dcsimg

Saiba tudo sobre o curso técnico de Nutrição a distância

(0.0 de 0)

Saiba como começar a trabalhar com Nutrição de forma mais rápida e conectada!

Saiba tudo sobre o curso técnico de Nutrição a distância

Quem ama a área de Nutrição com certeza já pensou em maneiras de entrar mais rapidamente nessa que é uma das profissões mais fervilhantes do mercado atualmente.

E essas maneiras existem.

O curso técnico em Nutrição e Dietética é uma delas. Mais rápido e com alta aceitação no mercado, tem se tornado uma alternativa interessante para quem pensa em atuar no setor.

Mas será que, além de rápido, o curso pode ser feito também a distância?

Saiba tudo sobre o curso técnico de Nutrição a distância a seguir!

O curso técnico de Nutrição a distância

O curso técnico de Nutrição e Dietética tem duração que varia de um ano e meio a dois e pode ser encontrado com relativa facilidade nos principais centros de formação profissionalizante do Brasil.

Para você que tem interesse na área, é importante saber que se trata de um curso de nível médio, com algumas restrições de atuação.

A principal função do técnico em Nutrição é complementar o trabalho do nutricionista.

Ele faz isso de diversas maneiras:

  • Acompanhando a preparação de refeições em ambientes empresariais, escolares e industriais.
  • Cuidando da armazenagem e preparação para transporte de alimentos.
  • Observando a higienização e pré-preparo de alimentos.
  • Dando o destino correto às sobras e restos de comida.
  • Ajudando na manipulação de equipamentos e utensílios específicos da área.
  • Seguindo as normas de higiene e segurança alimentar.
  • Colaborando com a criação de cardápios.

O curso técnico em Nutrição é popular no formato presencial.

No EAD, a coisa muda de figura. Até agora, pouquíssimas instituições estão experimentando o formato.

No caso, o curso é feito parte a distância e parte presencial – já que a carga horária prevê algumas disciplinas em laboratórios e cozinhas industriais.

Se você está pensando em estudar Nutrição e faz questão de fazer isso a distância, quem sabe trocar o técnico pelo superior seja uma boa ideia.

A graduação está disponível no formato EAD, é mais fácil de ser encontrada e pode ser uma alternativa mais interessante para quem está querendo investir na carreira.

Veja mais detalhes a seguir.

O curso superior de Nutrição a distância

O curso superior de Nutrição tem quatro anos de duração.

É o dobro de tempo de estudos do técnico, mas vale muito a pena: além de ter uma formação bem mais ampla, os nutricionistas – como todo profissional de nível superior – têm mais chances de receber melhores salários e de construir uma carreira mais ampla.

Quem quiser estudar a distância ainda tem a vantagem de encontrar mensalidades muito similares ao do curso técnico e a possibilidade real de conseguir bolsas de estudos (veja detalhes mais adiante).

Na prática, os cursos de Nutrição a distância funcionam de forma semipresencial.

Isso significa que parte das aulas acontece pela internet, por meio de aulas em vídeo, textos, webconferências, apresentações e tutoriais – tudo com apoio constante de professores e tutores.

A parte de laboratórios e práticas de cozinha segue tal qual nos cursos presenciais, só que em espaços fornecidos pelos polos de apoio.

Neles os estudantes encontram tudo que precisam para aprender o essencial da profissão.

A frequência dos encontros varia de acordo com a instituição, podendo ser semanal, quinzenal e até mensal.

Os estágios são obrigatórios e devem ser feitos presencialmente, assim como a apresentação do trabalho de conclusão de curso.

O formato é reconhecido pelo Ministério da Educação (MEC) e permite ao profissional trabalhar normalmente como nutricionista. Adicionalmente, ele pode também se inscrever em pós-graduações ou concursos públicos de nível superior na área.

É ou não é uma alternativa pra lá de interessante?

Quanto custa estudar Nutrição a distância

Os valores dos cursos de Nutrição a distância – seja o técnico ou o superior – variam bastante de instituição para instituição.

Em nossas buscas, encontramos mensalidades bem variadas.

Por exemplo, o técnico tem custo mensal por volta de R$ 380.

O superior, por sua vez, varia de R$ 450 a mais de R$ 800 por mês.

Claro, tem sempre faculdades mais em conta. Na Cruzeiro do Sul Virtual (a distância) o curso superior semipresencial sai por R$ 370 – basicamente o mesmo valor do técnico.

E ainda dá para sair em busca de bolsas e benefícios para estudar pagando ainda menos.

Seja nas próprias faculdades ou em sites especializados em bolsas, há sempre alternativas interessantes para quem estiver disposto a correr atrás dos benefícios. Aqui os descontos podem chegar a 70% em cima do valor das mensalidades, do primeiro ao último dia de aulas.

Quem fez o Enem mais recente ainda tem a chance de participar do ProUni, o programa de bolsas do governo federal. Para disputar o benefício, que dependendo do perfil do estudante pode cobrir todo o valor do curso, é preciso ter se dado bem nos exames e se encaixar nos critérios de renda e escolaridade determinados pelo MEC. A seleção pode ser bastante concorrida, dado que Nutrição está entre os cursos mais procurados do Brasil.

Onde estudar Nutrição a distância

Se você escolher pelo curso técnico de Nutrição a distância, vai ter de fazer uma criteriosa busca na internet. Como já falamos, são poucas instituições que oferecem essa opção por enquanto.

O curso superior, por sua vez, é mais popular por aqui, com disponibilidade em mais de 20 faculdades e centenas de polos de apoio por todo o país.

Nesse caso vale uma dica clássica: para garantir uma boa qualidade de ensino, opte sempre por instituições reconhecidas e bem avaliadas pelo MEC.

Conheça algumas boas faculdades que oferecem o curso superior de Nutrição a distância:

Veja também:

Conheça os cursos EAD do Pronatec e saiba como estudar

E agora, vai de técnico ou de superior em Nutrição a distância? Conte para a gente!

Deixe seu comentário:

Versão para impressão Informar erro