lembre-se também de verificar junto à faculdade quais equipamentos e materiais você vai precisar adquirir ao longo do curso.

Gastos corriqueiros, como transporte e alimentação, não podem ficar de fora do seu cálculo.

 

Como fazer faculdade de Medicina Veterinária gastando menos

Se as mensalidades de Medicina Veterinária estão fora do seu alcance, não desista. Não é porque o bolso apertou que você deve abandonar a carreira dos sonhos!

Além, obviamente, de disputar uma vaga em universidades públicas, você pode concorrer a bolsas de estudos e financiamentos do Governo Federal, ou recorrer a créditos estudantis privados e descontos das próprias faculdades.

Veja algumas opções para fazer Medicina Veterinária pagando menos:

ProUni: iniciativa do Governo Federal distribui bolsas de estudos integrais e parciais a pessoas de baixa renda que ainda não têm diploma de nível superior. Para participar do processo seletivo é obrigatório se encaixar em requisitos de renda familiar e escolaridade, ter feito o Enem mais recente e apresentar o desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota acima de zero na redação. A inscrição é gratuita e acontece duas vezes por ano.

FIES: programa de financiamento estudantil do Governo Federal. O aluno só começa a pagar a dívida depois de formado, a juros baixos e com prazo longo. Também é direcionado a pessoas de baixa renda e usa a nota do Enem como critério de seleção. Para concorrer é obrigatório ter feito qualquer edição do exame a partir de 2010, com pelo menos 450 pontos na média das provas e nota maior que zero na redação. As inscrições são gratuitas e abrem duas vezes por ano, logo após a divulgação do resultado do ProUni.

Bolsas e financiamentos privados: várias faculdades privadas têm convênios com bolsas estudantis e créditos privados. Algumas, inclusive, oferecem seus próprios programas de financiamento ou parcelamento. Outras dão bolsas de até 100% para quem vai bem no vestibular. Informe-se na instituição do seu interesse.

Descontos: quem paga a mensalidade em dia pode conseguir um abatimento de até 20% no boleto, uma economia e tanto ao longo dos cinco anos de Veterinária. Descontos para quem tem algum familiar estudando na mesma faculdade ou é funcionário de empresa conveniada também são bastante comuns.

 

Veja também:

Os cursos que são e os que não são oferecidos a distância

 

Vai estudar Medicina Veterinária? Conseguiu fazer as contas de quanto vai sair? Conte para a gente aqui nos comentários!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro

-

Novidades sobre EAD

Cadastre-se para receber nossa newsletter e acompanhe as últimas notícias sobre EAD:

}, 7000);