dcsimg

Entenda como conseguir bolsas de estudo para graduação EAD

(0.0 de 0)

Estudar a distância sem pagar nada pode ser mais simples do que você imagina. Confira aqui!

Entenda como conseguir bolsas de estudo para graduação EAD

Os cursos a distância já são, em média, mais baratos que os presenciais.

Mas se você puder estudar pagando ainda menos – ou, de preferência, sem pagar nada – melhor ainda!

Isso é possível por meio dos vários programas de bolsas de estudos existentes pelo país.

Uns são mais simples e outros vão exigir um pouco mais de esforço por parte dos interessados.

Quer conhecer melhor essa história? Então entenda como conseguir bolsas de estudo para graduação EAD!

Como conseguir bolsas de estudos para graduação EAD

Existem diversos caminhos para conseguir uma bolsa de estudos.

De cara, a gente já aponta para o ProUni – o maior e o que oferece as melhores vantagens.

Mas não é o único.

Abaixo a gente revela algumas maneiras de conseguir bolsa:

Bolsa de estudo para graduação EAD pelo ProUni

O Programa Universidade para Todos (ProUni), que é conduzido pelo governo federal, oferece todos os anos milhares de bolsas em cursos presenciais e a distância em faculdades privadas por todo o país.

Para entrar na disputa por uma delas, o candidato precisa investir nos estudos e obter uma boa nota no Enem – que será o principal diferencial na seleção.

Isso porque a disputa por uma bolsa tende a ser bem concorrida, mesmo em cursos EAD.

Para participar é preciso obter nota igual ou maior que 450 na média das provas e acima de zero na redação do Enem mais recente.

Além disso, o candidato precisa apresentar renda familiar bruta mensal de até três salários mínimos por pessoa e ter feito todo o ensino médio em escola da rede pública. Quem estudou em escola particular como bolsista integral também pode participar.

O critério de seleção é a nota apresentada no Enem.

Cada Enem dá ao candidato o direito de participar de até duas edições anuais. No total, cerca de 300 mil bolsas são distribuídas todos os anos. Dependendo do perfil socioeconômico do participante, o benefício pode ser integral ou parcial.

O ProUni está aberto apenas para quem ainda não tem diploma de nível superior.

Bolsa de estudo para graduação EAD por programas das próprias faculdades

Outra forma muito popular de conseguir uma bolsa de estudos é por meio das próprias faculdades.

A maioria delas conta com diversos programas de bolsas, que, por sua vez, variam bastante de instituição para instituição.

Veja alguns exemplos:

  • Bolsas integrais para os primeiros colocados no vestibular tradicional da faculdade.
  • Bolsas parciais para quem obtém um bom desempenho no vestibular (não necessariamente entre os primeiros).
  • Bolsas para quem tenta vaga pelo ingresso direto, apresentando uma boa nota no Enem.
  • Bolsa para quem tem bom desempenho no curso ao longo dos semestres.
  • Bolsa para alunos que vêm transferidos de outras faculdades ou estão pensando em fazer uma segunda graduação.

Além dessas, somamos as promoções eventuais – que podem render um bom desconto durante um período – e os diversos incentivos para atrair novos estudantes, como o abatimento automático no valor da mensalidade para quem paga em dia.

Para conhecer todas as facilidades, acesse o site da sua faculdade preferida ou entre em contato direto com a coordenação do curso.

Bolsas oferecidas pelo poder público

É comum que secretarias de educação do poder municipal ou estadual contem com alguns programas de incentivo ao ensino superior.

Nesse caso, geralmente, as bolsas são direcionadas a estudantes de baixa renda ou que se enquadrem em determinados perfis socioeconômicos predeterminados.

Para conseguir uma delas é necessário entrar em contato com a secretaria, conhecer todos os procedimentos e se certificar de que o benefício abrange também cursos a distância.

Como escolher as melhores faculdades pra estudar com bolsa EAD

Com tantas opções de estudos, especialmente entre as faculdades a distância, escolher uma boa faculdade se tornou uma tarefa crítica para quem quer se dar bem no mercado de trabalho.

Sim, porque hoje não basta ter um curso superior. É preciso ter passado por um ensino de qualidade e terminar os estudos com um diploma valorizado no mercado de trabalho.

Isso é mais fácil de conseguir do que se imagina!

Primeiro de tudo, nunca esqueça de verificar se a faculdade escolhida é reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC) – detalhe fundamental para ter um diploma válido.

Depois, observe a avaliação que o curso teve diante da análise do MEC. Se for positiva, com notas que variam de 3 a 5, pode ir sem medo.

Hoje, os cursos a distância são plenamente aceitos no mercado de trabalho.

Para ajudar você a encontrar a faculdade ideal, a gente preparou uma lista com algumas instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC. Conheça:

Veja também:

Descubra como entrar na faculdade EAD sem fazer vestibular

Vai tentar bolsa em curso EAD? Em qual faculdade? Conte para a gente nos comentários!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro

RPD - Site Status Check OK