dcsimg

Tem ProUni para curso a distância?

(0.0 de 0)

Descubra se é possível conseguir uma bolsa do Programa Universidade para Todos em cursos a distância!

Tem ProUni para curso a distância?

Fazer um curso a distância é ideal para quem precisa conciliar trabalho e estudos ou mora longe das cidades que concentram as melhores universidades. Em alguns casos, o Ensino a Distância (EAD) se torna a única opção para frequentar uma faculdade.

A grande maioria dos cursos de graduação a distância é oferecida por instituições particulares. Se você pretende estudar pela internet e busca alternativas financeiras para fazer uma faculdade, a bolsa do ProUni pode ser uma excelente opção.

O Programa Universidade para Todos (ProUni) distribui bolsas integrais e parciais em universidades particulares para alunos de baixa renda. As vagas são para cursos de diferentes áreas do conhecimento e para todas regiões do País, além de contemplarem tanto as graduações presenciais como as oferecidas a distância.

Segundo dados divulgados pelo Ministério da Educação (MEC), 15% de todos os bolsistas contemplados pelo ProUni estão matriculados em cursos EAD.

Entenda como funciona o ProUni para cursos a distância e saiba como conseguir uma bolsa de estudos pelo programa!

 

Como funciona o ProUni para cursos a distância?

O ProUni seleciona candidatos através da nota obtida no Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Ou seja, participar do Enem é requisito obrigatório para se inscrever no programa de bolsas.

O processo seletivo é totalmente informatizado e acontece duas vezes ao ano, para ingresso no primeiro e no segundo semestre. No portal do ProUni, durante o período de inscrições, é possível consultar as vagas disponíveis em todas as universidades participantes e saber se o curso é do tipo bacharelado, licenciatura ou tecnológico e se é oferecido na modalidade presencial ou a distância.

 

Quem pode se inscrever no ProUni?    

As bolsas do ProUni são concedidas a estudantes de baixa renda que participaram do Enem e não tenham diploma de nível superior. Para se candidatar a uma bolsa integral (que cobre 100% da mensalidade), é preciso ter renda familiar bruta de até um salário mínimo e meio por pessoa.

Para concorrer a uma bolsa parcial (50% da mensalidade), a exigência é ter renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa.

Além de comprovar renda, o aluno precisa atender a um dos requisitos abaixo:

  • Ter cursado o ensino médio completo em escola pública.
  • Ter cursado o ensino médio completo em escola particular na condição de bolsista integral.
  • Ter cursado parte do ensino médio em escola pública e parte em escola particular na condição de bolsista integral.
  • Ser pessoa com deficiência.
  • Ser professor da rede pública de ensino, integrante permanente do quadro de pessoal, e concorrer a uma bolsa exclusivamente para cursos de licenciatura. Apenas neste caso não será considerado o requisito de renda.

 

Que nota preciso tirar no Enem para me inscrever no ProUni?

Para concorrer a uma vaga pelo ProUni é preciso atingir no mínimo 450 pontos na média das provas objetivas (Linguagens e Códigos, Matemática, Ciências da Natureza, Ciências Humanas e Redação) e nota superior a zero na redação.

Mas atenção! No processo regular de seleção de bolsistas somente são aceitas as notas da última edição do Enem. Ou seja, para concorrer a uma vaga em 2016, por exemplo, o aluno precisa ter feito o Enem em 2015.

 

Fiz o Enem há mais de um ano. Posso tentar uma bolsa do ProUni para curso EAD?

Sim! Depois de encerrado o processo regular de seleção de bolsistas, o ProUni abre novas inscrições para distribuir as vagas que eventualmente não tenham sido preenchidas nesta primeira etapa – são as chamadas bolsas remanescentes.

Para este novo processo seletivo ainda valem os requisitos de renda e a pontuação mínima no Enem. A diferença é que são aceitas as notas de edições do Enem de anos anteriores (a partir de 2010). Portanto, se você fez o Exame alguns anos atrás e obteve uma boa nota fique atento aos prazos de inscrição das bolsas remanescentes.

A boa notícia é que, se você está determinado a fazer uma faculdade a distância, suas chances de conseguir uma bolsa pelo ProUni são muito boas, mesmo com uma pontuação no Enem próxima ao mínimo exigido.

De modo geral, as vagas para cursos a distância são menos procuradas do que as destinadas aos presenciais. Isto faz com que muitas vagas para cursos EAD acabem sendo disponibilizadas no processo seletivo das bolsas remanescentes.

 

Universidades que participam do ProUni

A cada nova edição do ProUni, o número de vagas e a lista de cursos e universidades participantes podem mudar.

Para que uma instituição de ensino disponibilize vagas em uma graduação EAD é preciso que o curso seja reconhecido e tenha uma boa avaliação pelo Ministério da Educação (MEC). Ou seja: ao se candidatar a uma bolsa do ProUni para curso a distância você tem a garantia de que seu diploma terá validade e boa aceitação no mercado!

Confira algumas universidades credenciadas pelo MEC que costumam oferecer vagas em cursos EAD pelo ProUni:

 

Veja também:

Conheça as 15 faculdades a distância mais baratas do Brasil

Gostou de saber que é possível conseguir bolsa para cursos EAD? Conte para a gente se você vai tentar uma vaga pelo ProUni!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro

-

Novidades sobre EAD

Cadastre-se para receber nossa newsletter e acompanhe as últimas notícias sobre EAD:

}, 7000);