dcsimg

4 dicas para aumentar a sua produtividade nos estudos

(0.0 de 0)

Confira as nossas 4 dicas de organização e otimização para aumentar a sua produtividade nos estudos.

produtividade

Organização, seja das atividades ou do tempo para executá-las, é um atributo fundamental para o aumento da produtividade. Quem consegue gerenciar estes fatores tem maiores chances de ser bem-sucedido em suas tarefas. Quando o assunto são os estudos, a otimização dos recursos, bem como a organização, também faz a diferença. Para que você consiga concluir suas atividades com êxito, confira as nossas 4 dicas para aumentar a sua produtividade nos estudos:

Livre-se do que te atrapalha

Comece cortando as redes sociais, o acesso ao email e as infinitas conferidas no celular. Cortando as principais distrações, você tende a se concentrar mais nos estudos. Se a atividade em questão requer pesquisas na web ou a realização de atividades do seu curso online, e obrigatoriamente você precise estar conectado, experimente instalar um daqueles programas que quantificam a sua navegação.

O navegador do Google, o Chrome, traz plugins excelentes para o bloqueio provisório e o monitoramento do tempo gasto com atividades supérfluas. Experimente o StayFocusd ou o My Work Clock, este para sistema Android. Esses tipos de programa mostram gráficos e revelam quanto tempo passamos no “ócio”. Ao ler os dados, você vai se impressionar ao ver que a sua falta de tempo é, na verdade, falta de gestão de tempo ou organização das atividades.

Monte um cronograma de estudos

Uma lista faz com que você se organize melhor e não se esqueça de nada que deve ser estudado. Porém, para que esta lista surta efeito é necessário que você identifique quais são as prioridades e mensure a média de tempo que você gastará para cada uma das matérias pautadas. Comece pelos temas que você possui maior facilidade de absorção. Assim você elimina o que pode ser concluído rapidamente e redireciona o tempo que sobrou às matérias que possui maior dificuldade.

Para isto, alguns aplicativos também podem ajudar a conferir o tempo gasto com determinada atividade, bem como organizar o que deve ser estudado por dia. O Wunderlist e o Run Run It são aplicativos utilizados para gestão de tarefas em empresas, mas podem ser facilmente adaptados à sua rotina de estudos.

Identifique o momento em que você está mais disposto

Se você não funciona muito bem pela manhã, evite fazer as tarefas mais difíceis neste horário. Para aproveitar o tempo, realize atividades mais simples, que não exigem tanta concentração. Utilize o seu “horário de pico” para estudar as matérias que exigem mais atenção. Saber identificar os momentos em que você está mais disposto ajudará você a render mais.

Utilize uma técnica de produtividade

Se matar de estudar não vai fazer com que você se saia bem ou que você entenda tudo. O seu cérebro também precisa de um descanso. Coloque na sua lista um horário para um break. Use esse break para se alimentar, assistir televisão, praticar alguma atividade física, passear com o cachorro ou qualquer outra coisa que faça você se desligar. Porém, é importante que essa pausa também tenha restrições de horário e, principalmente, que ele seja cumprido. Para isto, a técnica Pomodoro é uma excelente opção.

A metodologia consiste em manter o foco em determinada atividade por 25 minutos consecutivos (o chamado Pomodoro). Ao fim deste período, sugere-se uma pausa rápida, algo entre 3 e 5 minutos, para realizar atividades pendentes como responder a e-mails, fazer uma ligação ou o que preciso for. A cada 4 Pomodoros, uma pausa maior é concedida. Algo entre 15 minutos. Não é mais fácil? O melhor é que esta é uma técnica recomendadíssima, justamente pelo fato de exigir a concentração pelo tempo que o seu cerébro consegue se manter focado. Para cronometrar cada um dos Pomodoros e respectivas pausas, a ferramenta homônima é muito recomendada.

Preparado para focar nos estudos e aumentar a sua produtividade?  

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro

-

Novidades sobre EAD

Cadastre-se para receber nossa newsletter e acompanhe as últimas notícias sobre EAD:

}, 7000);