dcsimg

Confira 20 matérias do Enem que você não pode deixar passar

(0.0 de 0)

Quer arrasar no Enem? Então dê uma olhada nas matérias que mais caem nas provas!

Matérias Enem

Quem está se preparando para o Enem sabe o tanto de matéria que é preciso estudar para se dar bem no Exame. São conteúdos referentes aos três anos do ensino médio, condensados em cinco provas.

O candidato terá que encarar 180 questões objetivas de Ciências da Natureza, Ciências Humanas, Linguagens e Matemática, além de uma Redação.

Se o seu objetivo é atingir a maior pontuação possível, é bom começar a se preparar desde já. A lista de conteúdos é grande e o tempo, acredite, passa voando!

A boa notícia é que existem algumas matérias das quais o Enem gosta bastante. Elas têm caído todo ano e nas próximas edições não deve ser diferente.

Confira a seguir as 20 matérias do Enem que você não pode – e nem vai – deixar passar na sua rotina de estudos!

 

Quais são as matérias do Enem?

Se você vai fazer o Enem pela primeira vez, talvez estranhe a divisão temática das provas – ela é diferente do que a gente está acostumado a ver na escola.

Mas não se preocupe. O Enem não traz nenhuma matéria de outro mundo. Elas estão distribuídas da seguinte forma:

  • Linguagens, Códigos e suas Tecnologias: Língua Portuguesa, Literatura, Língua Estrangeira, Artes, Educação Física e Tecnologias da Informação e Comunicação
  • Matemática e suas Tecnologias: só Matemática!
  • Ciências da Natureza e suas Tecnologias: Química, Física e Biologia
  • Ciências Humanas e suas Tecnologias: História, Geografia, Filosofia e Sociologia

Cada uma das provas acima tem 45 questões de assinalar. Além delas, o candidato tem que fazer uma redação de no máximo 30 linhas sobre um tema que só é revelado no dia.

Os exames são aplicados em um fim de semana, geralmente entre a segunda metade de outubro e a primeira quinzena de novembro.

Agora sim, vamos às matérias que você não pode deixar passar.

 

 

Matérias do Enem que aparecem quase todo ano

Há quase uma centena de matérias que se repetem com frequência no Enem – vamos falar de todas elas mais adiante.

 

Algumas são tão queridas pela organização do Exame que conseguem aparecer ainda mais do que as outras.

 

Anote aí quais são:

 

Na prova de Linguagens, Códigos e suas Tecnologias

Interpretação de texto

Intertextualidade

Ambiguidade

 

Na prova de Matemática e suas Tecnologias

Funções de 1° e 2° graus

Grandezas proporcionais – inversamente ou diretamente proporcionais, regra de três

Porcentagem

 

Na prova de Ciências Humanas e suas Tecnologias

Impactos ambientais da poluição

Urbanização e violência

Movimentos sociais

Direitos Humanos

Conquistas trabalhistas

Fundamentos de Filosofia e Sociologia

 

 

Na prova de Ciências da Natureza e suas Tecnologias

Mecânica

Termofísica

Estequiometria

Equilíbrios químicos

Evolução

Genética

Biotecnologia

Ciclos biogeoquímicos

 

 

E as outras matérias que caem no Enem?

O edital do Enem traz uma lista bem comprida de matérias que os candidatos precisam dominar para fazer uma boa prova.

Para conseguir um desempenho legal, especialmente se a meta é entrar em cursos de alta dificuldade, como Medicina, Engenharia ou Direito, você realmente precisa se dedicar a todas elas – sem exceção. O segredo é estudar tudo o que é pedido, dando atenção extra às que mais caem no Enem.

Além das matérias que já listamos anteriormente, existem algumas outras que também marcam presença com bastante frequência e você não pode deixar de incluir em seu roteiro. Anote:

 

Linguagens

  • Denotação e conotação
  • Figuras de linguagem
  • Funções da linguagem
  • Gêneros textuais
  • Literatura
  • Modernismo e outros movimentos artísticos
  • Norma culta e popular
  • Síntese e resumo
  • Vanguardas europeias

 

Matemática

  • Equações de 1º e 2º graus
  • Trigonometria (triângulo retângulo e semelhança de triângulos)
  • Cálculo de área, volume e perímetros
  • Seno, cosseno e tangente
  • Probabilidade
  • Análise combinatória
  • Progressão aritmética e geométrica
  • Estatística - média aritmética, moda e mediana
  • Áreas de figuras planas/prismas, cilindros, cones e esferas
  • Metro cúbico

 

Ciências Humanas

  • Indústria brasileira
  • Água
  • Energia
  • Conflitos por terra
  • Crescimento populacional
  • Transportes
  • Agricultura
  • Uso de mapas
  • O papel das mulheres, negros e homossexuais
  • Ditadura no Brasil
  • História do Brasil
  • Desenvolvimento social
  • Escravidão
  • Revolução Industrial
  • Revolução Russa
  • República oligárquica
  • República liberal
  • Era Vargas
  • Pós-guerra

 

Ciências da Natureza

  • Energia
  • Eletricidade
  • Correntes e potência elétrica
  • Fenômenos ondulatórios
  • Ótica
  • Neutralidade
  • Oxidação
  • Equilíbrios químicos
  • Funções orgânicas
  • Cálculo de pH
  • Combustíveis
  • Nomenclatura
  • Compostos orgânicos
  • Isomeria
  • Funções orgânicas
  • Reações orgânicas
  • Química e meio ambiente
  • Radiação
  • Hidrocarbonetos
  • Soluções químicas
  • Fisiologia humana – exercícios físicos, alimentação, mudanças climáticas, patologias
  • Teia e cadeia alimentar
  • Fluxo de energia
  • Ecologia – sustentabilidade, aquecimento global, poluição, desmatamento, preservação e uso dos recursos hídricos, geração de energia, lixo

 

Dicas para ter um bom desempenho nas provas do Enem

Dedicar-se aos estudos é essencial para quem quer tirar uma boa nota no Enem, mas entender como o Exame funciona também ajuda um bocado.

Veja algumas dicas de como melhorar sua eficiência:

  • Quem estuda bastante para Linguagens, Códigos e suas Tecnologias acaba se dando bem em todo o Enem. O principal objetivo desta prova é analisar a capacidade de ler e interpretar textos corretamente –habilidade solicitada em todas as provas, até na de Matemática. Ter boa aptidão na leitura de gráficos e tabelas também é fundamental. Dedique boa parte dos seus estudos à prática de leitura, interpretação e, principalmente, do desenvolvimento de uma visão integrada de todas as disciplinas. Pense em como temas de Biologia e de Filosofia podem se relacionar, por exemplo, em questões éticas envolvendo pesquisas de doenças.
  • Redobre os estudos em Matemática. Além de ser a prova mais comprida do Enem (são 45 questões inteiramente dedicadas à disciplina), é a que tem rendido pontuação mais alta a quem acerta uma quantidade razoável de questões.
  • As provas de Ciências Humanas costumam tratar de temas de relevância política, social e econômica, além de fatos históricos que têm impacto até hoje nos rumos da sociedade brasileira. Quem dá especial atenção a esses assuntos acaba se dando bem também na redação, que aborda questões similares.
  • Não queime seus neurônios tentando decorar mil fórmulas para a prova de Ciências da Natureza. O Enem está mais preocupado em analisar o conhecimento global do estudante em relação a Química, Física e Biologia. Conhecer as principais já ajuda a resolver a maioria das questões.

Além disso:

  • Não deixe para estudar de última hora. Crie uma rotina de preparação o quanto antes.
  • Tente resolver as provas anteriores do Enem – isso vai dar uma clara noção do grau de dificuldade e do estilo das questões. Prefira os cadernos de prova das edições a partir de 2010, pois têm o formato pedido hoje.
  • Identifique quais assuntos você domina e quais têm média e alta dificuldade. Centre fogo principalmente naqueles que você não conhece muito bem.
  • Pratique a redação!

 

Veja também:

Faculdades a distância que aceitam o Enem

Como está sua rotina de estudos para o Enem? Qual matéria você tem priorizado? Conte para a gente nos comentários!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro

-

Novidades sobre EAD

Cadastre-se para receber nossa newsletter e acompanhe as últimas notícias sobre EAD:

}, 7000);