dcsimg

Como funciona uma graduação a distância

(0.0 de 0)

Descubra como funcionam os cursos superiores a distância, a modalidade de estudos que mais cresce no Brasil e no mundo!

Como funciona uma graduação a distância

O ensino a distância (EAD) é uma realidade em faculdades públicas e privadas no Brasil. De acordo com o mais recente Censo da Educação Superior, já são cerca de 1.500 graduações a distância oferecidas no país, nos graus de bacharelado, licenciatura e tecnológico.

 

Vantagens como flexibilidade de horários e economia somam-se à qualidade dos cursos, equivalente à dos presenciais. Além disso, os diplomas são iguais e têm a mesma validade.

 

O EAD apresenta ao aluno todo um novo universo de conhecimento e tecnologia. Ferramentas como as aulas virtuais e o Ambiente Virtual de Aprendizagem passam a fazer parte do dia a dia do estudante.

 

Saiba sobre esse modelo que representa o futuro da educação. Veja também opções de onde estudar!

 

Como funcionam as graduações a distância

No Brasil, quem regula a qualidade de cursos presenciais e a distância é o Ministério da Educação (MEC). É esse órgão que autoriza ou veta o funcionamento de determinado curso ou instituição, depois de uma exaustiva bateria de testes, visitas e análises sobre vários aspectos acadêmicos e de infraestrutura. Por isso, esteja sempre atento: o diploma só terá validade se o curso e a faculdade estiverem autorizados pelo MEC. Essa deve ser a primeira informação que você precisa verificar ao buscar uma graduação a distância.

 

Outro dado importante que você precisa conhecer é que não existem cursos superiores 100% a distância. Uma parte das atividades – pelo menos 20% - será realizada no formato presencial. Isso é estipulado por lei e não há como fugir. Por isso, para poder acompanhar o curso com maior tranquilidade, é importante buscar uma instituição que mantenha um polo de apoio presencial próximo de você (vamos voltar a falar nisso mais adiante).

 

Estudar a distância significa estudar online boa parte do tempo, de casa ou do trabalho, por exemplo. Mas se engana quem pensa que vai ter moleza. Pelo contrário: por não ter a presença física diária dos professores cobrando os conteúdos, o aluno de EAD tem que redobrar sua disciplina. É uma ótima oportunidade para exercitar características cada vez mais valorizadas no mercado de trabalho, como autonomia, determinação e motivação.

 

As matérias estudadas em uma graduação EAD são as mesmas do curso presencial, assim como a exigência de desempenho por parte dos professores e da instituição.

 

Se as matérias são as mesmas, o curso não é 100% online e não é mais fácil do que o presencial, qual a vantagem, então? Vamos falar das principais: comodidade, praticidade, flexibilidade e economia.

Fazer uma graduação a distância é mais cômodo, já que o estudante pode acompanhar quase todas as atividades em sua casa ou em qualquer outro lugar. É mais prático, pois evita deslocamentos, trânsito, correria e estresse, possibilitando também maior flexibilidade para que o aluno administre seu próprio tempo. E é mais econômico: por não precisar disponibilizar uma grande estrutura física, a faculdade tem menos gastos, e essa economia pode ser repassada ao aluno em forma de mensalidades mais baratas.

 

Vamos nos aprofundar mais no assunto, falando especificamente de algumas ferramentas utilizadas pelos cursos EAD. É claro que os sistemas podem variar de uma instituição para a outra, mas, de modo geral, os cursos a distância contam com:

 

  • Polo de apoio presencial: o polo de apoio funciona como um posto avançado da faculdade em outras cidades. É um edifício físico que deve contar com infraestrutura adequada aos cursos que oferece, como laboratórios, bibliotecas, salas de informática, ambientes para apresentação de trabalhos, etc. É nos polos de apoio que o aluno fará todas as atividades presenciais exigidas pela graduação EAD, como por exemplo: provas, seminários, aulas práticas, apresentação de trabalhos e encontro com a turma, entre outras.

 

  • Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA): essa é praticamente a sala de aula do aluno de EAD. Para acessá-la, o estudante recebe uma senha e, a partir daí, todo o universo do curso se abre para ele. A quantidade de informações disponíveis costuma ser extensa: aulas, plano de ensino, chats, fóruns, textos, exercícios, áudios, vídeos e – muito importante – o cronograma das disciplinas, documento básico para que o aluno se oriente, participe de todas as atividades e cumpra os prazos estabelecidos. O nome desse ambiente ou sistema pode ser diferente em cada faculdade, mas o objetivo é o mesmo: fornecer todos os recursos para que o aluno tire o melhor proveito do curso.

 

  • Aula Virtual: dentro do AVA, as aulas virtuais podem ocorrer basicamente de duas formas. Uma delas é a videoconferência, quando professor e aluno se conectam ao mesmo tempo e a comunicação dos conteúdos se dá ao vivo, em tempo real. Outra forma é a vídeo-aula, que também pode ocorrer ao vivo, em transmissões via satélite, ou ser gravada e disponibilizada aos alunos no AVA, para que possam acessá-la quantas vezes quiserem.

 

  • Tutoria: os tutores são os profissionais que fazem a ponte entre o aluno e o curso, solucionando dúvidas sobre diversos assuntos – desde o funcionamento das ferramentas até esclarecimentos sobre prazos ou formas de avaliação. Os cursos EAD costumam manter um tutor no polo de apoio, para consulta presencial se for o caso, e também os tutores virtuais, que trabalham a distância e estão sempre à disposição dos estudantes.

 

 

Tipos de graduação a distância

Os cursos superiores a distância se dividem em online e semipresencial. Veja as características de cada um deles:

 

  • Online: nesse formato, a maior parte do curso (até 80%) é acompanhada online. A presença do aluno no polo é solicitada poucas vezes, como, por exemplo, para a realização das provas mais importantes – cerca de duas vezes por semestre – e para a aula inaugural do curso, quando ocorre o encontro presencial com o coordenador acadêmico.

  • Semipresencial: aqui, a presença do aluno no polo de apoio é solicitada com mais frequência, uma ou duas vezes por semana. Mas costuma haver boa flexibilidade de dias e horários, para que o estudante possa escolher os momentos da semana que mais lhe convenham. No polo, o aluno assistirá a algumas aulas, fará atividades presenciais, provas e poderá interagir com tutores e colegas do curso.

 

Seja qual for a sua escolha, para um bom rendimento em uma graduação a distância é fundamental contar com uma conexão à internet confiável e estável. É recomendável também preparar previamente o local em que vai assistir às aulas: de preferência um ambiente silencioso, confortável, bem iluminado, sem interrupções e onde todos os materiais do curso estejam à mão.

 

 

Faculdades a distância reconhecidas pelo MEC

Confira algumas instituições autorizadas pelo MEC a oferecer graduações a distância:

 

Veja também:

Cursos a distância com maior empregabilidade

O que achou da graduação a distância? Pretende fazer alguma? Conte para a gente aqui nos comentários!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro

-

Novidades sobre EAD

Cadastre-se para receber nossa newsletter e acompanhe as últimas notícias sobre EAD:

}, 7000);