dcsimg

Estude sem sair de casa

(0.0 de 0)

Sabia que é possível conseguir um diploma universitário praticamente sem sair de casa? Aqui vamos explicar direitinho para você como funciona. Confira!

casa-estudo

Já imaginou acordar de manhã, tomar café e, em vez de ir para a faculdade, estudar no seu quarto? Ou então sair do trabalho e poder ir para a casa assistir às aulas no conforto do seu lar? Isso tudo é possível com o ensino a distância (EAD). A oferta dessa modalidade vem crescendo a passos largos. O último Censo da Educação Superior aponta que mais de 40% das vagas em cursos de graduação no país são de EAD.

No ensino a distância, os conteúdos são equivalentes aos dos cursos presenciais e a exigência é a mesma. Nossa dica é prestar atenção a alguns detalhes para poder aproveitar ao máximo o curso.

Entenda agora mesmo como funcionam os cursos a distância e quais as vantagens e cuidados a tomar. Além disso, vai conhecer opções de boas faculdades EAD!

Como funciona uma faculdade a distância?

Quando se fala em EAD, a primeira coisa a saber é que não existem graduações totalmente online: a legislação educacional brasileira exige que os cursos a distância tenham pelo menos 20% da carga horária realizada presencialmente. Essas atividades são feitas em um polo de apoio presencial.

Segundo esse critério, as graduações EAD podem ser oferecidas em dois tipos:

  • On-line: a parte presencial é a mínima exigida por lei. Você só tem que ir ao polo poucas vezes no semestre, para a aula inaugural, provas de final de bimestre, aulas práticas e apresentações do Trabalho de Conclusão de Curso (TCC). Quando o curso requer estágios obrigatórios, eles são feitos de forma presencial. O restante do tempo você estuda em casa.

  • Semipresencial: aqui a carga presencial é maior e o aluno deverá comparecer ao polo de apoio uma ou duas vezes por semana para assistir a aulas, fazer provas e participar de outras tarefas, como por exemplo atividades em laboratório. É uma oportunidade interessante também para interagir com os tutores e colegas de turma. Nos outros dias da semana o curso pode ser acompanhado pelo computador.

O tipo de EAD – on-line ou semipresencial – vai depender muito do curso. Há graduações em que o modelo mais indicado é o semipresencial. Quando a carga teórica é predominante, a graduação pode ser feita perfeitamente de forma on-line. Há muitos casos de cursos que são oferecidos nos dois tipos.

Quanto ao funcionamento, cada graduação a distância tem suas particularidades. Mas há muitos pontos em comum entre todas elas. Vamos listar aqui alguns dos principais:

  • Plataformas digitais: são os ambientes virtuais onde acontecem os cursos. São compostas por uma série de ferramentas interativas. O aluno pode acessar, por exemplo, os textos de cada matéria, exercícios, áudios, vídeos, aulas e até jogos pedagógicos. No início do curso há aulas especiais explicando o funcionamento da plataforma.
  • Aulas: muitas aulas são gravadas e publicadas na plataforma digital, para que o aluno as assista quantas vezes quiser. Há também as aulas previamente agendadas e transmitidas ao vivo.

  • Exercícios: os exercícios correspondentes a cada bloco de matéria ficam disponíveis no ambiente on-line. Em geral, eles podem ser feitos pelo aluno e a correção é imediata. Depois, os professores podem incluir comentários.

  • Biblioteca virtual: grandes acervos ficam à disposição dos estudantes nas bibliotecas virtuais, que também são acessadas a partir da plataforma digital.

  • Organização: a quantidade de informação contida na plataforma online é imensa e, por isso, existem recursos para que o aluno possa navegar por todo o material com facilidade. Os cronogramas de atividades, por exemplo, definem as tarefas prioritárias de cada semana, matéria a matéria.

  • Tutores: o ambiente digital tem sempre a figura do tutor online, uma pessoa especializada que fica à disposição para tirar dúvidas que surgem enquanto o aluno está trabalhando no computador. Além disso, há também o tutor presencial – você pode marcar reuniões com ele no polo de apoio.

  • Canais de contato: além do apoio dos tutores, você também pode se comunicar diretamente com os professores e colegas de turma. Para isso, existem chats e e-mails. Costumam ser muito úteis também os fóruns de discussão, com os temas mais importantes de cada matéria.

  • Polo de apoio presencial: são espaços físicos que funcionam como um posto avançado da faculdade em sua cidade ou região. Por isso, é importante verificar se há um polo de apoio no seu município que oferece a graduação que você deseja. Como você já sabe, no polo de apoio acontecem as atividades presenciais que todo curso a distância deve ter.

Quais as vantagens de estudar em casa?

É fácil imaginar as principais vantagens de fazer uma faculdade praticamente sem sair de casa:

  • Conforto: poder estudar em sua própria casa é um luxo. Você pode fazer as pausas quando quiser, parar para fazer um lanche, estudar em sua própria mesa, com todo o seu material à disposição, com a roupa que quiser e sem precisar carregar mochila para lá e para cá!

  • Flexibilidade de horários: adaptar a faculdade à sua rotina é outro grande privilégio. Se você trabalha fora o dia todo, pode estudar à noite. Se tem que cuidar dos filhos, pode estudar quando eles estão na escola ou depois que dormirem. Se você tem uma consulta médica ou qualquer outro compromisso, não vai perder aula por causa disso. Basta retomar o curso quando chegar em casa!

  • Economia: as mensalidades das graduações EAD são mais acessíveis do que as presenciais. Como a universidade não tem que manter uma grande estrutura para receber alunos todos os dias, pode repassar essa economia para as mensalidades. Isso sem falar no que você deixa de gastar com transporte e lanches fora de casa!

Que cuidados devo ter ao estudar em casa?

O estudante EAD deve estar atento para não se perder em meio à liberdade que a faculdade a distância proporciona. Preste atenção nestes pontos:

  • Seja disciplinado: tenha cuidado para não atrasar a entrega de tarefas. Como não há a figura do professor presencial cobrando a matéria dia a dia, é preciso redobrar a disciplina para chegar bem ao final do curso.

  • Estabeleça horário e rotina: mesmo tendo flexibilidade de horários, é recomendável estabelecer uma rotina diária para se dedicar ao curso. Tem gente que rende mais de manhã e outros que preferem estudar à noite. O importante mesmo é separar algumas horas diárias para a faculdade. Caso você tenha algum problema durante a semana, poderá usar os finais de semana para tirar o atraso.

  • Prepare o ambiente: procure não estudar no sofá da sala, com o computador no colo. O ideal é preparar uma mesa em um ambiente claro e silencioso, sem muita circulação de pessoas e onde você tenha todos os seus livros e materiais necessários à mão. O ambiente deve contribuir para a sua concentração nos estudos.

O diploma da faculdade a distância tem validade?

Esse item é fácil de responder: sim, o diploma de EAD tem a mesma validade do presencial. Essa informação nem mesmo aparece no documento. Ou seja, eles são iguaizinhos.

O importante é verificar se a faculdade e o curso estão credenciados pelo Ministério da Educação (MEC). Não entre em nenhum processo seletivo e muito menos faça a matrícula antes de confirmar essa informação, já que somente os cursos aprovados pelo MEC podem emitir diplomas válidos.

 

Faculdades a distância reconhecidas pelo MEC

Anote agora algumas sugestões de faculdades que oferecem cursos a distância nos quatro cantos do país e em todas as áreas do conhecimento. As instituições da lista são todas credenciadas e bem avaliadas pelo MEC:

Veja também:

Veja as 10 faculdades online com menores mensalidades

E aí, animado para fazer uma faculdade sem sair de casa? Já sabe o curso que você quer? Comente!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro

-

Novidades sobre EAD

Cadastre-se para receber nossa newsletter e acompanhe as últimas notícias sobre EAD: