dcsimg

Interação com tutor é fundamental pro aluno de ensino a distância

(0.0 de 0)

Descubra por que interagir com tutores e demais colegas de turma é essencial para quem faz uma faculdade EAD!

Interação com tutor é fundamental pro aluno de ensino a distância

Imagine que a sua sala de aula é repleta de gente de todos os lugares do Brasil. Alguns moram na rua ao lado, outros a 3.000 quilômetros de distância, mas todos estudam o mesmo curso, participam das mesmas atividades e têm os mesmos professores.

É assim no ensino a distância! Com tecnologia avançada e recursos didáticos impossíveis de imaginar alguns anos atrás, é uma modalidade que cresce e se populariza rapidamente no Brasil.

Curiosamente, uma pesquisa revelou que os estudantes de EAD apreciam ainda a velha e boa comunicação interpessoal, especialmente a interação com tutores – pessoas que conhecem o conteúdo do curso e ficam à disposição para responder dúvidas e estimular a turma.

E eles têm razão! É conversando com os colegas, tirando as dúvidas com tutores e interagindo com professores que o processo de aprender a distância se torna mais rico e eficaz.

Descubra outras curiosidades sobre o ensino a distância no Brasil, veja como entrar em um desses cursos e onde encontrar faculdades reconhecidas para obter seu diploma!

 

 

No ensino a distância, interagir é a chave do sucesso

Um curso EAD não é feito só de tecnologia (embora este seja um componente importante). A interação entre tutores, alunos e professores enriquece – e muito! – o aprendizado e a experiência.

Alunos que já fazem algum curso a distância sabem bem disso. Tanto que em uma pesquisa realizada pela Educa Insights elegeram a “interação com o tutor” como o motivo principal para se manterem satisfeitos e motivados no decorrer da graduação.

Em segundo lugar, escolheram os momentos de discussão dos tópicos durante as aulas no ambiente virtual de aprendizagem.

Ou seja, no EAD, interagir é fundamental. Quanto maior a participação de todos os alunos, maior será o rendimento geral da turma.

 

O que o EAD tem de bom?

Além da possibilidade de interagir, os alunos de EAD gostam bastante da flexibilidade de tempo e dos valores das mensalidades dos cursos a distância.

Sem a obrigação de estar presente em uma sala de aula em horários fixos todos os dias, o estudante de EAD é capaz de adaptar o ritmo da graduação à sua rotina (trabalho, filhos, atividades domésticas, etc.). Ele pode estudar na hora que quiser, da forma que quiser, no local que quiser, desde que respeite os prazos e se mantenha participativo.

Essa flexibilidade permite que 87% de todos os alunos matriculados em cursos EAD pelo Brasil consigam trabalhar e estudar ao mesmo tempo.

O preço é outro grande atrativo. A maioria dos cursos a distância custa menos do que os cursos presenciais tradicionais. O valor médio das mensalidades, de acordo com o Educa Insights, é de R$ 260 mensais. Além de pagar menos para estudar, o aluno não tem que arcar com tantos custos extras, como transporte e alimentação.

Se você está interessado em fazer um curso a distância, deve colocar na balança outros diferenciais importantes:

  • O diploma de um curso EAD tem o mesmo valor de um diploma de curso presencial. Ambos são aceitos e reconhecidos, desde que emitidos por instituições que tenham autorização do Ministério da Educação (MEC) para funcionar.
  • O conteúdo das aulas é dinâmico, com vídeos, jogos, apostilas e ferramentas de interação.
  • É possível acessar o material a qualquer momento, a partir de qualquer computador (ou celular) conectado à internet.

 

O avanço do EAD no Brasil

De acordo com o Censo da Educação Superior, 17% de todos os alunos matriculados em cursos superiores no Brasil hoje estão fazendo um curso a distância. A princípio não parece tanto, mas se transformarmos esse percentual em números, vamos chegar à impressionante marca de 1,3 milhão estudantes!

O crescimento do ensino a distância é mais evidente se analisarmos a evolução da modalidade na última década. Em 2003 tínhamos 92 mil alunos EAD e hoje esse número é 15 vezes maior.

Com os cursos, o fenômeno é o mesmo. As faculdades brasileiras têm 1.365 opções diferentes, entre bacharelados, licenciaturas e cursos superiores de tecnologia. É possível escolher uma graduação a distância entre diversas áreas do conhecimento, como Economia, Sociologia, Contabilidade, Ciências Biológicas, Matemática, Engenharias diversas, Pedagogia, Administração, Enfermagem...

Com a modernização da infraestrutura de rede, o aumento da velocidade de internet e a popularização dos equipamentos (computadores, tablets, celulares), as perspectivas de crescimento da EAD são infinitas! Se você já se interessava por esse modelo, agora já sabe que pode optar pelo EAD sem medo!

 

Onde fazer um curso EAD

Existem inúmeras instituições de ensino no Brasil que oferecem cursos superiores a distância. Antes de escolher a sua, verifique dois aspectos:

1.     A faculdade tem autorização do Ministério da Educação (MEC) para funcionar?

2.     Há um polo de apoio presencial da faculdade perto da sua casa ou da sua cidade? Os cursos EAD são obrigados a oferecer 20% da sua carga horária em atividades presenciais, portanto será necessário comparecer a algum desses polos algumas vezes por semestre.

Confira algumas faculdades autorizadas pelo MEC a oferecer cursos a distância:

 

Universidades Privadas:

 

Universidades Públicas:

 

Veja também:

Confira o crescimento do Ensino a Distância no Brasil

 

Está interessado em um curso a distância? Conte para a gente nos comentários!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro

-

Novidades sobre EAD

Cadastre-se para receber nossa newsletter e acompanhe as últimas notícias sobre EAD:

}, 7000);