dcsimg

Descubra tudo sobre o curso de Radiologia a distância

(0.0 de 0)

Entenda como é o curso de Radiologia EAD, o que se estuda e onde estudar para chegar com tudo nessa carreira que está em alta!

Descubra tudo sobre o curso de Radiologia a distância

O Radiologista é um profissional imprescindível no setor de saúde: médicos, dentistas e veterinários precisam do seu trabalho para diagnosticar os problemas de seus pacientes e prestar um bom atendimento.

Para se formar na área, existem duas opções: os cursos técnicos e os de tecnólogo. Apesar de terem nomes muito semelhantes, eles preparam profissionais com perfis diferentes. Os dois tipos de formação estão disponíveis na modalidade a distância (EAD)

Descubra agora mesmo quais são as diferenças entre o curso técnico e o de tecnólogo em Radiologia a distância, o que se estuda e quais são as melhores faculdades para turbinar sua carreira!

 

Tipos de formação em Radiologia a distância

Para começar, você tem que saber qual a diferença entre os dois tipos de curso de Radiologia. Os nomes – técnico e tecnológico – são parecidos e é fácil fazer confusão.

A diferença básica é que os cursos técnicos são de nível médio, enquanto os tecnólogos são de nível superior. Explicamos melhor o que fazem os profissionais formados em cada um desses cursos:

  • Técnico em Radiologia: esse profissional fez um curso técnico, que costuma ter dois anos de duração. Academicamente falando, ele tem nível médio, e não universitário. O técnico pode operar as máquinas de radiologia, analisar as imagens e fazer a manutenção geral das salas de atendimento e aplicação.
  • Tecnólogo em Radiologia: o tecnólogo é formado por um curso superior de tecnologia, de nível universitário, que dura em média três anos. Tem conhecimentos mais aprofundados do que os do técnico. As funções são semelhantes, mas o tecnólogo pode também chefiar equipes e executar tarefas de maior responsabilidade. Consequentemente, tem a chance de alcançar salários maiores.

É possível encontrar esses dois tipos de curso na modalidade de Ensino a Distância (EAD). Neste artigo, daremos ênfase ao tecnólogo em Radiologia.

É importante verificar, antes de mais nada, se o curso é reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC). Só assim o diploma terá validade em todo o território nacional. Aliás, outra informação super importante: o diploma de um curso a distância reconhecido pelo MEC vale tanto quanto o presencial.

 

Como é o curso de tecnólogo em Radiologia a distância

Como você já deve saber, estudar Radiologia a distância significa que não é preciso frequentar a faculdade para assistir as aulas em horários fixos, de segunda a sexta-feira. Você pode acompanhar grande parte do curso em sua casa ou de onde quiser – é necessário, claro, ter conexão à internet.

A maior parte do curso acontece em de um ambiente virtual especialmente preparado para facilitar o acompanhamento das disciplinas. Nele, estão todos os textos, os exercícios, áudios e vídeos, além das aulas, que podem ser gravadas ou transmitidas ao vivo.

Todas as atividades estão organizadas por cronogramas semanais. Assim, o aluno, mesmo a distância, não se perde em meio a toda a informação. Para interagir com os professores, tutores e colegas de turma, há várias ferramentas de comunicação, como chats e e-mail. É comum também que cada disciplina abra fóruns de discussão sobre assuntos específicos. A participação ativa nos fóruns costuma contar pontos na avaliação de cada matéria.

Mas também existe vida fora do ambiente virtual. O curso de Radiologia a distância prevê tarefas presenciais. Por exemplo: as provas de final de semestre de cada disciplina são feitas no polo de apoio, que oferece uma estrutura básica para receber os alunos.

As aulas práticas e de laboratório também são realizadas no polo de apoio. O espaço fica à disposição ainda para reuniões com os tutores, utilização da biblioteca e apresentação de trabalhos.

 

Grade curricular do curso de tecnólogo em Radiologia a distância

Embora os cursos superiores tecnológicos tenham um caráter prático e objetivo, o caso específico da Radiologia é um pouco diferente. A carga teórica nos primeiros semestres é forte, com muitas matérias da área da Saúde, como Bioquímica, Psicologia, Microbiologia e Farmacologia.

Depois, a prática vai ganhando espaço e vêm as matérias relacionadas diretamente às aplicações e aos aparelhos utilizados pelo radiologista, como os de Mamografia, Processamento de Imagem e Tomografia Computadorizada, além da série de disciplinas sobre as técnicas radiológicas das diversas regiões do corpo, como, tórax e crânio, por exemplo.

O aluno também estuda Radiologia Veterinária e Odontológica. E, na segunda metade do curso, começam os estágios supervisionados – atividade, obviamente, feita de forma presencial.

O conteúdo de uma graduação em Radiologia a distância é equivalente ao do curso presencial. Veja algumas das principais matérias:

  • Anatomia e Fisiologia
  • Anatomia Radiológica
  • Bioestatística
  • Bioquímica e Farmacologia
  • Densitometria Óssea
  • Enfermagem Aplicada à Radiologia
  • Epidemiologia
  • Ergonomia e Biossegurança
  • Física
  • Imunologia e Microbiologia
  • Mamografia
  • Patologia Aplicada à Radiologia
  • Psicologia
  • Radiologia Digital e Processamento de Imagem
  • Radiologia Industrial e Medicina Nuclear
  • Radiologia Veterinária
  • Radioproteção e Legislação
  • Radioterapia
  • Ressonância Magnética
  • Técnicas Radiológicas de Cintura Escapular
  • Técnicas Radiológicas de Cintura Pélvica
  • Técnicas Radiológicas de Coluna
  • Técnicas Radiológicas de Tórax e Abdome
  • Técnicas Radiológicas do Crânio
  • Técnicas Radiológicas Odontológicas
  • Tomografia Computadorizada

 

Onde estudar Radiologia a distância

De acordo com a plataforma e-MEC, do Ministério da Educação, no momento apenas quatro instituições estão autorizadas a oferecer o curso tecnológico de Radiologia a distância:

  • Centro Universitário Facvest (UNIFACVEST)
  • Centro Universitário Filadélfia (UNIFIL)
  • Universidade Braz Cubas (UBC)
  • Universidade Nove de Julho (UNINOVE)

Por ser uma formação muito recente nessa modalidade, nem sempre há vagas disponíveis. Por isso, muita gente acaba optando pelo curso de Radiologia tradicional.

Na modalidade presencial a oferta é muito maior: mais de 100 instituições de ensino públicas e privadas distribuídas por todo o Brasil têm a graduação tecnológica em Radiologia. Confira algumas opções que selecionamos para você:

Nas faculdades da lista acima você encontra benefícios como ProUni e FIES, descontos, convênios e financiamentos sem burocracia.

Veja também:

EAD: cursos mais procurados

O que achou do curso de Radiologia? Está pensando em tentar alguma das graduações a distância ou vai optar por um curso presencial? Conte para a gente aqui nos comentários!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro

-

Novidades sobre EAD

Cadastre-se para receber nossa newsletter e acompanhe as últimas notícias sobre EAD:

}, 7000);