dcsimg

Conheça o curso de Economia a distância da Estácio

(0.0 de 0)

Uma das maiores redes de ensino superior do país, a Estácio investe pesado no Ensino a Distância (EAD). Confira agora a situação do curso de Economia!

Conheça o curso de Economia a distância da Estácio

Se você chegou aqui buscando o curso de Economia a distância da Universidade Estácio de Sá (UNESA), temos uma notícia não muito boa: ele não está disponível. Mas não desanime! Vamos trazer informações e opções que certamente vão atender às suas necessidades!

Caso sua preferência seja mesmo a Estácio, a faculdade oferece a graduação em Economia – ou Ciências Econômicas – na modalidade presencial em algumas cidades.

Mas se a sua escolha é estudar a distância, outras boas faculdades credenciadas pelo Ministério da Educação (MEC) oferecem o curso de Economia na modalidade EAD. Aqui você vai saber de tudo!

Descubra agora mesmo onde a Estácio oferece Economia no formato presencial, como é o curso, onde há a opção de fazer essa carreira a distância e como ela funciona.

 

Onde fazer Economia presencial na Estácio?

O curso de Economia da Estácio conta com avaliação positiva do MEC, o que garante a validade e reconhecimento do diploma em todo o território nacional.

A graduação está disponível em duas unidades:

  • Rio de Janeiro (RJ): Unidade Centro I, Avenida Presidente Vargas.

  • São Paulo (SP): Unidade Conceição, Rua Engenheiro Armando de Arruda Pereira.

O economista formado pela Estácio sai do curso com uma visão abrangente de sua atividade, podendo atuar no mercado financeiro e de capitais, no comércio exterior, como consultor em empresas públicas e privadas ou ainda no meio acadêmico, como pesquisador ou professor universitário.

 

O que se estuda no curso de Economia da Estácio?

O bacharelado em Economia da Estácio está dividido em quatro anos – oito semestres. Além de um consistente conteúdo teórico, o curso estimula o saber prático, desenvolvido principalmente no Laboratório de Práticas de Gestão da universidade.

O objetivo é fazer com que o estudante domine todos os fundamentos econômicos de mercados nacionais e globais, para que possa reconhecer, analisar e solucionar questões de economia nas mais diversas situações e considerando um grande número de variáveis macro e microeconômicas.

Veja algumas das matérias que você vai encontrar ao longo do curso:

  • Administração Financeira
  • Análise das Demonstrações Financeiras
  • Contabilidade de Custos
  • Contabilidade Social
  • Direito Ambiental
  • Economia das Instituições
  • Economia de Empresas
  • Economia Internacional
  • Economia do Setor Público
  • Economia Monetária
  • Economia e Mercado de Trabalho
  • Estatística Aplicada
  • Fundamentos das Ciências Sociais
  • Fundamentos de Economia
  • Gestão Atuarial
  • Gestão de Riscos Financeiros
  • Introdução ao Cálculo Diferencial
  • Macroeconomia
  • Matemática Financeira
  • Mercado Financeiro
  • Microeconomia
  • Orçamento Empresarial
  • Orçamento Público
  • Sistema Financeiro Internacional

No final da graduação, a grade curricular abre espaço para a elaboração do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC), que deverá ser apresentado a uma banca de professores.

Faculdades autorizadas pelo MEC a oferecer Economia a distância

Até aqui falamos do curso presencial da Estácio, mas talvez o que você queira mesmo saber é onde fazer Economia a distância.

Então, selecionamos para você algumas faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que oferecem o curso de Economia na modalidade a distância:

Pesquisando essas instituições, você vai ver que é possível fazer Economia em várias cidades de muitos estados do país, com todas as vantagens que o ensino a distância oferece.

Como funciona o curso de Economia a distância?

Ao se matricular no curso, você recebe a senha para acessar uma plataforma que funciona como um verdadeiro campus virtual, com salas de aula online, áudios, vídeos, os textos de cada disciplina e seus respectivos exercícios.

Tudo é super organizado, para transmitir com eficiência todas as informações do curso. Um cronograma de atividades ajuda a estabelecer as prioridades de cada semana. E, em caso de qualquer dúvida, é só entrar em contato os professores, tutores ou os colegas de turma por meio de e-mails, chats e fóruns de discussão.

As aulas são gravadas e publicadas na plataforma, para que você as assista quantas vezes desejar. Há ainda as aulas transmitidas ao vivo, em tempo real, a partir de uma das unidades de sua faculdade.

Já imaginou todas as vantagens de estudar assim? Primeiro, o conforto de estar em sua casa. Depois, a praticidade de poder administrar seus próprios horários e conciliar trabalho, vida familiar e estudos. E, por último, a economia com alimentação e transporte – além da própria mensalidade, que em geral é mais barata nos cursos EAD.

Mas a graduação em Economia a distância também tem uma parte presencial. Para ser mais exato, todo curso superior EAD no Brasil precisa oferecer atividades presenciais, em uma quantidade mínima de 20% do total da carga horária. Isso é uma exigência do MEC e está estabelecido por lei.

A parte presencial acontece em um polo de apoio. Os polos contêm tudo o que você precisa para acompanhar as atividades presenciais do curso de Economia: biblioteca, laboratórios de informática e algumas salas de aula, reuniões e apresentação de trabalhos.

Por último, uma informação que pode ser decisiva na sua escolha: além dos cursos de Economia a distância terem conteúdos equivalentes aos presenciais, o diploma tem a mesma validade.

Então, se a faculdade é reconhecida pelo MEC, está tudo certo. Pode ir fundo na graduação a distância!

Veja também:

Veja as 5 faculdades online com menores mensalidades

Ficou decepcionado porque não há Economia EAD na Estácio ou se animou com as outras possibilidades que comentamos? Conte para a gente aqui!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro

-

Novidades sobre EAD

Cadastre-se para receber nossa newsletter e acompanhe as últimas notícias sobre EAD:

}, 7000);