dcsimg

Faculdades a distância que aceitam o Enem

(0.0 de 0)

Veja como usar o Enem para entrar na faculdade EAD e as principais instituições reconhecidas pelo MEC que aceitam a nota do Exame!

O Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) acontece uma vez por ano, conta com a participação de milhões de estudantes e já é considerado o maior vestibular do País.

Este título não é à toa, pois quem participa do Enem pode utilizar a nota que obteve nas provas para entrar em universidades públicas e privadas de todas as regiões do Brasil, conseguir bolsas de estudo ou até um financiamento estudantil.

Além de participar de programas do Governo Federal voltados para a educação, quem faz o Enem pode conseguir descontos especiais ou vantagens ao fazer a matrícula em universidades privadas.

Se você está pensando em fazer uma faculdade a distância, saiba quais são as instituições que aceitam o Enem e como utilizar sua nota para conseguir uma vaga em um curso superior EAD.

Como usar o Enem para conseguir vaga em uma faculdade a distância

Existem maneiras diferentes de utilizar a nota do Enem para conseguir uma vaga na tão sonhada faculdade.

No caso dos cursos EAD, as opções são:

1. Entrar em uma faculdade particular apenas com a nota do Enem

Muitas universidades particulares aceitam a nota do Enem como forma de ingresso direto para cursos EAD. Ou seja, basta o aluno ir até a universidade e apresentar a nota obtida no Exame. Caso tenha a pontuação mínima exigida, poderá fazer a matrícula no curso desejado sem ter que fazer vestibular ou qualquer outro processo seletivo.

Cada instituição define quantas vagas serão preenchidas com a nota do Enem, para quais cursos e as regras de como isso irá acontecer. Algumas faculdades determinam uma pontuação mínima para ingresso.

Para saber mais detalhes, verifique o edital de seleção da faculdade a distância que você pretende se matricular.

2. Conseguir uma bolsa de estudo em faculdade a distância

As faculdades a distância podem disponibilizar vagas pelo Programa Universidade para Todos (ProUni) do Governo Federal, que concede bolsas de estudo a estudantes de baixa renda. As bolsas são de dois tipos:

  • Bolsa Integral (100%) – o aluno não precisa pagar nenhuma mensalidade do curso. Pode concorrer a esta bolsa quem tiver renda familiar bruta mensal de até um salário mínimo e meio por pessoa.
  • Bolsa Parcial (50%) – o governo paga metade do valor da faculdade e a outra metade é de responsabilidade do aluno. Pode concorrer a este tipo de bolsa quem tiver renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

Para participar do processo seletivo regular do ProUni, é obrigatório ter feito a última edição do Enem, com desempenho de pelo menos 450 pontos na média das provas e nota maior que zero na redação. Além disso, o candidato não pode ter diploma de curso superior e precisa atender a pelo menos um dos seguintes critérios:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola pública.
  • Ter cursado o ensino médio completo em escola particular na condição de bolsista integral.
  • Ter cursado parte do ensino médio em escola pública e parte em escola particular na condição de bolsista integral.
  • Ser pessoa com deficiência.
  • Ser professor da rede pública de ensino, integrante do quadro permanente de pessoal da instituição e concorrer a bolsas exclusivamente para cursos de licenciatura. Neste caso, não é necessário comprovar renda.

O ProUni abre inscrições duas vezes ao ano, no início de cada semestre. O processo de seleção é totalmente informatizado e feito somente pela internet. Os candidatos acessam o site e podem visualizar as vagas disponíveis para todas as faculdades que participam do programa, presenciais e a distância.

O candidato escolhe o curso e em qual universidade deseja a bolsa. A disputa é por um mesmo curso, turno, faculdade e modalidade de concorrência (cotas ou não). Aqueles que tiverem o melhor desempenho no Enem serão classificados. Portanto, quanto maior for sua nota, maiores são suas chances de conseguir uma bolsa de estudo.

Após o término deste processo de seleção regular, o ProUni abre um novo processo seletivo para preenchimento das bolsas remanescentes. Neste caso, o programa aceita candidatos que tenham feito o Enem de anos anteriores, a partir de 2010.

3. Conseguir descontos especiais em faculdades a distância

As vantagens oferecidas aos participantes do Enem vão além dos programas do governo. Além de conseguir entrar em uma faculdade a distância sem precisar de vestibular, algumas instituições oferecem ainda desconto nas mensalidades do curso.

As regras de cada promoção variam bastante de uma universidade para a outra. É preciso consultar o edital da faculdade que você deseja se matricular. De modo geral, as universidades aceitam a nota do Enem a partir da edição de 2010.

Faculdades EAD que aceitam o Enem

No caso do ProUni, no momento da inscrição os candidatos podem consultar todas as faculdades que oferecem bolsas em cursos EAD. A cada nova edição do programa, a lista de cursos e faculdades participantes pode sofrer alterações. Portanto, não é possível saber antecipadamente quais serão as faculdades que participarão do ProUni.

No caso das faculdades que oferecem vantagens aos participantes do Enem, é preciso verificar em cada uma delas quais são os benefícios e as regras para obtê-los. Geralmente no site da instituição é possível tirar estas dúvidas.

Confira algumas faculdades a distância reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que oferecem descontos e costumam aceitar o Enem para ProUni ou ingresso direto:

Faculdades que duram menos tempo

Você pretende usar a nota do Enem para entrar em uma faculdade a distância? Conte para a gente aqui nos comentários!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro

-

Novidades sobre EAD

Cadastre-se para receber nossa newsletter e acompanhe as últimas notícias sobre EAD:

}, 7000);