dcsimg

Descubra quanto custa um curso técnico em Enfermagem EAD

(0.0 de 0)

A área de Enfermagem vai muito bem no Brasil e existem opções de formação a distância. Veja quanto é preciso investir!

Descubra quanto custa um curso técnico em Enfermagem EAD

Enfermagem é uma área em franca ascensão no Brasil.

O crescimento das redes de clínicas e hospitais públicos e privados, aliado aos novos campos de atuação, têm garantido boas oportunidades aos diferentes profissionais dessa área.

Para você ter ideia da diversidade, em Enfermagem temos os profissionais técnicos, os auxiliares e os enfermeiros propriamente ditos.

Cada curso tem seu próprio tempo de formação e atuações distintas no mercado de trabalho – e alguns podem ser feitos a distância.

Descubra a seguir quanto custa um curso técnico em Enfermagem EAD e onde estudar!

O curso técnico em Enfermagem EAD

O curso técnico em Enfermagem é uma ótima saída para quem quer trabalhar na área de Saúde e precisa entrar mais rapidamente no mercado de trabalho.

O curso é fácil de encontrar nos principais centros de formação profissionalizante do Brasil, hospitais, escolas especializadas e várias faculdades.

O técnico é um profissional de nível médio que trabalha ajudando os enfermeiros em suas atividades diárias.

Sob sua responsabilidade estão atividades como, por exemplo, fazer a troca de curativos, dar banhos em pacientes, controlar escalas de profissionais, ministrar medicamentos simples, fazer troca de soro, etc.

É um tipo de formação bastante popular por aqui. Os empregos se multiplicam em hospitais, clínicas, postos de saúde, ambulatórios, laboratórios e até no atendimento domiciliar.

O melhor de tudo é que o curso também pode ser feito a distância.

Em dois anos, o aluno pode acompanhar boa parte dos conteúdos de casa, por meio de um ambiente virtual de aprendizagem que concentra textos, animações, vídeos e livros digitais.

O estudante deve comparecer à unidade de ensino ou a um polo de apoio presencial para realizar as atividades práticas típicas do curso. Nos últimos semestres essa carga presencial se intensifica, dado que o aluno terá de fazer os estágios supervisionados – o momento em que vai colocar as mãos à obra!

O curso técnico de Enfermagem EAD tem reconhecimento oficial. O profissional, depois de formado, deve fazer o registro junto ao Conselho Regional de Enfermagem (COREN) para começar a trabalhar na área.

Quanto custa um curso técnico em Enfermagem EAD

Em média, um curso de técnico em Enfermagem EAD custa cerca de R$ 380 por mês.

Em faculdades como a Cruzeiro do Sul Virtual (a distância) a formação custa ainda menos: cerca de R$ 290 no modelo semipresencial (com aulas presenciais frequentes).

A gente já disse aqui que o técnico em Enfermagem é um curso de nível médio. Mas você já pensou em investir um pouco mais e obter um diploma de nível superior?

Sim, o bacharelado em Enfermagem também está disponível no modelo a distância. E, no geral, custa só um pouco a mais que o técnico.

Em várias faculdades, o valor do curso fica entre R$ 450 e R$ 600 mensais.

Na conhecida Universidade Norte do Paraná (UNOPAR) custa cerca de R$ 500 por mês.

A grande vantagem do curso superior de Enfermagem é que ele oferece muito mais chances de crescer no mercado de trabalho. No Brasil, ter um diploma é o primeiro passo para quem quer se dar bem.

Fora que, como enfermeiro, o profissional pode fazer diversos cursos de pós-graduação, dar aulas em faculdades (se tiver mestrado ou doutorado), fazer concursos públicos de nível superior, além de ganhar salários bem mais altos do que os técnicos.

Enfermagem tem cinco anos de duração e pode ser encontrado em cerca de sete faculdades pelo país – algumas delas com polos de apoio em todo o Brasil.

Além da Universidade Norte do Paraná (UNOPAR), pode ser encontrado também no Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA).

Vale lembrar que o curso tem reconhecimento do MEC e o diploma permite que o profissional trabalhe na área normalmente.

Como fazer o curso de Enfermagem com bolsas e financiamentos

Existem algumas maneiras de conseguir bolsa para um curso técnico em Enfermagem.

Periodicamente, o Programa Nacional de Acesso ao Ensino Técnico, o Pronatec, oferece a milhares de estudantes a chance de fazer um curso profissionalizante sem pagar nada.

O programa é voltado aos jovens que estão fazendo ou concluíram o ensino médio em escolas da rede pública, trabalhadores e beneficiários de programas de transferência de renda do governo federal.

Se você está pensando em fazer o curso superior de Enfermagem, vai ficar feliz em saber que, além das bolsas de estudos, há também a possibilidade de financiar os estudos.

As bolsas são distribuídas por meio do Programa Universidade para Todos, o ProUni. Só podem participar os candidatos que fizeram o Enem mais recente, obtiveram uma boa nota e atendem a determinados critérios socioeconômicos determinados pelo MEC.

Dependendo do perfil do candidato, a bolsa pode ser integral ou parcial. A concessão acontece por meio de uma seleção, sempre bastante concorrida. Pode ser usado para cursos EAD e presenciais.

A outra alternativa é o FIES, o programa de crédito estudantil do Governo Federal. Com ele, os interessados em fazer a graduação em Enfermagem podem financiar o curso a juros baixos e ganham, de lambuja, a possibilidade de só começar a pagar as parcelas depois da formatura, em um prazo longo. Só tem um porém: por enquanto o FIES vale apenas para cursos presenciais.

Vale muito a pena conhecer também os benefícios oferecidos pelas próprias faculdades, como bolsas, parcelamento das mensalidades, convênios e descontos. Como exemplos, citamos a Universidade Norte do Paraná (UNOPAR) e o Centro Educacional Anhanguera (ANHANGUERA)

Veja também:

Descubra qual é o salário esperado pra quem faz Enfermagem

E aí, pretende fazer um técnico ou um superior em Enfermagem EAD? Conte para a gente quais são os seus planos!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro