dcsimg

O Avanço do EAD no Brasil - Ensino a Distância

(0.0 de 0)

Os Cursos a Distância estão se desenvolvendo, e alavancando junto o setor da Educação no Brasil. A evolução dos meios de comunicação e tecnologias da informação facilitaram o acesso à internet para qualquer pessoa, sem discriminação. A flexibilidade de horários e o conforto de se estudar em casa, é um grande atrativo para chamar pessoas que queiram se graduar, se formar, mas não tem essa chance. Praticidade e qualidade juntos, proporcionando desenvolvimento pessoal, profissional e novas oportunidades a pessoas que antes jamais pensariam ter uma chance dessas.

avanco-ead

A rápida evolução das Tecnologias de Informação nos trouxe muitas facilidades para a obtenção de informações e de conhecimento, e isso acarretou em um enorme Avanço no Ensino a Distância. O EAD vem conquistando seu espaço, oferecendo cursos de vários tipos: tecnológicos, técnicos e de graduação. Oferece também uma flexibilidade de horário de estudos: por não ser um curso presencial, o aluno define seu horário de estudo, e isso pode facilitar a vida de alguém que, por exemplo, quer estudar, se graduar, mas trabalha o dia inteiro, ou em diferentes partes do dia, e não consegue encaixar seus horários com um curso presencial que requer maior disponibilidade.

Tudo isso sem falar do benefício de estudar no conforto do próprio lar. A evasão desses cursos infelizmente ainda é grande, sendo maior no setor público, no qual o crescimento é a metade que a do setor privado. A maior causa disso não chega nem a ser por questões financeiras, mas sim por falta de tempo, que apesar de ter flexibilidade nos horários, ainda requer muita disciplina e organização para conseguir levar os estudos de maneira eficiente. Em um país tão vasto e com tanta diferença de cultura e valores de uma região para outra, esse avanço no setor educacional acaba promovendo uma política de combate à desigualdade social, discriminação e preconceito.

As aulas dos cursos EAD, apesar de possuírem a mesma qualidade que as de cursos presenciais normais, sofrem por não possuírem aquele cara a cara com o professor na hora de tirar dúvidas, e dependendo da velocidade de conexão da internet, o aluno pode sair prejudicado na hora de alguma conferência online. Mas por outro lado, se o aluno souber se expressar bem, fazer o professor entender o que ele está querendo saber, e a conexão com a internet for estável, não há nenhum quesito em que um aluno de um curso a distância vai estar perdendo para um aluno de curso presencial, eles estarão no mesmo nível. Os números que mostram o Avanço da EAD são extremamente altos.

Segundo o Censo da ABED (Associassão Brasileira de Educação a Distância), em 2009 o Ministério da Educação (MEC) divulgou uma estimativa de crescimento do número de alunos em cursos EAD  com base no ano de 2008: haviam 760.599 alunos em 145 instituições de ensino superior fazendo cursos a distância.

O MEC estimou um crescimento de 90% a 100% no ano. Isso nos mostra o grande potencial que o Brasil tem para alavancar no setor da Educação, trazendo acessibilidade a um curso superior para qualquer brasileiro ter chance de estudar, se desenvolver e crescer. O último Censo da ABED, divulgado em 2011, revelou que o número de matrículas em cursos EAD aumentou 58% entre os anos de 2010 e 2011. Essa porcentagem refere-se à, aproximadamente, três milhões e quinhentos mil matrículas.

Enfim, o importante mesmo não é comparar determinados tipos de aprendizado, o que devemos ter em mente é o quanto os cursos EAD vieram para facilitar a nossa vida e abrir novas janelas cheias de oportunidades. Com o Ensino a Distância sendo aplicado de maneira eficaz, o pensamento conservador (que descriminaliza este tipo de aprendizado) de alguns perderá espaço, e todos começarão a ver o desenvolvimento que o Brasil pode ter investindo nesta área.

[Ache o curso ideal para você. Estude Onde e Quando Você Puder!]

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro

-

Novidades sobre EAD

Cadastre-se para receber nossa newsletter e acompanhe as últimas notícias sobre EAD:

}, 7000);