dcsimg

Saiba como fazer a inscrição do ProUni 2020

(0.0 de 0)

Veja aqui como fazer a inscrição do ProUni 2020 para concorrer a uma bolsa de estudos!

O ProUni é um programa criado pelo governo federal que oferece bolsas de estudos integrais e parciais aos brasileiros sem diploma de nível superior em instituições privadas bem avaliadas pelo MEC.

Quer saber como se inscrever no ProUni 2020 para aproveitar essa oportunidade? Vamos tirar suas dúvidas logo logo.

Veja ainda quais são os requisitos para participar do programa e conheça uma alternativa para conseguir bolsa de estudos diretamente com as faculdades particulares.

Como fazer a inscrição no ProUni 2020?

As inscrições para o ProUni 2020 devem ser feitas pela internet, na página oficial do ProUni, de 30 de janeiro a 2 de fevereiro de 2020. Essa é uma data estimada, já que o MEC ainda não divulgou o cronograma oficial do programa para 2020.

Também é provável que ocorra uma segunda edição do ProUni no segundo semestre de 2020, pois geralmente são realizadas duas edições a cada ano, uma em cada semestre. As inscrições para o ProUni do segundo semestre de 2020 devem abrir em junho.

Veja o passo a passo de como se inscrever no ProUni 2020:

  • Acesse a página oficial do ProUni e clique em “Fazer a inscrição”.
  • Informe seu CPF, número de inscrição e senha do Enem 2019.
  • Confira e atualize seus dados, caso necessário.
  • Responda ao questionário socioeconômico.
  • Escolha até duas opções de curso.
  • Verifique se todas as informações estão corretas e confirme sua inscrição.

Lembrando que é importante preencher o questionário socioeconômico com atenção ao se inscrever no ProUni, pois as informações prestadas terão que ser confirmadas posteriormente para o candidato receber a bolsa de estudos.

Quem pode participar do ProUni 2020?

Para se inscrever no ProUni 2020, é preciso ter feito o Enem 2019 e ter alcançado nota média igual ou superior a 450 pontos. Também é exigida nota acima de zero na redação. 

A nota média do Enem é calculada somando-se as notas de cada uma das cinco provas que compõem o exame e dividindo o resultado por cinco.

Além desses pré-requisitos de inscrição, é necessário se enquadrar nas condições e limites de renda do programa para ter direito às bolsas.

Condições 

É preciso atender a pelo menos um dos requisitos abaixo para ter direito às bolsas do ProUni:

  • Ter cursado o ensino médio integralmente em escola pública ou com bolsa de 100% em escola particular (ou parte em escola pública e parte como bolsista integral em escola privada).
  • Ser professor em exercício da rede pública na educação básica. Nesse caso, o candidato só pode concorrer a bolsas em cursos de licenciatura e os limites de renda não se aplicam.
  • Ser pessoa com deficiência.

Lembrando que pessoas que já possuem diploma de graduação não podem participar do programa.

Limites de renda familiar bruta mensal por pessoa

Além dos pré-requisitos listados anteriormente, o candidato também precisa se enquadrar a um limite de renda que varia de acordo com a bolsa pretendida. Confira:

  • Bolsas integrais (100%): até um salário mínimo e meio.
  • Bolsas parciais (50%): até três salários mínimos.

Quais são as notas de corte do ProUni 2020?

No ProUni, os candidatos são selecionados para receber as bolsas de acordo com a nota do Enem. Assim, cada curso exige que o candidato tenha alcançado uma nota mínima no Enem, a chamada nota de corte, que pode variar de 450 a 830 pontos, em média.

Confira as notas de corte estimadas para alguns cursos no ProUni 2020:

  • Administração: 450 a 715 pontos
  • Arquitetura e Urbanismo: 460 a 750 pontos
  • Ciências Contábeis: 450 a 700 pontos
  • Direito: 460 a 740 pontos
  • Educação Física: 450 a 700 pontos
  • Enfermagem: 450 a 705 pontos
  • Engenharia Civil: 460 a 750 pontos
  • Fisioterapia: 460 a 710 pontos
  • Jornalismo: 470 a 725 pontos
  • Medicina: 710 a 830 pontos
  • Odontologia: 460 a 720 pontos
  • Pedagogia: 450 a 750 pontos
  • Psicologia: 490 a 711 pontos

As notas de corte para um mesmo curso variam conforme a instituição, modalidade de ensino (presencial ou a distância) e tipo de vaga (ampla concorrência ou cotas).

O que fazer se não conseguir uma bolsa do ProUni?

Uma alternativa para aproveitar a nota do Enem 2019 e conseguir uma bolsa de estudos diretamente com a faculdade é o chamado ingresso direto.

Ingresso direto é quando o candidato usa a nota do Enem para entrar em uma faculdade particular, sem precisar fazer o vestibular interno. 

Várias faculdades oferecem bolsas de estudos de até 100% e descontos especiais para quem opta por essa modalidade de seleção, tanto em cursos presenciais quanto a distância.

O processo para conseguir uma bolsa direto com a faculdade é bem mais simples e rápido que pelo ProUni, já que não há a necessidade de comprovar critérios socioeconômicos para garantir a vaga.

Geralmente, a nota mínima do Enem necessária para ser aprovado na maioria dos cursos e conseguir uma bolsa fica em torno de 300 pontos (sem ter zerado na redação). 

Quer saber onde usar sua nota do Enem para conseguir uma bolsa de estudos? Preparamos uma pequena lista de faculdades bem avaliadas pelo MEC. Essas instituições também costumam participar do ProUni:

Veja também:

Descubra como funcionam as cotas do ProUni

Conheça as faculdades a distância que aceitam o ProUni

Depois de saber como se inscrever no ProUni 2020 e conhecer outra forma de usar sua nota do Enem para conseguir uma bolsa de estudos, conte para a gente nos comentários: qual faculdade você quer fazer?

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro

RPD - Site Status Check OK