dcsimg

Conheça as vantagens de fazer faculdade depois dos 40 anos

(0.0 de 0)

Faculdade depois dos 40 anos

Em 1960, a expectativa de vida do brasileiro ao nascer era de 48 anos, de acordo com Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). Na época, o mais comum era ter uma carreira única e linear: entrar em uma empresa, ir conquistando espaço e encerrar o ciclo profissional com apenas um registro na carteira de trabalho.

Hoje em dia vivemos muito mais. Os últimos dados do IBGE apontam uma expectativa de vida de 75,2 anos. As carreiras estão mais dinâmicas e a aposentadoria está cada vez mais longe. Isso significa que, ao contrário do que acontecia há cinco décadas, quem tem 40 anos não está em fim de carreira, mas praticamente na metade!

Num mundo profissional cada vez mais dinâmico, no qual surgem novas ocupações e desafios, destaca-se quem corre atrás de adquirir cada vez mais competências e habilidades. Uma forma de não deixar o bonde passar é investir em um curso superior, seja ele o primeiro ou não.

E se você acha que vai se sentir um peixe fora d’água em uma sala de aula com gente que mal saiu da adolescência, ou que vai gastar tempo e dinheiro à toa, é melhor repensar seus conceitos.

Fazer faculdade depois dos 40 apresenta uma série de vantagens – algumas financeiras, outras intelectuais. Conheça algumas delas a seguir!

1. Você provavelmente não será o único

O mais recente Censo da Educação Superior revela que, dos cerca de 8 milhões de universitários brasileiros, mais de 732 mil têm 40 anos ou mais. O número é ainda mais impressionante se considerarmos as graduações em universidades privadas: dos 6 milhões de matriculados, 603 mil estão na faixa etária acima dos 40. Ou seja, se você fizer uma faculdade particular, provavelmente encontrará pelo menos 10% de colegas mais maduros.

2. Seu passe vai valorizar

Inúmeras pesquisas apontam que ter um diploma de nível superior no Brasil pode aumentar bastante o salário. Recorremos mais uma vez ao IBGE e encontramos um número mais preciso (e surpreendente): quem conclui uma faculdade pode alcançar uma remuneração 219% superior!

Para quem já tem diploma, o salto nos ganhos mensais também pode vir por meio de uma pós-graduação. No entanto, nem todo mundo está feliz em sua área de atuação e fazer um curso superior pode ajudar na transição de carreira ou mesmo desengavetar aquele “Plano B” – seja ele trabalhar em um ramo totalmente diferente ou empreender seu próprio negócio.

3. Você vai aprender muito... e rejuvenescer!

É o que conta Antonio Loureiro, sócio-fundador da Conquest One, uma empresa de Staffing de TI (ajuda profissionais de tecnologia a se colocarem no mercado e empresas a encontrarem os melhores talentos da área).

Loureiro se formou em Administração, fez mais uma graduação na área de Tecnologia, passou por dois MBAs e, aos 46 anos, voltou à faculdade para estudar Psicologia. 

Ele sentiu necessidade de entender melhor o comportamento humano para ajudar profissionais de tecnologia a se comunicarem melhor e, assim, se posicionarem com êxito na carreira. Além do benefício para seu próprio negócio, fazer um curso superior com colegas mais jovens tem se mostrado uma ferramenta poderosa para o desenvolvimento pessoal. “É preciso sair da zona de conforto para o cérebro continuar funcionando. Interagir com essa moçada é um jeito de oxigenar meu conhecimento. É uma forma de crescer muito grande – rejuvenesce!”, diz.

4. Você aumentará suas chances de continuar no mercado de trabalho

Já falamos sobre isso no começo, mas não custa lembrar. Com maior expectativa de vida e a idade mínima para se aposentar aumentando, é importante estar qualificado e atualizado para continuar no mercado por bastante tempo.

5. Dá para conciliar trabalho e estudo

Aos 40 anos, muita gente já tem uma vida profissional e familiar para equilibrar. Encaixar uma faculdade nessa rotina pode dar a impressão de que será preciso abdicar de alguma coisa (trabalho ou família) para se dedicar aos estudos.

Mas não é bem assim. Hoje é possível encontrar ótimos cursos a distância (EAD) que, além de serem mais econômicos do que os presenciais, ainda lançam mão dos recursos pedagógicos e tecnológicos mais modernos para que o aluno estude em seu próprio ritmo e compareça à universidade apenas para realizar algumas atividades ao longo do semestre.

Antonio Loureiro também passou por essa experiência. Ele se matriculou em um curso de inglês online para poder praticar o idioma. Veja como foi para ele: “Para minha surpresa, trouxe várias facilidades. A tecnologia EAD está hoje tão evoluída que você interage com o professor e os demais alunos, faz os testes, atividades, etc. como se estivesse em sala de aula, com a vantagem de entrar no horário que você pode – antes de começar o trabalho, durante o dia, ou à noite. Facilita muito a vida!”

Como escolher a faculdade EAD

Outra vantagem de fazer uma graduação depois dos 40 é ter mais experiência e maturidade para escolher um curso que atenda às suas necessidades e expectativas.

A oferta é imensa por todo o Brasil: são mais de 1,4 mil cursos EAD  em grau de licenciatura, bacharelado e tecnológico (de duração mais curta, focados em determinada área profissional, mas que também rendem diploma de nível superior). A maioria está na rede privada.

Uma vez definido o curso que você quer fazer, é importante verificar se a instituição tem o aval do MEC para funcionar. É isso que dará a garantia de que seu diploma terá validade em todo o território nacional.

Confira algumas faculdades reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC que selecionamos para você:

Aproveite para verificar se a faculdade tem um polo de apoio na sua cidade ou em um município vizinho. É que pela lei brasileira, todo curso EAD precisa reservar pelo menos 20% de sua carga horária para atividades presenciais, que podem ser aulas inaugurais, provas e aulas em laboratório, por exemplo. Dependendo do curso e do formato escolhido (online ou semipresencial), o aluno terá que comparecer ao polo algumas vezes por semestre ou por semana.

Veja também:
Faculdades a distância reconhecidas pelo MEC

O que achou das vantagens de fazer uma graduação depois dos 40? Tem mais alguma dica para compartilhar? Conte para a gente aqui nos comentários!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro

-

Novidades sobre EAD

Cadastre-se para receber nossa newsletter e acompanhe as últimas notícias sobre EAD:

}, 7000);