dcsimg

Técnico em Segurança no Trabalho EAD: Como é e onde fazer?

(0.0 de 0)

Saiba como entrar numa das áreas mais promissoras do mercado brasileiro fazendo o curso em Segurança do Trabalho a distância!

Técnico em Segurança no Trabalho EAD: Como é e onde fazer?

Segurança no Trabalho tornou-se, de uns anos para cá, uma área de importância estratégica, especialmente em empresas de grande porte.

O afastamento de funcionários por doenças laborais ou acidentes custa caro e pode comprometer a competitividade da empresa no mercado.

Para evitar esse cenário, profissionais com foco em Segurança no Trabalho ganharam um bocado de espaço ultimamente.

Fácil de encontrar, o curso de Segurança no Trabalho tem diversos níveis de formação, é rápido, focado nas demandas das empresas contratantes e pode ser feito a distância!

A seguir, descubra tudo sobre o técnico em Segurança no Trabalho EAD: como é, quanto custa e onde estudar!

O técnico em Segurança no Trabalho EAD

O curso técnico em Segurança no Trabalho tem duração aproximada de um ano e meio e pode ser encontrado com facilidade em centros de formação profissional e escolas técnicas.

Também está à disposição em algumas faculdades que oferecem cursos técnicos.

Dá pra fazer o curso quase totalmente a distância, utilizando, para isso, um ambiente virtual de aprendizagem que é fornecido pela própria instituição. O curso conta com acompanhamento de professores e tutores e, ao final, o estudante obtém o seu certificado. Depois disso, já pode procurar emprego na área, em diversos setores.

A formação prepara o profissional para observar se a empresa segue normas e padrões de segurança, tomar medidas que evitam o desenvolvimento de doenças laborais em curto, médio e longo prazo, elaborar projetos de conscientização e divulgação de boas práticas, participar de treinamentos, fazer fiscalização de equipamentos e muito mais.

Os maiores empregadores do técnico em Segurança no Trabalho são organizações de grande e médio porte, como indústrias, mineradoras, empreiteiras, agronegócio, etc.

Também dá para conseguir trabalho em consultorias especializadas e agências de fiscalização.

É uma profissão cheia de possibilidades, mas que é especialmente promissora para quem tem uma formação superior na área.

Já chegou pensou nessa possibilidade? Com pouco mais de esforço é possível aumentar muito as chances de crescimento na carreira. Veja a seguir!

Curso superior em Segurança no Trabalho EAD

O curso superior de Segurança no Trabalho é um pouco mais longo que o técnico, mas vale a pena: além de um diploma valorizado no mercado de trabalho, os profissionais com diploma de nível superior têm maiores chances de alcançar melhores salários.

Para assumir mais responsabilidades em cargos mais altos, claramente as empresas dão prioridade a contratar profissionais com conhecimento mais aprofundado. Isso faz toda diferença em áreas muito sensíveis, como é o caso de Segurança no Trabalho.

O curso exige um pouco mais de esforço por parte dos estudantes, mais não tanto assim. A duração aproximada é de três anos, com possibilidade de estudar a distância e adquirir um diploma formalmente reconhecido em todo o Brasil.

Com o documento em mãos, além de mais chances de ganhar a disputa por uma vaga de emprego, os profissionais ainda podem prestar concursos públicos de nível superior e investir em pós-graduações.

O curso de Segurança no Trabalho a distância pode ser encontrado em 14 faculdades pelo Brasil – praticamente todas na rede privada de ensino.

Seu funcionamento é bastante simples: o estudante faz uma parte do curso por meio das plataformas on-line e a outra parte presencialmente, nos polos de apoio da faculdade escolhida. Esses encontros têm o objetivo de preparar o profissional para a parte prática do trabalho, aplicar provas, desenvolver trabalhos ou promover integração entre os estudantes.

Outro ponto bastante positivo do curso superior em Segurança no Trabalho EAD é que o candidato pode tentar a vaga por meio do ProUni, programa do governo federal que distribui bolsas de estudos em curso de todas as áreas em faculdades privadas de qualidade.

Para tentar uma delas é preciso ter feito o Enem mais recente e cumprir todos os critérios de renda, formação escolar e desempenho nas provas exigidos pelo MEC.

Como o curso não está entre os mais disputados, especialmente na modalidade a distância, há mais chances de conseguir uma vaga sem precisar apresentar uma baita nota nas provas.

Com a bolsa do ProUni dá pra estudar de graça ou pagar somente metade do valor das mensalidades.

Se não rolar bolsa, não se preocupe: Segurança no Trabalho EAD é bastante acessível, com mensalidades a partir de R$ 260.

Onde fazer o curso de Segurança no Trabalho EAD

Como a gente já assinalou acima, o curso de Segurança no Trabalho EAD de pode ser encontrado pouco mais de uma dezena de faculdades por todo o Brasil.

Mas quem souber escolher uma instituição de qualidade sairá na frente da disputa por um posto no mercado de trabalho

Isso é muito fácil: basta garantir que o curso oferecido é reconhecido formalmente pelo MEC e obteve uma boa avaliação geral, com pelo menos nota 3 em todos os quesitos (de preferência acima disso, 4 ou 5 pontos).

Abaixo, a gente escolheu algumas faculdades que oferecem o curso de Segurança no Trabalho na modalidade a distância para que você possa incluí-las no seu radar:

Veja também:

Descubra como entrar na faculdade EAD sem fazer vestibular

E aí, o que achou dos cursos de tecnólogo e técnico em Segurança no Trabalho EAD? Conte para a gente nos comentários!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro

RPD - Site Status Check OK