dcsimg

Curso a distância internacional, vale a pena?

(0.0 de 0)

Quem sonha em estudar fora do Brasil, mas não consegue arcar com os custos de morar fora do país, tem a opção dos cursos à distância. Saiba como estudar no exterior sem precisar sair de casa!

ead-internacional

Quem sonha em estudar fora do Brasil,mas não consegue arcar com os custos de morar fora do país, tem como opção os cursos à distância. Várias universidades no mundo oferecem essa modalidade e abrem espaço para os estrangeiros. No entanto, antes de se matricular é preciso avaliar os prós e contras para concluir se vale ou não a pena.

As vantagens

A flexibilidade de horário é uma das maiores vantagens de um curso à distância. O próprio aluno determina o melhor período para realizar os estudos. Ainda assim, é bom lembrar que sempre existem prazos para entrega de trabalhos e realização de outras tarefas. Com o curso à distância, o estudante ainda pode aproveitar o tempo livre no emprego ou o momento em que está no transporte público, por exemplo, para ler um texto importante ou adiantar aquela tarefa do dia seguinte.Com um computador a disposição, qualquer local pode se tornar um ambiente de estudos.

Outra vantagem está no fato de não precisar se locomover até a universidade ou escola. Às vezes, o endereço é tão distante que você gasta mais tempo no ônibus ou carro, do que realmente estudando. Isso sem contar o conforto de estar em casa. Os cursos não presenciais também permitem que o estudante faça uma boa economia. Além de alguns serem mais baratos, você também não vai gastar com o transporte e a alimentação. Principalmente se a instituição escolar fica fora do Brasil. Para estudar no exterior, além de todos os documentos necessários para realizar a viagem, como visto e passaporte, é necessário ter um lugar para ficar, se preocupar com o transporte até a instituição escolar, além de ter de se sustentar no tempo que passar por lá. No fim o diploma, sendo de um curso presencial ou não, terá a mesma validade.

Exigências

Mesmo que você opte por um curso à distância, para ser aceito em uma universidade ou escola internacional será necessário atender a alguns requisitos como, a fluência na língua do país onde a instituição está inserida. Algumas ainda fazem outras exigências a estrangeiros, a exemplo de testes de conhecimentos. Os alunos devem ter ainda todo o aparato tecnológico necessário para cumprir com as tarefas – computador com os softwares adequados. No exterior, os cursos mais comuns de especialização estão ligados às áreas de administração, pedagogia e psicologia.

As desvantagens

A vivência em um país estrangeiro pode ser extremamente rica. Por isso ao optar por um curso à distância o aluno estará sendo privado dessa experiência. Deixará de conhecer lugares turísticos e conviver diariamente com outros idiomas e pessoas de nacionalidades diferentes. Estará limitado ao ambiente virtual, no qual o contato com outros alunos deverá ser apenas por um fórum de debate, por exemplo.

Outra desvantagem pode ser a comunicação com os professores. Por isso é tão importante verificar os horários disponíveis para tirar eventuais dúvidas. Dependendo do país onde está inserida a instituição pode haver diferença de fuso horário. Outra grande desvantagem é o fato de precisar validar o diploma. A burocracia é bastante grande e no caso de alguns cursos é necessário fazer uma prova. Por isso se um curso à distância no Brasil já pode ser mal visto no mercado de trabalho, com um estrangeiro não será diferente.

Cautela

Faça uma pesquisa minuciosa antes de realizar a matrícula. Analise o projeto pedagógico do curso e as referências da instituição para não cair em uma armadilha. Se dentro do país já pode ser complicado, fora é ainda mais. Se no fim das contas, cruzando os prós e contras, o diploma internacional é o que vale a pena, então siga em frente e concretize o seu objetivo.

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro

-

Novidades sobre EAD

Cadastre-se para receber nossa newsletter e acompanhe as últimas notícias sobre EAD:

}, 7000);